Ir para o conteúdo principal

Terça-feira, 20 de Junho de 2017

Globo afasta ator José Mayer por assédio sexual nos bastidores das novelas



Foto Revista Forum

Imagem da Matéria

A TV Globo afastou hoje (4) temporariamente de suas atividades profissionais o ator José Mayer e está apurando a denúncia de assédio sexual apresentada pela figurinista Su Tonani. O ator Mayer está de novo em evidencia na novela “A Lei do Amor”. O caso foi publicado hoje (4) pela coluna “Agora é que são elas”, da Folha Online.

A figurinista Su Tonani conta que o assédio começou há oito meses, com elogios de Mayer, e descambou para abordagens grosseiras e insistentes. “E essa história de violência se iniciou com: ‘Como você é bonita’”.

Ela diz ainda que reagiu claramente às “gentilezas” e investidas do ator, e que com a insistência, sentia-se oprimida por ele. Su Tonani diz que se arrepende de ter demorado até procurar a área de recursos humanos da TV Globo para denunciá-lo.

Procurado pela Folha de S.Paulo por meio da TV Globo, o ator não se manifestou. A emissora enviou nota em que esclarece que “repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito”.

A nota da Globo complementa que “nossas empresas zelam para que as relações entre funcionários e colaboradores da emissora se deem em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. Todas as questões são apuradas com rigor, ouvidos todos os envolvidos, em busca da verdade”.

A nota conclui dizendo que “não comenta detalhes sobre assuntos internos”.

À Folha de S. Paulo, Mayer afirmou que respeita muito as mulheres e pede que “não misturem ficção com realidade”. Ele tentou explicar que “as palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra de ‘A Lei do Amor’, não são minhas! Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo.”

Após a publicação, a atriz Letícia Sabatella saiu em defesa da vítima no Facebook. “José Mayer não se emenda, hein? Su Tonani, sinta-se apoiada em sua denúncia”, escreveu.

Atualização às 15h55
José Mayer admite em carta que errou e pede desculpas

Acusado de abuso sexual pela figurinista Su Tonani, de 28 anos, José Mayer se manifestou sobre o assunto por meio de uma carta aberta enviada ao jornal EXTRA na tarde desta terça-feira. No comunicado, o ator, de 67 anos, admite que errou e pede desculpas.

Leia a carta na íntegra:

Carta aberta aos meus colegas e a todos, mas principalmente aos que agem e pensam como eu agi e pensava:

“Eu errei. Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava. A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora

Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço.

Tenho amigas, tenho mulher e filha, e asseguro que de forma alguma tenho a intenção de tratar qualquer mulher com desrespeito; não me sinto superior a ninguém, não sou.

Tristemente, sou sim fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes machistas, invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são.

Aprendi nos últimos dias o que levei 60 anos sem aprender. O mundo mudou. E isso é bom. Eu preciso e quero mudar junto com ele.

Este é o meu exercício. Este é o meu compromisso. Isso é o que eu aprendi.

A única coisa que posso pedir a Susllen, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança.

Espero que este meu reconhecimento público sirva para alertar a tantas pessoas da mesma geração que eu, aos que pensavam da mesma forma que eu, aos que agiam da mesma forma que eu, que os leve a refletir e os incentive também a mudar.

Eu estou vivendo a dolorosa necessidade desta mudança. Dolorosa, mas necessária.

O que posso assegurar é que o José Mayer, homem, ator, pai, filho, marido, colega que surge hoje é, sem dúvida, muito melhor.

José Mayer”.

Atrizes fazem manifestação

Na manhã desta terça-feira, figurinistas, atrizes e outras funcionárias da TV Globo se reuniram na emissora, nos Estúdios Globo, em Jacarepaguá, num ato de apoio à figurinista Su Tonani. A manifestação começou às 10h, simultaneamente ao uso das hashtags “Mexeu com uma, mexeu com todas” e “Chega de assédio”, organizada pela fotógrafa baiana Catarina Rangel em redes sociais.

Várias atrizes, entre elas Sophie Charlotte, Drica Moraes, Alice Wegman e Tainá Müller postaram fotos em suas redes sociais vestindo camisetas com a frase "mexeu com uma, mexeu com todas". Gloria Pires, Grazi Massafera, Bruna Marquezine, Camila Pitanga e Taís Araújo compartilharam a frase.


Comentários

Glediston Perottoni - Advogado 04.04.17 | 17:12:48
Ele demorou 60 anos para descobrir que não se deve tratar mulher como lixo ou que não se deve trair a esposa? Pessoas poderosas e protegidas sempre acham que podem destratar o próximo e que nada lhes acontece. Dessa vez não vai ser assim, pois a vítima teve coragem de denunciar (em outro veículo) o que ele deve ter feito a vida toda.
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Comparação publicitária permitida

Briga de gigantes. Sentença e acórdão confirmados pelo STJ. A ação de violação de marca foi proposta pelas associadas Gilette e Procter & Gamble. Elas buscavam fazer cessar o uso da marca Duracell nas pilhas Rayovac, fabricadas pela Microlite.

A política ainda é possível?

Painel a ser realizado pela Ajuris questionará dois ex-governadores do RS e um doutor em Ciência Política. Evento será aberto ao público.

Os “momentos difíceis” da família Batista

A jornalista Ticiana Villas Boas, esposa de Joesley Batista, diz que ela e a família passam “momentos difíceis”. Enquanto isso, os irmãos Batista compram um G-650, o jato executivo mais rápido e caro do mundo, vendido por US$ 74 milhões.

Bloqueio judicial de R$ 800 milhões de Joesley Batista

A decisão do juiz da 5ª Vara Federal de São Paulo alcança o suposto lucro do acionista da JBS com a venda de dólares, às vésperas da divulgação da gravação com o presidente Michel Temer.