Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 20 Outubro de 2017

Potins desta terça-feira



O inventor

A palavra ´propina´ foi inventada por empresários e pelo Ministério Público, para tentar culpar os políticos”.

(Lula, em entrevista à Rádio Tiradentes, de Manaus/AM).

Tomou doril?

Desde que a crise da JBS desabou sobre o marido Michel, a primeira dama Marcela Temer se distanciou do programa Criança Feliz, do qual é “embaixadora”.

Seguidamente ela é informada sobre o andamento de tudo.

Mas, em reclusão domiciliar, prefere não dar as caras.

O fazedor

Vem aí, goela abaixo do cidadão brasileiro, uma campanha da Presidência da República. Quer passar a ideia de que Temer é “aquele que faz”.

A enxurrada publicitária vai se chamar “Avançar”.

Prometerá concluir oito mil obras federais que estão paralisadas.

Constatação

“Morreu gente viva.”

Nicolás Ernesto Maduro Guerra, filho do presidente Maduro, culpando a oposição pelas mortes nos protestos contra seu pai, na Venezuela).

´Rádio-corredor´


“Nas duas últimas semanas, Michel Temer engoliu Rodrigo Maia”.

(Da OAB do Distrito Federal, sexta-feira passada).

Ponto em comum

Não é só a associação de política com negócios paralelos que une os notórios Emílio Odebrecht, Marcelo Odebrecht e Claudio Melo (Construtora Odebrecht), Cesar Pires e Antonio Carlos Mata Pires (ambos da OAS), Ricardo Pessoa (UTC), João Santana e Duda Mendonça (marqueteiros), ACM Neto (DEM, prefeito de Salvador) e Geddel Vieira Lima (ex-ministro) e Carlos Fadigas (Braskem).

Chi! Todos – em situações pretéritas mais puras - foram alunos do conceituado Colégio Marista, em Salvador (BA).

Cada um a seu tempo; alguns em momentos simultâneos.

Moralizador e transparente

Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil, chegou à presidência da Petrobras em 6 de fevereiro de 2015 para – nas palavras textuais de Dilma Rousseff “moralizar e dar transparência”. Saiu em 30 de maio de 2016, em decorrência do impeachment presidencial.

Foi considerado pela revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes de 2009. Também foi adulado como o 11º mais poderoso do Brasil pelo iG em 2013 e laureado como Empreendedor do Ano nas Finanças pela Revista Isto É/ Dinheiro no mesmo ano.

Em 27 de julho último foi preso na 42ª fase da Operação Lava Jato, suspeito de ter recebido propina.

•Um dia depois, Athayde Costa, procurador da Lava-Jato, foi instigante em uma frase: “É assustador que uma pessoa que foi indicada para estancar a corrupção, tenha praticado crimes milionários”.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta sexta-feira

• Pai de gêmeos ganha licença-paternidade de seis meses, no RS.
• STJ afasta desembargador que exigia dinheiro de uma servidora.
• Médica pede rescisão de contrato por falta de segurança na Rocinha.
• STF suspende censura judicial à revista Exame.
• Alto salário não impede ex-gerente de editora de ter direito à justiça gratuita.
• Alto salário impede professor de ter direito à justiça gratuita.
• Hospital é condenado por perder aliança de paciente durante cirurgia.
• Como votou Aécio Neves, quando Delcídio Amaral foi preso?
• Lava-Jato tem uma das maiores concentrações de réus milionários do mundo.
• Alto salário não impede gratuidade judicial.
• Anamatra publica enunciado, afirmando que diversos pontos da reforma trabalhista ferem a Constituição.
• Derrubada norma municipal que obrigava alunos a rezar o Pai Nosso antes do início das aulas.

Potins desta sexta-feira

• TJRS proíbe saite de disponibilizar informações sobre ações na JT de um trabalhador.
• Turma Nacional de Uniformização cancela a Súmula nº 51.
• Empregador não pode utilizar a gorjeta recebida de clientes para compor o salário mínimo dos garçons.

 

Potins desta sexta-feira

• Hospitais privados não poderão manter salas de espera diferenciadas para pacientes do SUS e dos convênios particulares.
• Julgamentos pelo STJ de dois casos envolvendo medicamentos.
• A “sentença” Netflix: Aécio mais tempo em casa para ver novos e velhos filmes.
• Um “embrulho pornográfico”: Claro Tv condenada por cobrar erradamente de consumidora.

Potins desta terça-feira

• Deu nas redes sociais: “Para o Grêmio ganhar a Libertadores, só com liminar do Gilmar Mendes”...

• Eduardo Cunha tenta anular a delação de Lúcio Funaro.

• Negados habeas corpus aos irmãos Batista.

• Valéria Monteiro, ex-apresentadora da Globo, quer concorrer à Presidência da República.

• Lula diz que a denúncia do MPF é "a excrescência da excrescência da excrescência".

Potins desta sexta-feira

Descoberta jurídica: corrupção privada não é crime no Brasil...

O corinthiano Jô é o segundo mais honesto do país...

110% de certeza em propina entregue por Eduardo Cunha a Temer”.

Sérgio Moro consegue ir a estádio de futebol em dia de jogo.

Gilmar Mendes alfineta Rodrigo Janot: “Ele deveria pedir sua própria prisão preventiva”.

Conar libera comercial do “homão da p”.

Potins desta terça-feira

TJRS revoga liminar que suspendera concurso para juiz.

 Lula perde um de seus advogados.

 STJ rejeita denúncia contra desembargador do Trabalho.

 A ordem é “juízes nas comarcas, de segunda a sexta”.

 Presidente do PMDB diz que Geddel é “mero filiado do partido”.

• Aposta da semana passada entre congressistas: quanto dinheiro haveria no “bunker” de Geddel? Ninguém acertou!