Ir para o conteúdo principal

Terça -feira, 15 Agosto de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Os riscos de as crianças usarem roupas de sereia



Fábio Rocha - GShow

Imagem da Matéria

 Cuidado, papais e mamães!

Já se ligaram na moda da sereia, incentivada pela personagem Ritinha, vivida pela atriz Ísis Valverde, na novela “A Força do Querer”?

Pois – segundo a “rádio-corredor” do Inmetro, em Brasília - vem aí, breve, um alerta oficial de que a vestimenta de sereia – que está sendo vendida Brasil afora - é perigosa para crianças, porque a roupa amarra as pernas, podendo constituir-se em risco de afogamentos, em piscina, rio e mar.

Só deve ser usada por profissionais das águas e pessoas muito treinadas.

A propósito, inspirada na sereia profissional Mirella Ferraz, a atriz Isis fez aulas de apneia e treinou por cerca de 3 meses uma cauda de silicone, para viver a personagem adepta do sereismo - que é um estilo de vida baseado nestes seres lendários.

Isis foi fundo (literalmente) para compor Ritinha. Na trama, como filha de Edinalva (Zezé Polessa), a moça cresceu ouvindo que seu pai é um boto e, por isso, acredita ser uma sereia. E, assim, terminou virando moda e inspiração para crianças.

Não precisa temer

Num dos shoppings da cidade do Rio de Janeiro está se realizando um evento comercial chamado “The Florida Lounge”.

Quer atrair brasileiros interessados em investir no Estado da Flórida (EUA), não necessariamente em Miami.
Um dos apelos publicitários foi de sutileza paquidérmica em relação ao combalido presidente da República: “Não precisa temer; a gente ajuda você a sair do País”.

O ladrão mereceria

A 4ª Câmara de Direito Privado do TJ de São Paulo condenou esta semana o senador Romário a pagar R$ 50 mil de indenização ao atual presidente da CBF Marco Polo Del Nero.

A sentença de primeiro grau tinha deferido R$ 20 mil.
A quizila é por causa de uma frase do senador, em entrevista, dizendo que Del Nero “é ladrão e mereceria 100 anos de cadeia”. (Proc. nº 1083376-67.2014.8.26.0100).

A elogiável sensibilidade feminina

As mulheres brasileiras são menos tolerantes com as denúncias sobre o “quadrilhão”. Entre as deputadas, 57%  votaram contra Temer, anteontem (2) em Brasília.
Entre os homens, o percentual foi de 45%.

Por outro prisma, vejam como a situação das mulheres ainda é sensível no Brasil. A Fundação Getúlio Vargas ouviu 247 mil delas, em pesquisa na faixa etária dos 25 aos 35 de idade. E concluiu que metade delas (cerca de 123 mil), como ex-gestantes, perdem o emprego logo depois do fim do benefício.


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Por que o governo não conversa com Luiz Fux?

• Temendo rebeliões, Temer desistiu de acabar com o auxílio-reclusão.  O corte era desejo da equipe econômica: geraria economia de R$ 600 milhões em 2018.

• Enquanto isso, desde 15 de setembro de 2014, o “auxílio-moradia” sangra as contas da União em R$ 437 milhões anuais. E os Estados gastam R$ 2 bilhões e 970 milhões para cobrir o mesmo penduricalho.

• Exame de Ordem: 136 mil inscritos, só 32 mil aprovados (23,6%).

• Lá vem o golpe! Cidadãos brasileiros, preparemo-nos, cada um de nós, para doar R$ 17 aos políticos deste país.

Publicidade das Lojas Marisa não ofendeu a memória de Marisa Letícia

 O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) arquiva 18 queixas de cidadãos e cidadãs brasileiras contra a rede de lojas.

• STF declara inconstitucional artigo da Constituição Estadual do RS.

 Uma ação da PREVI contra a Construtora Odebrecht: causa de R$ 242 milhões.

• Cobrança de quota condominial contra Eduardo Cunha: o “bunker” inativo do ex-deputado.

Presidente do TRF-4 elogia sentença que condenou Lula a nove anos de prisão

 Segundo o dirigente da corte, o julgado vai entrar para a História do Brasil.

 Opinião de quatro operadores jurídicos gaúchos sobre o julgado proferido por Sérgio Moro. Relembrem o

teor dos artigos 155 e 239 do Código de Processo Penal.

 Os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas. Agora, pedem votos.

 Delação vai detalhar a venda de sentenças e acórdão.

Senado e Câmara Federal custam R$ 1,16 milhão por hora aos cidadãos brasileiros

O espantoso dispêndio que se repete 365 dias ao ano também inclui os salários. Todos os gastos com a nossa representação política tem um custo anual de R$ 1 bilhão e 16 milhões.

Uma competição brasiliense entre cinco cães muito espertos: o Escalímetro, o Cash Flow, o Óxido, o Megabyte e o Deputado. Adivinhem quem ganhou, inclusive afrontando um delegado e um juiz...

Multa inconstitucional de 10% sobre o FGTS

  Se Lula for condenado e obtiver a prisão domiciliar, onde será o cumprimento da pena?

  STF vai julgar em agosto ação que tramita há mais de 25 anos.

  Formada a lista tríplice para a escolha de novo desembargador federal do TRF-4.