Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017

Ator Alexandre Frota pede o impeachment de Gilmar Mendes



O ator Alexandre Frota protocolou ontem (11) no Senado Federal o pedido de abertura de processo de impeachment contra o ministro do STF Gilmar Mendes. O autor diz contar com “o apoio irrestrito de milhões de brasileiros”.

Alexandre Frota de Andrade, carioca do Rio de Janeiro, 53 de idade, é um ator, diretor, ex-modelo, ex-comediante, ex-jogador de futebol americano, apresentador, empresário e ex-ator pornográfico brasileiro.

No documento, dirigido ao presidente da Casa, senador Eunício Oliveira, Frota usa linguagem jurídica e citação a diversas leis. Apresenta recortes jornalísticos e fotos de Gilmar e sua esposa. Em seguida questiona as posições do ministro, pedindo o banimento que deve ser aplicado a “aqueles que não possuírem comportamentos compatíveis com os princípios da moralidade e da impessoalidade administrativas, tornando-se desonerados e incapacitados da árdua e relevante tarefa de julgar”.

O arcabouço de pedido baseia-se – segundo Frota – por ter o ministro Mendes “proferido julgamento, quando, por lei, seja suspeito na causa". E textualmente “incita o Poder Legislativo a recorrer ao sistema dos ´freios e contrapesos´e conter os abusos do Poder Judiciário. Na garantia deste sistema o Poder Legislativo é o mais apto de todos os Poderes. Quando falta moralidade ao Poder Judiciário no exercício da jurisdição, cabe ao Legislativo buscar, pela intervenção rápida, eficaz e eficiente, o reequilíbrio por meio dos ´checks and balances". (Petição nº 001000.072748/2017-32)


Comentários

Iolanda Ramos Noble - Advogada 17.05.17 | 16:39:09
A que ponto chegou o Brasil! Um pedido de impeachment contra um ministro da Suprema Corte partir de um ator pornográfico. Triste.
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Aposentadoria generosa até para corruptos

Pagamento sistemático de aposentadoria de até R$ 23.344,70 por mês para nove deputados cassados. O próximo a engrossar a lista será o notório José Dirceu. A área técnica da Câmara já reconheceu que o ex-chefe da Casa Civil de Lula tem direito à aposentadoria de R$ 9.646,57 mensais.

Foto: The Intercept

Desembargadora-ministra pede para acumular salário de R$ 61 mil

 

Desembargadora-ministra pede para acumular salário de R$ 61 mil

A baiana Luislinda Valois (PSDB), titular do Ministério dos Direitos Humanos reclama contra a “escravidão” em carta ao governo. E diz que “o trabalho executado sem a correspondente contrapartida se assemelha a trabalho escravo”. Explica querer ganhar R$ 61 mil mensais para “poder comer, beber, calçar, maquiar-se, etc.”
 

MPF isenta brasileiros de responsabilidade no acidente da Chapecoense

Inquérito encerrado ontem (26) apontou a falta de combustível como a causa da queda do avião, além de não haver evidências sobre a participação de brasileiros na tragédia. E a Justiça estadual de SC suspendeu a estreia do filme “O Milagre de Chapecó”, que está sendo finalizado por uma empresa uruguaia.