Ir para o conteúdo principal

Sexta-feira , 26 de Agosto de 2016.

Ministério Público denuncia cinco advogados

Arte de Camila Adamoli

Imagem da Matéria

Acusação por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e patrocínio infiel é voltada contra os gaúchos Maurício Dal Agnol, Marco Antonio Bezerra Campos, Gabriel de Freitas Melro Magadan e Pablo Pacheco dos Santos e contra o baiano (radicado no Rio), Eurico de Jesus Teles Neto, diretor jurídico da Oi Telefonia.

Outros detalhes do caso milionário

Os R$ 50 milhões recebidos por Mauricio Dal Agnol, corrigidos pelo IPCA, correspondem hoje a mais de R$ 75 milhões. A Oi diz que “a OAB-RS determinou o arquivamento do processo disciplinar”. A Ordem gaúcha não se manifestou para contraponto.

Outros detalhes do caso milionário

Sinais de profunda intolerância no mundo!

Confusão no cinema. Homem é condenado penalmente por vias de fato, por empurrar mulher – e derrubar seus pertences. Dispondo do ingresso correto, ela procurava acomodar-se no assento exato, que estava ocupado. O mesmo incidente já tem sentença cível condenatória por dano moral. Leia a íntegra dos julgados.

Adroaldo Furtado Fabrício

A informatização do Judiciário

Ela se está prestando mais ao aperfeiçoamento das estruturas e métodos do que à fluidez e qualidade da prestação jurisdicional. Por outras palavras, o que melhora é o fluxo interno do trabalho, não a situação do destinatário, razão de ser dele – o jurisdicionado”.

Marco Antonio Birnfeld

STJ define que defensor público não precisa seguir Estatuto da OAB

• Decisão diz que os defensores devem seguir regime disciplinar próprio: “sua capacidade postulatória decorre diretamente da Constituição Federal”.

 A validade da comissão de corretagem que é imposta em cláusula contratual.

 A abusividade da taxa ´Sati´ (0,8%) destinada a advogados da construtora e/ou da incorporadora, por redigirem o contrato de compra e venda.

 João Otávio Noronha: o ministro blindador da magistratura.

 Francisco Falcão: o ministro viajante. Em dois anos de presidência do STJ, quatro meses e meio de viagens.

Potins desta sexta-feira

* Juiz manda Google impedir que buscas pela expressão “anticristo” direcionem à Igreja Universal * 4.800 políticos fichas-sujas tentam concorrer nas eleições de outubro * Ceará cria presídio para gays * Parque de diversos Hopi Hari pede recuperação judicial * Credor não é obrigado a aceitar quotas de fundo de investimento como substituto de dinheiro para a penhora * Contratos inusitados em São Paulo * MPT reúne provas para ingresso de ação contra a Igreja Universal por suposta esterilização obrigatória de pastores * Despacho: uma galinha amarrada na porta da Petrobras.