Ir para o conteúdo principal

Edição sexta-feira , 20 de julho de 2018.

Oito gremistas tentam reverter a tendência colorada do jornalismo esportivo



Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Criado em 2012, quando teve 1.188 posts, o blog gaúcho “Corneta do RW”, ideia do engenheiro Ricardo Wortmann, alcançou, esta semana, 8,2 milhões de visualizações. O criador RW e os amigos próximos que o rodeiam chamam-se, carinhosamente, de “pavões” e constituem um grupo coeso.

Sem qualquer ligação oficial com o Grêmio, nem apoio da direção do clube, os “pavões” passam vários momentos do dia trocando informações, fustigando registros jornalísticos com parcialidade colorada e alfinetando a atuação da IVI, Imprensa Vermelha Isenta.

O blog tem, além do engenheiro-editor, sete pensadores. São cinco advogados: Carlos Alberto Bencke (desembargador aposentado do TJRS), Lenio Streck (procurador de justiça aposentado), Nestor Hein, Francisco Rosito e Rafael Korf Wagner.

São também estrategistas da “Corneta do RW” o jornalista Ilgo Wink (ex-Correio do Povo) e o administrador de empresas Frederico Hexsel, operador financeiro e que, atualmente, reside em Orlando (EUA).

O criador Wortmann explica que "o blog é gremista e foi criado para interagir, entre amigos, a corneta sobre futebol. Um dos assuntos principais é a crítica contra os ´tudólogos´ da imprensa. Na verdade foi isto que alavancou o blog. Cheguei a um ponto que tive que assumir o lado azul. É impossível esconder isto. Preferi assumir isto do que ser um jornalista enrustido clubísticamente".

Ontem (10) o blog recebeu 603 e-mails de apoio às suas últimas publicações, especialmente quanto às críticas dirigidas à Carta da Editora, publicada pelo jornal Zero Hora em sua edição de fim-de-semana, abordando a rivalidade da dupla Gre-Nal. As seis centenas de mensagens estimularam o blogueiro Wortmann a seguir avante.

Ele e os demais pensadores do “Corneta” decidiram, então, que a alfinetada formal ao colorido vermelho de veículos da RBS seria tarefa do companheiro Lenio Streck. É no texto a seguir que o jurista vaticina que “se o Inter se classificar para a série A do Brasileirão haverá uma edição extra de ZH. E, se for campeão, fará com que tentem transformar esse título em vaga à Libertadores”.

Leia a íntegra.

MARTHA GLEICH VENCIDA PELA IVI

Que o Zini Pires seja um caso perdido, disso já sabemos. Por isso foi apelidado de “Zini Glu-Glu”. A última ou mais recente glugluzada do Zini foi depois da derrota do Grêmio para o Avaí: ”Só mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil salva o ano do Grêmio”.

Incrível! O Inter fora do G-4 na série B; o Grêmio com boa trajetória na Libertadores (atenção – Libertadores e não série B) e na Copa do Brasil (atenção – não é série B) e o glorioso Zini investindo na IVI. Quer que a IVI o ame. Ame ou deixe-o, oh poderosa IVI – Imprensa Vermelha Isenta.

Tão poderosa é a IVI que acaba de derrotar nada menos que a Martha Gleich, editora de Zero Hora. Ela havia feito uma coluna para explicar eventuais centímetros a mais de cobertura da dupla Gre-Nal. Pois, é. Já na segunda-feira veio a resposta da IVI: a manchete da Zero Hora em relação ao jogo Inter x Criciúma nem fala das vaias e da violência pós-jogo.

Também omite o fato de o Inter estar fora do G-4.

Já sobre o Grêmio, a ZH diz que “está muito longe do líder Corinthians” e sequer cita em sua manchete que o tricolor está no G-4.

Como venho referindo, precisamos urgentemente de um observatório da imprensa esportiva do RS. Para combater a IVI, que está cada dia mais forte. O empate do Inter contra o Criciúma foi comemorado na Rádio Gaúcha como se fosse a final da Copa do Brasil, copa, aliás, que pode ser ganha pela sexta vez...pelo Grêmio. Sexta vez...

Mas o mais importante é noticiar que o Inter... Bem, deixa pra lá.

A IVI continua sendo a IVI. Se o Inter se classificar para a série A, haverá edição extra de ZH. Já se for campeão, isso fará com que tentem transformar esse título em vaga à Libertadores.

Time A na série B. Vaias. Quebra-quebra. Mas nada disso importa.

O que vale para a IVI é que o Grêmio está distante do líder do Brasileirão. Bem feito para o Grêmio. Que feio disputar três grandes campeonatos.

Bom é disputar a segundona...


Comentários

Cristiano Nygaard Becker - Advogado 12.07.17 | 16:07:25

Entendo estes gremistas. Basta ver o ano em que foi criado o grupo: 2012. Naquela época o Grêmio estava há onze anos sem ganhar um título importante, enquanto o Inter havia conquistado o título de campeão de tudo. Até o fantasma do rebaixamento era recente. Realmente quando a fase não é boa, a tendência é culpar a mídia. Mas nós, colorados, não faremos isso, sabemos que a fase é péssima e não adianta culpar os jornalistas.

Flavio Da Rosa - Aposentado 11.07.17 | 18:42:55

Perfeita a reação;  a carta da editora de ZH foi lamentável. Mais uma.

Julio Cesar De Ribeiro Lopez - Gerente De Banco Aposentado 11.07.17 | 16:51:01

Sou gremista desde que nasci, ex-dirigente e ex-conselbeiro. Meu conselho aos enrustidos: "Time grande não cai; é derrubado. Caiu passa a ser pequeno". Em briga de gente gramde, anão não entra. Vai para o circo da Beira-Lago...


 


 

Marcelo Vilani - Advogado 11.07.17 | 10:47:25
O senso ridículo dos azulinos RBS é algo a ser estudado pela NASA!
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Lula não tem direito a dar entrevistas

Juíza que tem jurisdição sobre a execução da pena imposta ao ex-presidente nega pedido da Folha de São Paulo, SBT e Portal Uol.

Foi-se a Copa?

Versos de Carlos Drummond de Andrade, logo depois da Copa do Mundo de 1978 (Argentina campeã), vaticinaram que os brasileiros (derrotados) podem cuidar de outros problemas. O que acontecerá se Tóffoli assumir a presidência do STF em agosto de 2018?

Assédio em transporte escolar

TJRS confirma, em reexame necessário, sentença cível que determinou afastamento do condutor de veículo oficial que conduzia estudantes. Mas no juízo criminal houve a ocorrência da prescrição punitiva.