Ir para o conteúdo principal

Sexta-feira, 24 de Março de 2017

Parece que o juiz não entende como funciona a criptografia



Arte EV sobre foto Vimeo.Com

Imagem da Matéria

Entrevista realizada pelo jornalista Sérgio Matsuura, de O Globo

Moxie Marlinspike fundou sua primeira companhia, a Whisper Systems, em 2009, adquirida pelo Twitter dois anos depois. Em 2013 ele criou a Open Whisper Systems, parceira do WhatsApp na implantação da criptografia ponta a ponta. Esta foi criticada pelos governos britânico e americano, e esteve no meio do controverso bloqueio do WhatsApp no Brasil.

Marlinspike garante que sua empresa “não é para ganhar dinheiro”: criou o app de mensagens Signal, recomendado por Edward Snowden, mas ofereceu a tecnologia ao WhatsApp.

O GLOBO - Como é a parceria entre a Open Whisper Systems e o WhatsApp?

MOXIE MARLINSPIKE – “Nós os ajudamos a implementar o protocolo de criptografia ponta a ponta que desenvolvemos para o nosso app, o Signal. Ele faz com que mensagens enviadas pelo WhatsApp só possam ser lidas pelo destinatário”.

O GLOBO - Nem o WhatsApp tem acesso?

MOXIE - Nem o WhatsApp, nem um hacker que ataque o WhatsApp, nem governos, nem operadoras de telefonia. Ninguém tem a capacidade de ler o conteúdo das mensagens além do destinatário. Isso é necessário para proteger as informações, garantindo que, mesmo com um ataque hacker ou algum problema no tráfego dos dados, o conteúdo das mensagens esteja seguro.

O GLOBO - Esse é o método mais seguro para os aplicativos de mensagem?

MOXIE - Sim. Há duas formas de pensar a segurança. Uma é com foco no computador, algo que as pessoas tentam há 30 anos. Se você tiver informações armazenadas em um computador, de alguma forma elas serão comprometidas. A outra forma é a segurança da informação, a que realmente funciona. Você não precisa focar tanto na segurança do computador, porque eles não têm informações, apenas dados criptografados.

O GLOBO - O que acontece se algum hacker interceptar a mensagem durante o tráfego dos dados?

MOXIE - Ele só terá acesso a um monte de bytes sem sentido. Ele não poderá fazer nada. A única pessoa que pode descriptografar é o destinatário.

O GLOBO - E se alguém hackear o telefone?

MOXIE - Aí, sim. Se alguém hackear o seu telefone e as mensagens estiverem salvas nele, ele poderá ter acesso.

O GLOBO - Qual a sua opinião sobre a disputa entre governos e agências de segurança contra empresas de tecnologia por causa da criptografia?

MOXIE - Essa é a única coisa que as companhias podem fazer para manter os dados dos usuários em segurança. Não apenas do governo, mas de todos os hackers. Ninguém gostaria de ver todas as suas mensagens no WhatsApp tornadas públicas. E a criptografia é a única forma de prevenir que isso aconteça. Outros apps, que não têm criptografia ponta a ponta, muitas vezes armazenam todo o histórico de mensagens em um servidor conectado à internet. Este pode ser hackeado ou comprometido.

O GLOBO - O WhatsApp não armazena as mensagens em servidores?

MOXIE - Não.

O GLOBO - E as críticas à criptografia?

MOXIE - No governo americano, muitos reconhecem que essas ferramentas de segurança são benéficas para a segurança nacional. Parece que, no Brasil, o juiz e os agentes da lei apenas não entendem como isso funciona, e não há nada que o WhatsApp possa fazer. Eles podem bloquear o WhatsApp pelo tempo que quiserem, mas o WhatsApp não pode fornecer informações que não tem.

O GLOBO - Você criou o Signal, app similar ao WhatsApp, porém mais seguro. Depois implementou a tecnologia no concorrente. Por quê?

MOXIE - A Open Whisper Systems não é para ganhar dinheiro, o que queremos é tornar a criptografia ponta a ponta o mais acessível possível. Não vemos o WhatsApp ou outro aplicativo como concorrentes, mas como parceiros em potencial.

O GLOBO - É verdade que o Signal é usado pelo Edward Snowden?

MOXIE MARLINSPIKE - Sim (risos).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Cem milhões de brasileiros prejudicados

Juiz que suspendeu o WhatsApp queria algo que a empresa não pode fazer. Congresso precisa evitar essa possibilidade de abuso de poder”. Artigo de Pedro Doria, editor de Vida Digital do jornal O Globo.

WhatsApp ficará fora do ar por 72 horas por decisão judicial

A determinação é do mesmo juiz que, em março, havia determinado a prisão do vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Dzodan. O saite especializado Tech Tudo anunciou hoje uma maneira de os internautas furarem o bloqueio.

A magistrada atirou no que viu, acertou no que não viu

Milhões de brasileiros usuários do WhatsApp foram prejudicados, durante cerca de 12 horas, por causa de uma ordem judicial sem razoabilidade. A origem do caso envolve três celulares - dois dos quais estão inativos há mais de um mês. Apenas uma das linhas é brasileira; duas são paraguaias.  Leia a íntegra da liminar em mandado de segurança que cassou o bloqueio.