Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 15 de junho de 2018.

OAB-RS exclui mais dois advogados



Por decisões unânimes do seu Conselho Seccional, a OAB-RS excluiu, há poucas semanas, mais dois advogados de seus quadros. Suas iniciais: P.R.F.P. e M.C.S.V.

Por força de lei – como ainda cabe recurso (com efeito suspensivo) ao Conselho Federal – é vedada, antes do trânsito em julgado, a divulgação dos nomes completos. As pessoas cujas iniciais constam na informação acima não estão incluída na lista definitiva.

Os processos administrativos têm os nºs 362316/2016 e 341984/2014.

Na Internet, o saite da Ordem traz a relação nominal das quatro dezenas de advogados já excluídos definitivamente, desde que o Grupo OAB Mais assumiu a entidade, em 1º de janeiro de 2007. É a quarta gestão consecutiva, completando dez anos, um mês e dez dias.

Veja a relação dos advogados excluídos


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Elogiáveis relações entre advogado e juiz

Verdades e gentilezas numa petição por esquecer de comparecer a uma audiência. E a distinção no despacho judicial:“Que o exemplo sirva às novas gerações de advogados!”.

TRT-RS reconhece a cobrança cumulativa de honorários contratuais e assistenciais

Julgado reverte sentença, em ação civil pública, que condenara dois advogados e um sindicato a pagarem reparação (R$ 100 mil) por dano moral coletivo e a cumprirem obrigações de fazer e obrigações de não fazer. Acórdão salienta que “se a lei não veda a possibilidade de cobrança de honorários contratuais, não compete ao Poder Judiciário determinar a proibição da pactuação livre e sem vícios”.