Ir para o conteúdo principal

Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Serviços cirúrgicos e sexuais



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

A petição inicial de ação reparatória ajuizada pelo Antonio Carlos - industrial conhecido - surpreendeu servidores da comarca: ação de reparação moral contra o Doutor Celzo, notório cirurgião plástico, que – “transgredindo a ética médica, envolvera-se com sua paciente Duana, então esposa do demandante, o que terminou resultando em separação litigiosa, ante a consumação comprovada de adultério”.

O cirurgião contestou, dizendo ter “atendido a ex-esposa do autor como médico e, na conjunção, os procedimentos sempre foram acompanhados pela secretária, enfermeiras e auxiliares clínicos; não havendo qualquer espécie de relacionamento afetivo, muito menos sexual”.

Detalhe surpreendente: com a réplica surgiu uma declaração firmada por Duana, - já então divorciada de Antonio Carlos – reconhecendo que “mesmo enquanto casada, tive relacionamento íntimo temporário com o médico Celzo, que me atendeu em cirurgia plástica dos seios”.

A assinatura estava reconhecida por autenticidade.

O juiz admitiu que “frente ao dever de fidelidade recíproca, enquanto casados, nos termos do inciso I do artigo 1.566 do CC, em tese, caberia pretensão reparatória contra o cônjuge adúltero, que eventualmente pratica esse ilícito civil”. Mas fulminou a ação porque “tal ação é inviável contra o terceiro”.

No tribunal, o relator fez digressões sobre a “inviabilidade da manutenção de uma vida em comum, que pode estar configurada muito tempo antes da ocorrência de uma relação extraconjugal”.

A revisora lembrou que “não há reparação possível, de ordem econômica, para curar as dores sofridas na constatação do adultério”.

E o vogal foi objetivo com uma única frase: “O adultério deixou de ser crime, desde 2005”.

Já há trânsito em julgado. E a fase de execução da sucumbência (verba honorária que o industrial terá que pagar ao advogado do médico réu) segue tramitando sem segredo de justiça.

Talvez por isso ainda cause tanto tititi na comarca.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Gerson Kauer

O ilustre e ignorante magistrado

 

O ilustre e ignorante magistrado

O que significam as palavras reproduzidas na charge acima, que o advogado – velha ´raposa´ das lides jurídicas – desfechou, repetidas vezes, contra o juiz que presidia o tribunal do júri?...

Charge de Gerson Kauer

O amor em segredo de justiça

 

O amor em segredo de justiça

Ontem (12), cedo, metade da manhã do Dia dos Namorados, vazou – com coloração gaúcha - nas redes sociais a petição em versos em que um jovem advogado teria declarado o seu amor à nova juíza da comarca.

Gerson Kauer

Quase Dia dos Namorados no foro!

 

Quase Dia dos Namorados no foro!

O amor é lindo. No dia 11 de junho, os cônjuges que estavam separados de fato se reconciliam na audiência em que se discutia a pensão alimentícia para os filhos. A propósito: as crianças seriam duas? Ou seriam três?

Charge de Gerson Kauer

Os descontos do dia e a justa causa

 

Os descontos do dia e a justa causa

Era uma noite quente do verão porto-alegrense; um homem entra num bar da moda; senta-se junto ao balcão e pede a sua cerveja favorita. A primeira oferta é imperdível: a melhor das cervejas, bem gelada, em copo de cristal, por apenas cinco reais...

Charge de Gerson Kauer

Coitada, otária, burrinha e chifruda

 

Coitada, otária, burrinha e chifruda

Um homem, duas mulheres. A esposa, além do adultério cometido pelo marido, teve que suportar uma saraivada de mensagens ofensivas, envidas pela “outra” via WhatsApp. Ainda assim, a cônjuge desprezada preferiu manter o casamento.