Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 22 de Dezembro de 2017

Potins desta sexta-feira



  Riscos de fuga

A Polícia Federal diz ter identificado o risco de o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega fugir do Brasil entre setembro e outubro deste ano, o que justificaria sua prisão temporária. Nascido na Itália, ele tem dupla cidadania.

Investigadores relatam, em conversas reservadas, que Mantega e a mulher, Eliane Berger, estavam com passagens compradas para Paris com embarque marcado para o dia seguinte ao da detenção, ocorrida na última quinta-feira (22) e revogada no mesmo dia.

  “Tropeço na democracia”...

O comentário entre aspas, aí de cima, de autoria de Ricardo Lewandowski, foi feito esta semana durante uma de suas aulas na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde ele leciona Teoria do Estado.

Lewandowski também criticou o presidencialismo de coalizão, que considerou ser fruto da Constituição de 1988, com o aumento do número de partidos, mas “também um erro do Supremo, ao acabar com a cláusula de barreiras – e que deu no que deu”.

  Toffoli impedido?

O ministro José Antônio Dias Toffoli pode ficar impedido de atuar, no STF, em casos que envolvam a empreiteira Queiroz Galvão.

É que Toffoli – quando era advogado do PT - foi contratado, em 2005, pelo então vice-presidente consultivo do conselho da empresa, José Antonio de Queiroz Galvão, para representar o consórcio liderado pela empresa em processo administrativo que tramitava no Tribunal de Contas da União sobre indícios de superfaturamento.

As informações são da ´rádio-corredor´ da OAB de Brasília.

 Peças (não) defeituosas

Quase um ano após a polêmica campanha publicitária que comparou transexuais a carros com peças defeituosas, a agência de propaganda Leo Burnett assinou um acordo com a Defensoria Pública de São Paulo.

Proposto pela instituição, o termo prevê que a empresa desenvolva – sem custos para o Estado - propagandas para estimular o respeito a travestis e transexuais.

 A voz das ruas

• O fato de a Polícia Federal ter botado a mão em Guido Mantega bem na hora da cirurgia da esposa do ex-ministro foi apenas coincidência de operações...

• O codinome de “Carequinha” para o ministro da Justiça Alexandre de Moraes seria uma falta de respeito à memória do Palhaço Carequinha.

 Ladrão de...

Transitou em julgado a decisão do STF que rejeitou queixa-crime do ex-presidente da CBF José Maria Marin contra o senador Romário.

Marin acusava o baixinho de ter ofendido sua honra por ter dito que "na CBF a gente tem um presidente que é um ladrão de medalha, ladrão de luz, ladrão de terreno". A ação é de 2013. Vale a pena ler o acórdão. (Ação originária n º 1819).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Chargista Duke

Potins desta sexta-feira

 

Potins desta sexta-feira

 Confiram qual foi a “frase do ano” na Justiça brasileira!
 Advogados que enriqueceram defendendo réus da “Lava Jato” ajudam a forrar o cofre da Receita Federal: R$ 3,9 bi em 10 meses.
 GPS Judiciário: CNJ promete verificar em 2018 o que fazem os magistrados que se licenciam (com remuneração...) para cursos de especialização.
 Cresce o número de enteados nas famílias brasileiras.
 Ação de Silvio Santos contra o “Pânico” da Band fica para 2018.
 A ressaca financeira da Odebrecht.
• Um pedido a Papai Noel: que “aquele” ministro do STF se aposente!...

Potins desta terça-feira

• Luiza Brunet espera, logo após o recesso, pela sentença que poderá lhe dar metade dos bens que o bilionário Lírio Parisotto comprou ao longo dos cinco anos de relacionamento.
• Planos de saúde obrigados a custear - em hospitais ou clínicas especializadas - a internação de pacientes com obesidade mórbida.
• Intimação para “andamento vertical” do processo.
• Puxa-saquismo político: o que dar de presente ao deputado de sua confiança?
• Gastos com locação de veículos na Justiça Federal sobem 16.000%.
• Recado do TST para magistrados trabalhistas.
• Os 100 dias de prisão dos irmãos Batista.
• Sérgio Cabral: o anfitrião no presídio de Benfica.
• Data do julgamento de Lula coincide com o Dia do Aposentado.

Potins desta terça-feira

• O anel de R$ 800 mil que foi a porta de entrada para ganhar uma concorrência.
• Por 83 x 50 votos, Duro vence Liselena na eleição do TJRS.
• Lula arrola 59 testemunhas de defesa, em outra ação penal.
• Para acessar a internet, digite a senha: “Fora Temer”.
• Salários e auxílio-moradia garantidos para que deputados que estão presos no Rio.

Potins desta terça-feira

• Possibilidade de prorrogação do prazo de prisão para forçar pagamento de dívida alimentar.
• Senadores ampliam (40%) gastos com jatinhos.
• Papai Noel vai trazer liberdade para Nestor Cerveró, Fernando Baiano e Pedro Barusco.
• Investigação ética da ministra Luislinda Valois – aquela que acha que .R$ 33,7 mil é pouco “para comer, beber, vestir-se e maquiar-se”?
• As lentas ações contra conselheiros de Tribunais de Contas.
• STF julgará recurso de Wesley Batista: ele quer ser desvinculado das ações penais contra o mano Joesley.
• Ameaças de morte levam presidente da Oi a se demitir

Potins desta sexta-feira

• Seguradoras lançam seguro-garantia para recorrer na Justiça do Trabalho.
• A validade de arras de 53% na compra de imóvel.
• Número de milionários no Brasil aumentará 81% em cinco anos.
• “Black-Friday” brasileira de 2018 será no feriadão de 7 de setembro.

Potins desta terça-feira

• Ministro do STF diz que o Direito Penal brasileiro é incapaz de impedir a criminalidade.
• CNJ definirá como proteger juízes que sofrem ameaças.
• Sérgio Moro vai palestrar para diretores e gerentes da Petrobras.
• Em poucas semanas, Temer terá nomeado dois ministros para o TST.
• O Peru de Guerreiro nas redes sociais.