Ir para o conteúdo principal

Terça -feira, 15 Agosto de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Multa inconstitucional de 10% sobre o FGTS



 Multa inconstitucional de 10% sobre o FGTS

O juiz federal Itelmar Raydan Evangelista, da 20ª Vara de Belo Horizonte (MG), declarou a inconstitucionalidade do art. 1º da Lei Complementar nº 110/01, que fixa o pagamento pelos empregadores da multa de 10% sobre o FGTS em caso de despedida de empregado sem justa causa.

A decisão foi proferida em ação de duas empresas contra a União e a Caixa Federal.

A inicial sustenta que “a finalidade instituidora da multa foi prestar-se como meio para a recomposição do déficit existente no FGTS, tendo em vista as perdas inflacionárias dos planos econômicos Verão e Collor I – e que, a seu ver, tal finalidade já foi atingida desde 2007”.
O juiz reconhece que o propósito da LC nº 110/01 era assegurar condições para que reflexos financeiros negativos para o patrimônio do FGTS, provocados por gestão econômica malsucedida, ocorrida em governos já encerrados, "pudessem ser satisfeitos com celeridade e eficácia, sem que o ônus recaísse, com maior impacto, em determinado seguimento social específico, envolvido com a existência e manutenção do FGTS”. (Proc. nº 0015298-54.2016.4.01.3800).

 
Rádio-corredor”

Locutor A - “Se o TRF-4 confirmar a condenação de Lula, ele pode requerer a concessão de prisão domiciliar, em decorrência dos seus 72 de idade”.

Locutor B – “E, de birra, para provocar o Moro, propor ficar recolhido no tríplex de Guarujá”.
(Ontem pela manhã, na OAB do Paraná).

 Bodas de prata no STF

O STF retoma os julgamentos na próxima terça (dia 1º). Está na pauta do mês uma ação contra uma lei do Estado do Rio de Janeiro que tramita a exatos 9.412 dias. São 25 anos e alguns penduricalhos temporais de demora.

A ação questiona uma lei estadual que estabelece a obrigatoriedade de manter empregados cuidando dos estacionamentos gratuitos oferecidos pelo comércio.

A norma está suspensa por uma liminar concedida em...1992!

 
Lista tríplice

Em sessão realizada nesta quinta-feira (27), o Plenário da 4ª Região definiu os nomes que vão compor a lista tríplice para preenchimento de vaga no cargo de desembargador federal, por critério de merecimento. São os juízes Luiz Carlos Canalli, Taís Schilling Ferraz e Marcelo De Nardi.

No primeiro escrutínio, Canalli recebeu 22 votos e Taís 20. De Nardi foi eleito em terceiro escrutínio com 15 votos.

A vaga no TRF-4 decorre do falecimento do desembargador federal Otávio Roberto Pamplona, ocorrido em abril deste ano.

A lista tríplice será enviada ao presidente da República, Michel Temer, a quem a Constituição Federal atribui a responsabilidade de escolher o novo integrante do tribunal.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Por que o governo não conversa com Luiz Fux?

• Temendo rebeliões, Temer desistiu de acabar com o auxílio-reclusão.  O corte era desejo da equipe econômica: geraria economia de R$ 600 milhões em 2018.

• Enquanto isso, desde 15 de setembro de 2014, o “auxílio-moradia” sangra as contas da União em R$ 437 milhões anuais. E os Estados gastam R$ 2 bilhões e 970 milhões para cobrir o mesmo penduricalho.

• Exame de Ordem: 136 mil inscritos, só 32 mil aprovados (23,6%).

• Lá vem o golpe! Cidadãos brasileiros, preparemo-nos, cada um de nós, para doar R$ 17 aos políticos deste país.

Publicidade das Lojas Marisa não ofendeu a memória de Marisa Letícia

 O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) arquiva 18 queixas de cidadãos e cidadãs brasileiras contra a rede de lojas.

• STF declara inconstitucional artigo da Constituição Estadual do RS.

 Uma ação da PREVI contra a Construtora Odebrecht: causa de R$ 242 milhões.

• Cobrança de quota condominial contra Eduardo Cunha: o “bunker” inativo do ex-deputado.

Presidente do TRF-4 elogia sentença que condenou Lula a nove anos de prisão

 Segundo o dirigente da corte, o julgado vai entrar para a História do Brasil.

 Opinião de quatro operadores jurídicos gaúchos sobre o julgado proferido por Sérgio Moro. Relembrem o

teor dos artigos 155 e 239 do Código de Processo Penal.

 Os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas. Agora, pedem votos.

 Delação vai detalhar a venda de sentenças e acórdão.

Os riscos de as crianças usarem roupas de sereia

• O Inmetro vai alertar pais e mães sobre cuidados especiais para meninas que querem imitar a personagem Ritinha – vivida por Ísis Valverde - na novela “A Força do Querer”.

• Trocadilho em frase publicitária que oferece, no Brasil, chances de investimentos nos EUA: “Não precisa temer; a gente ajuda você a sair do País”.

• Condenação do senador Romário: R$ 50 mil para o presidente da CBF.

• A elogiável sensibilidade das mulheres brasileiras.

Senado e Câmara Federal custam R$ 1,16 milhão por hora aos cidadãos brasileiros

O espantoso dispêndio que se repete 365 dias ao ano também inclui os salários. Todos os gastos com a nossa representação política tem um custo anual de R$ 1 bilhão e 16 milhões.

Uma competição brasiliense entre cinco cães muito espertos: o Escalímetro, o Cash Flow, o Óxido, o Megabyte e o Deputado. Adivinhem quem ganhou, inclusive afrontando um delegado e um juiz...