Ir para o conteúdo principal

Terça -feira, 15 Agosto de 2017

Frases irreprimíveis da semana passada



Preciosidades – mesmo! – recolhidas pela equipe do Espaço Vital durante os cinco dias úteis da semana passada:

Juiz de Direito não é editor de órgão de imprensa”.

(Eugênio Bucci, professor da USP, sobre censura judicial a reportagens que trataram da ação criminosa de um hacker contra Marcela Temer).

Não há como consentir com a possibilidade de algum órgão estatal estabelecer o que deva e o que não deva ser publicado pela imprensa”.

(Arnoldo Assis, desembargador do TJ-DFT, no mesmo contexto, ao cassar decisão de primeiro grau que censurara os jornais Folha de S. Paulo e O Globo).

“O momento na Câmara e no Senado é de legislar para tentar se safar”.
    (De uma importante cabeça pensante, na OAB-RS).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Nove anos depois, STF termina o julgamento do caso Varig

Rejeitados embargos de declaração da União e do MPF. Em 2013 o valor da indenização somava R$ 3,057 bilhões. O valor deverá ser usado para pagar dívidas trabalhistas e obrigações do fundo de pensão Aerus, formado por ex-funcionários da empresa.

Coisas de país rico, que o Brasil não é!

O Senado Federal aluga, por 30 meses, 85 automóveis zero km. A cifra de R$ 8,3 milhões inclui também o fornecimento de combustíveis, lavagens, etc.

Condenação solidária da Oi e de advogado gaúcho

É a primeira sentença, proferida em Porto Alegre, condenando a sucessora da Brasil Telecom por acordo prejudicial firmado em ação que discutia a dobra acionária. Demandante recebeu apenas 3% do seu crédito.

Os gastos dos deputados federais gaúchos com refeições

O valor reembolsado é 62% superior à média. O jeitinho para faturar um pouco mais, além do salário mensal  de R$ 33.763,00. Entre as guloseimas ingeridas, uma entrada de R$ 42 e um prato principal de R$ 192 num restaurante português em Porto Alegre.