Ir para o conteúdo principal

Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

Como seria um ´smartphone´ de R$ 12,3 mil?



Camera Press – Foto meramente ilustrativa

Imagem da Matéria

Tribunal agradece as críticas

Criticado – inclusive aqui no Espaço Vital (edição de terça passada) - intensamente pela abertura de pregão eletrônico para a compra (R$ 758 mil) de 60 ´smartphones´ para serem ofertados a 52 desembargadores e oito assessores, o Tribunal de Justiça de Pernambuco admitiu “mea culpa”.

Publicou nota, em sua página oficial, dizendo que “diante do retorno obtido através das redes sociais e das críticas construtivas, reconhece a não razoabilidade da aquisição do material previsto no Pregão Eletrônico nº 91/2017 e revoga o processo licitatório que estava em andamento”.

A corte “reafirma o compromisso com a sociedade de ser um Poder transparente e atento às demandas sociais, voltado à prestação de justiça rápida, um direito do cidadão”. E arremata “agradecendo as críticas construtivas enviadas à instituição”.

A corte pernambucana tem em sua direção atual os desembargadores Leopoldo de Arruda Raposo (presidente), Adalberto de Oliveira Melo (1º vice), Antônio Fernando Araújo Martins (2º vice) e Antonio de Melo e Lima (corregedor-geral).

Ouro? Prata?

Ficou em aberta uma questão: o tribunal não detalhou que fabulosos ´smartphones´ seriam esses, com um custo unitário de R$ 12.633,33.

Acaso teriam carcaça folheada a ouro? Ou prata?

Se alguém souber, é favor avisar.

O grande recordista

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman - que ganhou ainda mais notoriedade ontem (5)  no noticiário policial - vai passar a figurar nas notas de rodapé da fábula da ´Galinha dos Ovos de Ouro´.

Nuzman – com mais de uma dezena de barras de ouro guardadas, discretamente, num longínquo cofre bancário na Suíça – desbancou o nadador estadunidense Michael Phelps. Este foi o maior recordista olímpico de todos os tempos, pela conquista de oito medalhas de ouro em uma única edição: nos Jogos de Pequim, em agosto de 2008.

A propósito: cada medalha olímpica dita “de ouro” contém 494g de prata (92,5% de pureza) e apenas 6g de ouro (99,9% de pureza) em sua composição metálica.

O patrimônio de ouro (até agora) de Nuzman vai... a 16 quilos!

A cotação do grama do ouro ontem era de R$ 129,56.

Por causa de um iogurte

Uma operadora de caixa dispensada - por não registrar um iogurte nas compras feitas por uma colega - não conseguiu a reversão da justa causa. A decisão é da 2ª Vara do Trabalho de Cotia (SP).

O ato foi flagrado pelas câmeras de segurança do supermercado, que nenhuma sanção aplicou à outra funcionária que se beneficiou com o ato. A demitida alegou ser o caso de tratamento isonômico.

A juíza Andreia Paola Nicolau Serpa dispôs que “é responsabilidade da operadora de caixa ter ciência do sinal sonoro emitido pelo leitor ótico” e que, no caso, a empregada agiu de modo consciente ao deixar de registrar o produto, rompendo, assim, com a confiança que se deve ter em uma relação de trabalho". (Proc. nº 1001082-30.2017.5.02.0242).

Ah! Em tempo: o iogurte não era de ouro, nem de prata.


Comentários

Dário Vaz Bacelar - Advogado 06.10.17 | 19:06:27
Deve ser um desses: https://www.techtudo.com.br/noticias/2017/09/edicao-de-luxo-do-iphone-x-combina-pedras-de-meteorito-e-preco-de-r-14-mil.ghtml
Banner publicitário

Mais artigos do autor

Brasileira estudante de Direito faz aborto na Colômbia

• O dilema da mãe de dois meninos – e com nova gestação avançando – enquanto a Justiça brasileira não decidia.
Rebeca Mendes Silva (foto) teve apoio da ONG Consórcio Latinoamericano contra o Aborto Inseguro.
• A próxima decisão do STF sobre a prisão, ou não, logo após a condenação de segunda instância.
• Sérgio Cabral: pastor de igreja, ou ladrão? Qual os leitores preferem?
• Procuram-se políticos honestos para uma festa do amigo secreto, em Brasília.

Natal generoso para várias dezenas de magistrados gaúchos

•TJRS está pagando novas “diferenças residuais da transição da URV”, cuja conta já custou ao Estado mais de R$ 1,4 bilhão.
• Decisão da Justiça de SC mantém o pagamento do imposto sindical.
• Universitários (as) e estagiários (as) cuidem-se! Entre eles, 12% nunca usam, nem exigem, a camisinha.
• Dois desembargadores do TRT-RS habilitados à vaga de ministro do TST.

Março ou abril: as datas em que Lula poderá ser condenado ou absolvido pelo TRF-4

• Voto pronto já saiu do gabinete de Gebran Neto e agora está, criptografado, no notebook de Leandro Paulsen.
• Lembram daquela história do “usufruto financeiro” de Eduardo Cunha? Vai custar a ele R$ 3,8 milhões de multa.
• O silêncio domina, dez meses e meio de depois da morte de Teori Zawascki.
• Mudança na jurisprudência da ação de cobrança de quotas condominiais.

Mais cuidados ao prestar fiança!

• Decisão do STJ estabelece que “fiadores de contrato de locação são solidariamente responsáveis pelos débitos locativos, ainda que não tenham anuído com o aditivo contratual que previa a prorrogação do contrato”.
• O castigo judicial contra advogado que ameaçou matar ex-namorada.
• Brasil: “pátria das tornozeleiras”.
• O dedo-duro do zagueiro da Ponte Preta...

Um grande lobby para tentar liberar os cigarros eletrônicos no Brasil

• A Souza Cruz tenta convencer a Anvisa e a opinião pública de que os E-cigarettes não causam mal à saúde. Mas...
• Agentes do propinoduto só esperam a chegada de Papai Noel para poderem sair por aí...
• Os US$ 59 milhões anuais que fizeram Luciano Huck desistir de concorrer à Presidência da República.