Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 22 setembro de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Lula: o “chefe da quadrilha”, ou “o cara”?...



 Frases e visões

 A condenação de Lula significa o fortalecimento do combate à corrupção e impunidade” (Efraim Filho, líder do DEM na Câmara).

 Forçar a inelegibilidade do presidente Lula, sem provas consistentes, não é algo compatível com a Constituição e com as leis”. (Flávio Dino, ex-juiz de Direito, governador do Maranhão pelo PCdoB).

 O maior cara de pau do Brasil foi condenado a 9 anos e meio de prisão.” (João Dória, prefeito de São Paulo, do PSDB).

 Conheço o Lula, mais do que ninguém. Ele não fez nada, nem crime nenhum. Tenho autoridade para dizer isto porque não sou do PT”. (Paulo Maluf, deputado federal do PP-SP).

 O chefe da quadrilha foi condenado!” (Ronaldo Caiado, líder do DEM no Senado).

 Ao irmão Lula da Silva, nosso apoio, frente a essa caça às bruxas”. (Evo Morales, presidente da Bolívia).

 Rádio-corredor

  Locutor 1 – “Quinze anos após chegar à Presidência pelo voto dos mais pobres, Lula é condenado por se corromper pelo dinheiro dos ricos”.

  Locutor 2 – “Dá pena!” (Da “rádio-corredor” da OAB-RS, ontem às 11h da manhã.

 

 "Rádio-corredor" também

 “Dependendo de quem for o próximo presidente, não haverá passagem de faixa presidencial; será de tornozeleira eletrônica”. (Da “rádio-corredor da OAB-DF, ontem às 15h").

 Já! O “cara

Esta é do baú. O segundo mandato de Lula (2007/2010) foi sua era de ouro. Ali, com crescimento do país em 4% ao ano, 2009 teve o auge da popularidade dele.

Era o terceiro ano do seu segundo mandato, quando três frases causaram furor e respeito internacionais, ainda mais ditas por quem as pronunciou: “Este é o cara! Eu adoro esse cara. É o político mais popular da Terra” – disse Barack Obama, em 2 de abril de 2009, numa reunião do G-20, em Londres.

Um tradutor explica, então, ao ouvido de Lula o teor dos elogios.

Em seguida, o presidente brasileiro literalmente puxa Obama para uma rodinha.

Depois desses avassaladores afagos, nunca mais os dois se encontraram.

O leitor quer rever o diálogo entre os dois, com legendas em português? Clique aqui.


Comentários

Jairo João Bocasanta - Contabilista 17.07.17 | 11:20:59
Não acredito na inocência do Lula, as provas contra ele são robustas. Há mais crimes cometidos por ele.
Banner publicitário

Mais artigos do autor

A desigualdade de tratamento entre quem tem e quem não tem foro privilegiado

Sérgio Cabral, Palocci, Cunha e Geddel estão presos por ordens de juízes federais. Sorte de Renan, Gleisi, Aécio, Collor, Jucá e outros que têm foro privilegiado.

Pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes atrasa o julgamento, em ação penal, de uma proposta que restringe a validade do foro privilegiado aos delitos cometidos no exercício do cargo.

Uma tese inovadora: a corrupção privada é permitida no Brasil...

Em março de 1981 CBF ofereceu a João Figueiredo, presidente da República, que o Brasil sediasse a Copa do Mundo de 1990. Leia porque ele recusou.

Assédio moral de jogadores do Inter contra historiadora do clube

Ela trabalhava no museu colorado e cansou de ser chamada de “gostosa”, “cheirosa” e “linda”.

Chumbo grosso contra Lula e Aécio na delação da OAS.

•  Filme sobre Roberto Carlos: o rei na vida real.

Brasil ocupa duas entre dez posições dos maiores assaltos do mundo.

A insólita reação durante cruzeiro marítimo

• Homem joga ao mar a mala e os pertences da moça que ele conhecera durante viagem de navio pelo litoral brasileiro.

• Dinheiro encontrado na “caverna baiana de Ali Baba”, renderia R$ 480 mil mensais se tivesse sido depositado na poupança.

• Lula, Dilma e o PT receberam R$ 300 milhões da Odebrecht. E Geddel ganhou R$ 51 milhões de alguém. Um trabalhador brasileiro honesto (salário de R$ 4 mil mensais) levaria 8.775 anos para a proeza de – sem gastar nada – juntar esse dinheiro.

Preparem-se! O Brasil poderá ter até 103 partidos políticos

  Entre outros, vêm aí Partido da Raiz, Partido Militar Brasileiro, Partido das Favelas, Partido do Esporte, Partido Indígena e o pitoresco Partido Nacional Corinthiano.

• Escapamos de ter Eduardo Cunha como o próximo Presidente da República.

• Perda de objeto na suspeição de Rodrigo Janot.

As mulheres já são maioria nos cursos de Direito.

Exame invasivo proibido

• Exame de “Papanicolau” proibido para candidatas aprovadas em concursos

 TRF-3 confirma sentença de procedência de ação civil movida contra o INSS: “violação do princípio da isonomia, da razoabilidade e da dignidade da mulher”.

• Crise no STF? Gilmar Mendes está a 10.022 km de distância de Brasília.

 Funcionalismo estadual do RS recebeu, por conta dos salários de agosto, menos de 8% do que – a título de “auxílio-moradia” – é entregue (R$ 4.377) a juízes, promotores e conselheiros do Tribunal de Contas.