Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 20 Outubro de 2017

Potins desta terça-feira



• Morte na forca

Um tribunal Penal do Cairo (Egito) condenou 28 pessoas à forca, pelo assassinato do procurador-geral do Egito, Hisham Barakat, em 29 de junho de 2015. O julgamento foi no último sábado.

Esse atentado, o mais grave contra o sistema judiciário local, causou a morte de Barakat e ferimentos em vários de seus seguranças e civis.

Barakat, de 65 anos, tinha sido nomeado para o posto em julho de 2013, após a derrocada militar do presidente Mohamed Mursi, e indiciou milhares de islamitas em seus dois anos no cargo.

 O frango e o ovo

O deputado estadual Sérgio Turra (PP) “corrige” uma informação aqui publicada na sexta-feira (21) sobre o projeto de lei nº 298/2015. “A iniciativa não se encontra em tramitação, mas sim aprovada com o voto de 42 deputados; além disso, o governador José Ivo Sartori sancionou e promulgou a Lei nº 14.858”.

Está, assim, instituído o Dia do Frango e do Ovo, a ser comemorado anualmente na segunda sexta-feira de agosto.

Turra escreve que “apesar de o título parecer pitoresco e sujeito a brincadeiras, o assunto é sério”. Sua explicação: “a avicultura gera em torno de 35 mil empregos diretos e 900 mil indiretos no RS. Em 241 municípios, são mais de dez mil famílias de produtores rurais integrados a essa cadeia produtiva. O projeto tem o objetivo de fortalecer essa atividade que contribui decisivamente para o desenvolvimento socioeconômico”.

 Falastrões

“A população brasileira vai compreender”.

(Michel Temer, na sexta passada, sobre a reação popular ao aumento de impostos).

“Esse palácio tem muita boca. Há meses digo isso ao presidente”. (Rodrigo Maia, também na sexta, queixando-se do palavrório que vem do Planalto).

· A propósito da “certeza” de Temer, uma alfinetada do deputado federal Tiririca (PR-SP): “A gasolina ficou tão cara que o artigo 5º da Constituição que dá ao cidadão o direito de ir e vir vai mudar. Doravante será: ´Ou vai ou volta; os dois não dá´”.

• Remédios no bolso

A delação do doleiro Lucio Funaro tem um anexo de peso que, breve, vai se tornar público.

Muitas pílulas para dois laboratórios farmacêuticos e para a Anvisa, a conhecida Associação Nacional de VIGILÂNCIA Sanitária.

Vigilância?

• Mirando nas togas

Apesar da tentativa inicial de se poupar o Judiciário, a delação da OAS terá vozes, papéis e capítulos sobre ministros do STJ. Quem vai falar sobre isso é Léo Pinheiro, o ex-presidente da empresa”. (Da “rádio-corredor” da OAB do Paraná).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta sexta-feira

• Pai de gêmeos ganha licença-paternidade de seis meses, no RS.
• STJ afasta desembargador que exigia dinheiro de uma servidora.
• Médica pede rescisão de contrato por falta de segurança na Rocinha.
• STF suspende censura judicial à revista Exame.
• Alto salário não impede ex-gerente de editora de ter direito à justiça gratuita.
• Alto salário impede professor de ter direito à justiça gratuita.
• Hospital é condenado por perder aliança de paciente durante cirurgia.
• Como votou Aécio Neves, quando Delcídio Amaral foi preso?
• Lava-Jato tem uma das maiores concentrações de réus milionários do mundo.
• Alto salário não impede gratuidade judicial.
• Anamatra publica enunciado, afirmando que diversos pontos da reforma trabalhista ferem a Constituição.
• Derrubada norma municipal que obrigava alunos a rezar o Pai Nosso antes do início das aulas.

Potins desta sexta-feira

• TJRS proíbe saite de disponibilizar informações sobre ações na JT de um trabalhador.
• Turma Nacional de Uniformização cancela a Súmula nº 51.
• Empregador não pode utilizar a gorjeta recebida de clientes para compor o salário mínimo dos garçons.

 

Potins desta sexta-feira

• Hospitais privados não poderão manter salas de espera diferenciadas para pacientes do SUS e dos convênios particulares.
• Julgamentos pelo STJ de dois casos envolvendo medicamentos.
• A “sentença” Netflix: Aécio mais tempo em casa para ver novos e velhos filmes.
• Um “embrulho pornográfico”: Claro Tv condenada por cobrar erradamente de consumidora.

Potins desta terça-feira

• Deu nas redes sociais: “Para o Grêmio ganhar a Libertadores, só com liminar do Gilmar Mendes”...

• Eduardo Cunha tenta anular a delação de Lúcio Funaro.

• Negados habeas corpus aos irmãos Batista.

• Valéria Monteiro, ex-apresentadora da Globo, quer concorrer à Presidência da República.

• Lula diz que a denúncia do MPF é "a excrescência da excrescência da excrescência".

Potins desta sexta-feira

Descoberta jurídica: corrupção privada não é crime no Brasil...

O corinthiano Jô é o segundo mais honesto do país...

110% de certeza em propina entregue por Eduardo Cunha a Temer”.

Sérgio Moro consegue ir a estádio de futebol em dia de jogo.

Gilmar Mendes alfineta Rodrigo Janot: “Ele deveria pedir sua própria prisão preventiva”.

Conar libera comercial do “homão da p”.

Potins desta terça-feira

TJRS revoga liminar que suspendera concurso para juiz.

 Lula perde um de seus advogados.

 STJ rejeita denúncia contra desembargador do Trabalho.

 A ordem é “juízes nas comarcas, de segunda a sexta”.

 Presidente do PMDB diz que Geddel é “mero filiado do partido”.

• Aposta da semana passada entre congressistas: quanto dinheiro haveria no “bunker” de Geddel? Ninguém acertou!