Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 19 setembro de 2017

Potins desta sexta-feira



• Masturbação inofensiva...

A Justiça de São Paulo soltou o homem que fora preso após masturbar-se e ejacular em uma passageira, dentro de um ônibus, no centro da capital paulista. Ele recebeu liberdade em audiência de custódia e não vai responder a qualquer ação penal.

Acolhendo manifestação do Ministério Público, o juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto chancelou que “não houve estupro (artigo 213 do Código Penal), mas sim importunação ofensiva ao pudor”. Esta é contravenção e não constitui crime.

• Os bancos, de novo!

Mais uma! Em julgamento acirrado, com dois pedidos de vista e decidido pelo “voto de minerva”, a 4ª Turma do STJ concluiu esta semana a decisão de uma questão bancária e concluiu não ser possível fixar limite para os bancos descontarem as parcelas de empréstimos pessoais na conta corrente em que o cidadão recebe seus proventos.

Conforme a corrente vencedora, “não é possível a limitação que as instâncias ordinárias têm imposto às instituições financeiras, ao aplicarem, por analogia, a limitação de 30% prevista, na Lei nº 10.820/03 para consignados com desconto em folha de pagamento”. (REsp nº 1.586.910).

• Liberdade ou prisão?

No dia 12 deste mês, uma terça-feira, o TRF da 4ª Região vai julgar uma apelação de José Dirceu. Se for rejeitada, o notório deve voltar à prisão, para o cumprimento de pena de 20 anos.

Preso preventivamente pela Lava Jato em 3 de agosto de 2015, Dirceu ganhou um habeas corpus, da 2ª Turma do STF, em 2 de maio deste ano.

A ordem de soltura, dada por Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, considerou que o tempo de 1 ano e 9 meses na cadeia “reduziu a capacidade de Dirceu, uma vez liberto, de voltar a cometer crimes, porque o grupo político sobre o qual ele tinha influência já está fora do poder”.

Das redes sociais

• “Fazer uma reforma política com esse Congresso, será o mesmo que reunir os presos para fazerem a reforma do Código Penal”. (De um estudante de Direito da PUC-RS).

“Estarei vivo quando o Brasil estiver recuperado”? (De um contador desempregado, em Porto Alegre).

• As contas da grande família

Síntese de matéria assinada pelo jornalista Ilimar Franco, na revista IstoÉ desta semana, afirma que “Os Tribunais de Contas da União e dos Estados se transformaram em casas muito unidas: pai nomeia filho, marido indica a mulher. E isso não é comédia: os apaniguados recebem salários milionários”.

Os ministros do TCU ganham o mesmo que os colegas do STJ: 95,25% dos salários dos ministros do STF (R$ 33.700), o que lhes dá a bagatela de R$ 32 mil. Não estão computados os penduricalhos individuais habituais: auxílio-moradia, gratificação por função, duas férias de 30 dias (ambas com 33,33% de acréscimo), etc.

Os conselheiros dos Tribunais de Contas Estaduais recebem o mesmo que os desembargadores dos Tribunais de Justiça dos Estados: 90,25%, dos R$ 33.700 dos ministros do STF: exatos R$ 30.414.

A Transparência Brasil fez um levantamento, em 2015, e constatou que entre os 233 conselheiros dos Tribunais de Contas, 73 deles tinham ´chegado lá´ pelo parentesco com pesos pesados da política: governadores, senadores, ministros de governo, secretários de estado, ministros de tribunais superiores e deputados.

É a estratégia do elevado QI (Quem Indica).

• O escritor Janot

Nada está sob sigilo, nem com formalidade jurídica. Assim, aos 60 de idade, Rodrigo Janot vai se aposentar, breve, ingressando na atividade privada. Não concorrerá a qualquer cargo eletivo.

Mas há um triângulo de dúvidas sobre suas possíveis futuras ocupações: advocacia, magistério, ou consultoria.

Porém Janot tem uma certeza: tentará a carreira de escritor em 2018. Em embrião, desde já, dois livros sobre a Lava Jato.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

TJRS revoga liminar que suspendera concurso para juiz.

 Lula perde um de seus advogados.

 STJ rejeita denúncia contra desembargador do Trabalho.

 A ordem é “juízes nas comarcas, de segunda a sexta”.

 Presidente do PMDB diz que Geddel é “mero filiado do partido”.

• Aposta da semana passada entre congressistas: quanto dinheiro haveria no “bunker” de Geddel? Ninguém acertou!

Arte de Camila Adamoli – Imagem de fundo apenas ilustrativa

Potins desta terça-feira

 

Potins desta terça-feira

•  Um engano de percepção (“VIA DO”) faz advogado ser alvo de zoeira forense.

OAB e Defensoria decidem reclamar diretamente ao CNJ contra desembargador gaúcho

•  Prazos para Ministério Público e Defensoria contam a partir do recebimento dos autos.

•  O DEM vai se chamar de Centro; faz de conta que é um partido novo...

•  Se a Câmara pode fazer um fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões, pode criar também um fundo de segurança pública de outros R$ 3,6 bilhões.

•  Contador condenado por usar logotipo da Receita Federal em fachada de escritório.

•  Aviso prévio deixa de integrar a base de cálculo das contribuições previdenciárias.

Morre o desembargador aposentado Álvaro Eduardo Junqueira.

Potins desta terça-feira

  Lula diz que “a Lava Jato tem responsabilidade na morte de Marisa”.

 Canadá homenageia o juiz gaúcho Leoberto Brancher.

 Henrique Pizzolato consegue trabalho externo com...Luiz Estevão, companheiro de cárcere

  Deputado gaúcho José Otávio Germano pode virar réu hoje no STF.

  “Juiz pensa que é Deus; desembargador está convicto; e Gilmar tem certeza”.

  Imagem do Brasil vai de mal a pior no exterior.

  Aumento salarial de 25% na diretoria de Furnas.

Potins desta sexta-feira

 Dos 11 mil candidatos no concurso para juiz estadual no RS, só 19 chegaram à penúltima etapa.

  Indenização para a global Patrícia Poeta por uso indevido de sua imagem.

  Turma de Temer passa a usar celular inexpugnável. Dá para falar à vontade... Mensagens de texto estão proibidas.

  A ausência da testemunha que tinha morrido há um ano e meio...

Potins desta terça-feira

  Gilmar Mendes diz que, “em geral, o rabo não abana o cachorro; é o cachorro que abana o rabo”.

 Segredos calientes na segunda-feira fria em Curitiba: o adultério da política (casada) com o seu operador de propinas (solteiro).

  A cegueira brasiliense em dois tópicos.

  A global Patrícia Poeta aciona empresa de produtos homeopáticos por uso indevido de seu nome.

  Nova banca advocatícia: Cardozo & Bessias.

  “O povo aqui faz de tudo, menos passar a faca no próprio pescoço”.

  Redes sociais dizem que o Brasil é um hospício.

  Alguns dos maiores devedores da União.

  Gabinete de deputado consome 77 quilos de café em um semestre.

  Salame na Saúde: é no governo federal!

Potins desta terça-feira

Lula é inocentado em ação penal por chamar Aécio de “filhinho de papai”
O “presidenciável” Joaquim Barbosa – segundo a revista Forbes.
Condenação milionária da cantora Annita.
Uma ação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis contra o americano Airbnb.
Os lícitos (com “L”) do doleiro Lucio Funaro.
O notório Eliseu Padilha como 1º ministro de Temer.
Pesquisa com 2.468 brasileiros revela que 34% gostariam de, logo, ir embora do País.
Michel Temer pede aplausos...