Ir para o conteúdo principal

Sexta -feira, 18 Agosto de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Cem minutos sem falar em Temer, Dilma, Lava-Jato e tartarugas judiciais



Divulgação – Youtube (Reprodução)

Imagem da Matéria

 Chimarrão em 30 segundos

Dez anos depois da criação do personagem “Guri de Uruguaiana”, o humorista gaúcho Jair Kobe está, desde anteontem (29), em temporada porto-alegrense, até o domingo 16, no Theatro São Pedro. São 100 minutos de divertida performance, sem intervalo e sem enrolação.

No palco, dando vida ao show, mais 18 participantes: sapateadores, bailarinos e uma eficiente banda de três músicos, paramentados iguais ao artista principal. Os efeitos luminosos são muito bons e som é de primeira. O espetáculo surpreende positivamente.

O “Guri” sustenta a continuidade, pelos gaúchos, do uso do pronome ´tu´ e ironiza a utilização desmesurada do WhatsApp, Facebook e outros modernismos, que estão fazendo as pessoas abdicarem dos contatos pessoais. E ensina uma pessoa da plateia a, com eficiência, preparar um chimarrão em rápidos 30 segundos.

O artista agradará mais ainda se corrigir um único defeito constatado na estreia: o atraso de 14 minutos no início do show. No detalhe, faltou pedir desculpas ao público que já se inquietava com a demora.

Mas o colunista recomenda: são 100 minutos de descontraído humor, sem política, sem Temer Lula e Dilma, sem Lava-Jato e Sérgio Moro, sem tartarugas judiciais, nem corrupção política. E com expressa proibição de palavrões.

Palmas para o artista, que ele merece!

 

 Só em São Paulo?...

A pedido de entidades ligadas à advocacia, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, na quarta-feira (29), abrir processo administrativo-disciplinar contra a juíza Cláudia Maria Pereira Ravacci, que se atrasa para chegar a muitas audiências na 18ª Vara Cível do Foro Central da capital paulista.

O Órgão Especial viu indícios de que ela violou a Lei Orgânica da Magistratura “ao deixar advogados e partes esperando” e por “apresentar produtividade insuficiente”.

Recentemente, o presidente da seccional paulista da OAB, Marcos da Costa, declarou que “a Justiça seria mais célere se os juízes permanecessem nos fóruns e os desembargadores cumprissem seus horários nos tribunais”.

O “fenômeno” reclamado pela OAB paulista não fica restrito a São Paulo. Repete-se por aí, Brasil afora. Que tal os advogados passarem a gravar a impontualidade e/ou a ausência de magistrados poucos assíduos e/ou descompromissados com horários?...

 Penduricalhos pernambucanos

A coisa não tem fim! A Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou projeto de lei, de autoria do Poder Judiciário, que permite ao Tribunal de Justiça dali aumentar os salários dos magistrados, via majoração do auxílio-alimentação e do auxílio-moradia.

Segundo o Jornal do Commercio (PE), “sem alarde, a ALEPE aprovou, em primeira discussão, um projeto de lei que transforma em verba indenizatória o auxílio alimentação pago aos magistrados do Tribunal de Justiça de Pernambuco e permite que o auxílio-moradia seja superior ao teto de 10% do salário dos juízes e desembargadores que existe hoje”.

É mais um absurdo regional de um país em que não há uniformidade para nada e em que cada corporação se vira como lhe vem à cabeça. Enquanto isso, os órgãos centrais de controle, como o CNJ e o STF, mantêm um silêncio ruidoso e ruinoso do Poder Judiciário brasileiro.

E, de repente – qual rastilho de pólvora – a ideia pernambucana termina, silenciosamente, ganhando adeptos em outros Estados...

 Pragas no meio político

Deu no Diário Oficial do Rio de Janeiro. Na terça-feira passada, dia em que o presidente da Assembleia Legislativa carioca, Jorge Picciani, foi alvo de mandado de condução coercitiva, na operação Quinto do Ouro, o Diário Oficial informou que, a partir do dia seguinte haveria...dedetização contra ratos, pragas e baratas.

A publicação oficial ainda anunciou licitação para contratar de serviço de... lavanderia.

Claro que é mera coincidência.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Me Engana Que Eu Gosto!

O “Fundo Especial de Financiamento da Democracia”, com o qual o Congresso quer bilhões de reais para os partidos, é de inspiração nos modelos da Líbia, Irã e Afeganistão.

PMDB vai “reprogramar o presente”: voltará a chamar-se MDB!...

Minha Casa, Minha Vida”: mais de 50% de todas as unidades estão com problemas.

 Presidente do BNDES quer ver soltos os empresários envolvidos com a Lava-Jato.

Homem pede proteção contra a ex-esposa, com base na Lei Maria da Penha invertida.

Por que o governo não conversa com Luiz Fux?

• Temendo rebeliões, Temer desistiu de acabar com o auxílio-reclusão.  O corte era desejo da equipe econômica: geraria economia de R$ 600 milhões em 2018.

• Enquanto isso, desde 15 de setembro de 2014, o “auxílio-moradia” sangra as contas da União em R$ 437 milhões anuais. E os Estados gastam R$ 2 bilhões e 970 milhões para cobrir o mesmo penduricalho.

• Exame de Ordem: 136 mil inscritos, só 32 mil aprovados (23,6%).

• Lá vem o golpe! Cidadãos brasileiros, preparemo-nos, cada um de nós, para doar R$ 17 aos políticos deste país.

Publicidade das Lojas Marisa não ofendeu a memória de Marisa Letícia

 O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) arquiva 18 queixas de cidadãos e cidadãs brasileiras contra a rede de lojas.

• STF declara inconstitucional artigo da Constituição Estadual do RS.

 Uma ação da PREVI contra a Construtora Odebrecht: causa de R$ 242 milhões.

• Cobrança de quota condominial contra Eduardo Cunha: o “bunker” inativo do ex-deputado.

Presidente do TRF-4 elogia sentença que condenou Lula a nove anos de prisão

 Segundo o dirigente da corte, o julgado vai entrar para a História do Brasil.

 Opinião de quatro operadores jurídicos gaúchos sobre o julgado proferido por Sérgio Moro. Relembrem o

teor dos artigos 155 e 239 do Código de Processo Penal.

 Os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas. Agora, pedem votos.

 Delação vai detalhar a venda de sentenças e acórdão.

Os riscos de as crianças usarem roupas de sereia

• O Inmetro vai alertar pais e mães sobre cuidados especiais para meninas que querem imitar a personagem Ritinha – vivida por Ísis Valverde - na novela “A Força do Querer”.

• Trocadilho em frase publicitária que oferece, no Brasil, chances de investimentos nos EUA: “Não precisa temer; a gente ajuda você a sair do País”.

• Condenação do senador Romário: R$ 50 mil para o presidente da CBF.

• A elogiável sensibilidade das mulheres brasileiras.

Senado e Câmara Federal custam R$ 1,16 milhão por hora aos cidadãos brasileiros

O espantoso dispêndio que se repete 365 dias ao ano também inclui os salários. Todos os gastos com a nossa representação política tem um custo anual de R$ 1 bilhão e 16 milhões.

Uma competição brasiliense entre cinco cães muito espertos: o Escalímetro, o Cash Flow, o Óxido, o Megabyte e o Deputado. Adivinhem quem ganhou, inclusive afrontando um delegado e um juiz...