Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017

Uma goleada contra o pior



O governo Temer é aprovado por 3% e reprovado por 77% - disse ontem (28) o Ibope. O índice de entrevistados que consideram o governo 'regular' é de 16%. A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria e ouviu 2 mil eleitores entre 15 e 20 de setembro; a margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Com o percentual de 77% de reprovação, Temer atingiu o maior patamar de avaliação “ruim/péssimo” de toda a série histórica da pesquisa CNI/Ibope, iniciada em março de 1986.

Antes, o pior nível havia ficado em 70% nas avaliações de julho deste ano (Temer) e de dezembro de 2015 (Dilma).

A pesquisa também avaliou a opinião dos entrevistados sobre a maneira de governar do presidente da República: 7% aprovam; 89% desaprovam; e 4% não sabem.

O Ibope também questionou sobre a confiança dos entrevistados em relação ao presidente: 6% dos entrevistados disseram confiar em Temer; 92% afirmaram não confiar; 2% não souberam ou não responderam.

A pesquisa traz ainda as notícias mais lembradas pelos entrevistados:
“Corrupção no governo”, 23%;
“Operação Lava Jato”, 11%;
“Apreensão de R$ 51 milhões que seriam de Geddel Vieira Lima”, 7%;
“Liberação para exploração da Amazônia”, 5%;
“Anulação da delação premiada de Wesley e Joesley Batista”: 4%.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Chargista Duke

A Operação Marcelo Odebrecht

 

A Operação Marcelo Odebrecht

O homem que tem uma fortuna de R$ 14 bilhões passa a desfrutar da prisão domiciliar no próximo dia 19. E para a sua saída de Curitiba, a Polícia Federal acha arriscado ele viajar em voos comerciais.

UFRGS é a melhor universidade federal do País, anuncia o MEC

A universidade federal gaúcha alcançou 4,29 pontos em uma escala que vai de 1 a 5 pontos.  No ranking geral, que inclui todas as universidades públicas e particulares do País, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é a primeira colocada.