Ir para o conteúdo principal

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Potins desta sexta-feira



  Riscos de fuga

A Polícia Federal diz ter identificado o risco de o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega fugir do Brasil entre setembro e outubro deste ano, o que justificaria sua prisão temporária. Nascido na Itália, ele tem dupla cidadania.

Investigadores relatam, em conversas reservadas, que Mantega e a mulher, Eliane Berger, estavam com passagens compradas para Paris com embarque marcado para o dia seguinte ao da detenção, ocorrida na última quinta-feira (22) e revogada no mesmo dia.

  “Tropeço na democracia”...

O comentário entre aspas, aí de cima, de autoria de Ricardo Lewandowski, foi feito esta semana durante uma de suas aulas na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde ele leciona Teoria do Estado.

Lewandowski também criticou o presidencialismo de coalizão, que considerou ser fruto da Constituição de 1988, com o aumento do número de partidos, mas “também um erro do Supremo, ao acabar com a cláusula de barreiras – e que deu no que deu”.

  Toffoli impedido?

O ministro José Antônio Dias Toffoli pode ficar impedido de atuar, no STF, em casos que envolvam a empreiteira Queiroz Galvão.

É que Toffoli – quando era advogado do PT - foi contratado, em 2005, pelo então vice-presidente consultivo do conselho da empresa, José Antonio de Queiroz Galvão, para representar o consórcio liderado pela empresa em processo administrativo que tramitava no Tribunal de Contas da União sobre indícios de superfaturamento.

As informações são da ´rádio-corredor´ da OAB de Brasília.

 Peças (não) defeituosas

Quase um ano após a polêmica campanha publicitária que comparou transexuais a carros com peças defeituosas, a agência de propaganda Leo Burnett assinou um acordo com a Defensoria Pública de São Paulo.

Proposto pela instituição, o termo prevê que a empresa desenvolva – sem custos para o Estado - propagandas para estimular o respeito a travestis e transexuais.

 A voz das ruas

• O fato de a Polícia Federal ter botado a mão em Guido Mantega bem na hora da cirurgia da esposa do ex-ministro foi apenas coincidência de operações...

• O codinome de “Carequinha” para o ministro da Justiça Alexandre de Moraes seria uma falta de respeito à memória do Palhaço Carequinha.

 Ladrão de...

Transitou em julgado a decisão do STF que rejeitou queixa-crime do ex-presidente da CBF José Maria Marin contra o senador Romário.

Marin acusava o baixinho de ter ofendido sua honra por ter dito que "na CBF a gente tem um presidente que é um ladrão de medalha, ladrão de luz, ladrão de terreno". A ação é de 2013. Vale a pena ler o acórdão. (Ação originária n º 1819).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

* STJ afasta condenação da Rede Globo no caso da novela Filhas da Mãe * Trabalhador que vai de carro para o trabalho não tem direito ao vale-transporte * Construcard, da Caixa Federal, não é título executivo extrajudicial.

Potins desta terça-feira

* Magistrado gaúcho recebe grau “A” em dissertação sobre Tribunal do Mercosul * Mantida demissão de juiz que compareceu bêbado a fórum * Acidente de trajeto quando trabalhadora é atingida por pedrada em ônibus fornecido pela empregadora * Ex-governador do Rio mira em três cabeças do STJ, três do TRF-2 e quase 20 do TJ do Rio * Cresce o consumo de medicamentos contra o estresse.

Potins desta terça-feira

* 27 carros do ano para os desembargadores do TJ do Amazonas * Ex-governador do Rio pode ganhar hoje (2) sua liberdade * Os muitos milhões de Antonio Palocci * O leitor sabe o que significam Regorafenibe e Soliris? * Por que alguns deputados estão evitando viagens aéreas? O fim da festa do colar no tribunal

Potins desta terça-feira

* Tribunal absolve juiz que sacou arma contra desembargador * Há 16.293 sindicatos no Brasil; nos EUA são apenas 130 * A falácia política de que "minhas contas foram aprovadas pela Justiça* TRF-4 assegura que papagaio continue com idosa (84 anos), com quem convive desde 1987.

Potins desta sexta-feira

* O “avanço vocabular”: mais algumas pérolas verborrágicas de Michel Temer * A cusparada que virou pizza...com saliva * Leitor pergunta se a demora em julgar a liminar do “auxílio-moradia” é abuso de autoridade?... * A aposentadoria integral de servidores por invalidez * Vínculo empregatício de faxineira que trabalhava dois dias por semana * Gilmar Mendes diz que o TST é “laboratório do PT”.