Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 22 setembro de 2017

Tamanho pequeno



Uma advogada amapaense está movendo ação de separação judicial contra o marido. Quer romper o matrimônio.

Alegação básica: "insignificância peniana do cônjuge".

Detalhe sutil: a ação tramita na comarca de Porto Grande (grande, notaram?)

Entenda-se: a mulher tem 26 de idade. O marido - que é comerciante - tem 53.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas