Ir para o conteúdo principal

Terça-Feira, 17 Outubro de 2017
http://espacovital.com.br/images/mab_123_12.jpg

Como seria um ´smartphone´ de R$ 12,3 mil?



Camera Press – Foto meramente ilustrativa

Imagem da Matéria

Tribunal agradece as críticas

Criticado – inclusive aqui no Espaço Vital (edição de terça passada) - intensamente pela abertura de pregão eletrônico para a compra (R$ 758 mil) de 60 ´smartphones´ para serem ofertados a 52 desembargadores e oito assessores, o Tribunal de Justiça de Pernambuco admitiu “mea culpa”.

Publicou nota, em sua página oficial, dizendo que “diante do retorno obtido através das redes sociais e das críticas construtivas, reconhece a não razoabilidade da aquisição do material previsto no Pregão Eletrônico nº 91/2017 e revoga o processo licitatório que estava em andamento”.

A corte “reafirma o compromisso com a sociedade de ser um Poder transparente e atento às demandas sociais, voltado à prestação de justiça rápida, um direito do cidadão”. E arremata “agradecendo as críticas construtivas enviadas à instituição”.

A corte pernambucana tem em sua direção atual os desembargadores Leopoldo de Arruda Raposo (presidente), Adalberto de Oliveira Melo (1º vice), Antônio Fernando Araújo Martins (2º vice) e Antonio de Melo e Lima (corregedor-geral).

Ouro? Prata?

Ficou em aberta uma questão: o tribunal não detalhou que fabulosos ´smartphones´ seriam esses, com um custo unitário de R$ 12.633,33.

Acaso teriam carcaça folheada a ouro? Ou prata?

Se alguém souber, é favor avisar.

O grande recordista

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman - que ganhou ainda mais notoriedade ontem (5)  no noticiário policial - vai passar a figurar nas notas de rodapé da fábula da ´Galinha dos Ovos de Ouro´.

Nuzman – com mais de uma dezena de barras de ouro guardadas, discretamente, num longínquo cofre bancário na Suíça – desbancou o nadador estadunidense Michael Phelps. Este foi o maior recordista olímpico de todos os tempos, pela conquista de oito medalhas de ouro em uma única edição: nos Jogos de Pequim, em agosto de 2008.

A propósito: cada medalha olímpica dita “de ouro” contém 494g de prata (92,5% de pureza) e apenas 6g de ouro (99,9% de pureza) em sua composição metálica.

O patrimônio de ouro (até agora) de Nuzman vai... a 16 quilos!

A cotação do grama do ouro ontem era de R$ 129,56.

Por causa de um iogurte

Uma operadora de caixa dispensada - por não registrar um iogurte nas compras feitas por uma colega - não conseguiu a reversão da justa causa. A decisão é da 2ª Vara do Trabalho de Cotia (SP).

O ato foi flagrado pelas câmeras de segurança do supermercado, que nenhuma sanção aplicou à outra funcionária que se beneficiou com o ato. A demitida alegou ser o caso de tratamento isonômico.

A juíza Andreia Paola Nicolau Serpa dispôs que “é responsabilidade da operadora de caixa ter ciência do sinal sonoro emitido pelo leitor ótico” e que, no caso, a empregada agiu de modo consciente ao deixar de registrar o produto, rompendo, assim, com a confiança que se deve ter em uma relação de trabalho". (Proc. nº 1001082-30.2017.5.02.0242).

Ah! Em tempo: o iogurte não era de ouro, nem de prata.


Comentários

Dário Vaz Bacelar - Advogado 06.10.17 | 19:06:27
Deve ser um desses: https://www.techtudo.com.br/noticias/2017/09/edicao-de-luxo-do-iphone-x-combina-pedras-de-meteorito-e-preco-de-r-14-mil.ghtml
Banner publicitário

Mais artigos do autor

O voo “direto” Rio/Orlando que demorou 14 horas e meia

• Os imprevistos quase insuportáveis impostos aos passageiros da Latam, que fariam um voo sem escalas de 8 horas e 15 minutos.
• STJ julgará pela primeira vez se guarda de cão (disputado por ex-cônjuges) pode ser resolvida como “regulamentação de visitas”.
• Supremo decidirá se cigarros com sabor devem ser proibidos.
• Em 16 anos, aumenta oito vezes, no Brasil, o número de mulheres presas.

Um caos jurídico para os leigos

• Voto-desempate de Cármen Lúcia coloca o destino de Aécio Neves no colo do Senado.
• A presidente do STF amarelou.
• Uma nova proteção para que parlamentares continuem cometendo crimes.
• Decisão do STJ: repasse dos custos administrativos da instituição financeira com as ligações telefônicas dirigidas a consumidores inadimplentes não configura abuso.
• Pagamento de débito tributário, mesmo após o trânsito em julgado da sentença condenatória, é causa de extinção da punibilidade.

Inseparáveis, duas irmãs anunciam que vão compartilhar o mesmo marido

• A busca, no blog de Adel e Alina, 22 de idade, por um “marido estupidamente rico e de mente aberta”.
• Financeira condenada por abuso contra idosa analfabeta.
• A “amada amante” presa com 200 mil euros na calcinha.
• Bancos abrem nova frente de lerdeza, agora no STF, para tentar melar, Brasil afora, o pagamento de indenizações aos poupadores.

Desembargadores conectados por meio dos celulares mais caros do mercado

• Novo penduricalho fará mimo para 52 magistrados e oito assessores do TJ de Pernambuco, a um custo de R$ 758 mil – pago pelo Estado, é claro...
• Ação penal que pretende levar Paulo Maluf à cadeia já tem 25 anos.
• Lava Jato já condenou 107 criminosos em Curitiba. No STF, nenhum.
• Viagens internacionais pagas pela Câmara Federal a 274 deputados. Tem até um encontro com diretores da Disney...

Decifre esta: STF está contratando “empresa para prestação de serviços de apoio operacional na área de condução de veículos oficiais”.

•  Pregão eletrônico recruta empresa que forneça 56 motoristas a um custo de R$ 5 milhões anuais. Exigências: vestimentas impecáveis, gravatas em jacquard, calças sem pregas e... demonstração de  “capacidade de se antecipar às necessidades dos clientes”. Etcetera...

•  Segredo quebrado: Itália volta a insistir na deportação de Cesare Battisti.

•  Livro de cabeceira de Sérgio Cabral: “Antologia da Maldade”.

•  Senado aprova projeto que legaliza a situação de servidores de cartórios que passaram por remoção em período anterior à lei dos cartórios. Sem concursos...