Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 25 de maio de 2018.

Potins desta terça-feira



Reprodução da Internet

Imagem da Matéria

• Das redes sociais

• “A defesa de Lula - se fracassarem todos os próximos recursos – tentará uma mágica carta na manga: proporá ao STJ e/ou ao Supremo a desistência de 25 títulos ´doutor honoris causa´ em troca de um único habeas corpus”.

• “Qual casal V. gostaria que voltasse a ficar junto?

1. (  ) Bonner e Fátima;
2. (  ) Chimbinha e Joelma;
3. (  ) Lula e Marisa Letícia
”.

(O terceiro, disparado, foi o mais votado).

• Tartaruga postal

O conceito dos Correios que, até meia dúzia de anos atrás, era de seriedade e pontualidade, vem descendo em gradativa marcha-à-ré na lomba do caos.

Lojista porto-alegrense, à espera da entrega de um pacote postado no dia 9 de janeiro em São Paulo, dispôs-se, com pessoal perda de tempo, a ir à agência mais próxima dos Correios. Gentil e habilidoso, ele obteve uma confissão sincera, mas desoladora de um funcionário: “Por falta de pessoal, as remessas e entregas dos PACs estão ficando em segundo plano; a prioridade agora é só Sedex”.

A sigla PAC significava “prático, acessível e confiável”, palavras que, segundo os Correios, resumiam o serviço, disponível para todos os municípios brasileiros.

Hoje o PAC tem um apelido antônimo: “tartaruga postal”.

• O cofre é um só  

Espantoso: o Brasil tem o ingresso de 16 mil ações tributárias e previdenciárias a cada dia útil – são, em média, 320 mil novas ações por mês. Os dados são do CNJ.

Visando reduzir o volume, Governo e Congresso preparam um projeto para a unificação dos direitos e deveres dos contribuintes. O compêndio se chamaria Código de Defesa do Contribuinte, estabelecendo a possibilidade de compensação de créditos e débitos da União, dos estados e dos municípios.

Funcionaria, por exemplo, assim: seriam eliminadas situações como a de quem é cobrado judicialmente por dívida com a Previdência; mas que não recebe créditos a que tem direito de Imposto de Renda ou IPI.

Faltaria, claro, englobar os precatórios.

• Abuso bancário

É abusiva a cláusula contratual que impede o fechamento imediato de conta bancária – decidiu o TJRS. O julgado confirma sentença da comarca de Ivoti, que deu ganho de causa à empresa Sean Couros, em demanda contra o Banco Safra.

Em ação anulatória de débito, cumulada com pedido de cancelamento de contrato e indenização extrapatrimonial, a empresa disse que pediu o encerramento da conta em 22 de março de 2016, cobrindo inteiramente o saldo devedor.

Todavia, 30 dias depois, ela foi surpreendida com a inscrição na Serasa, por débito (R$ 534) oriundo da conta cancelada, correspondente a 1% do cheque especial disponibilizado pelo ‘‘Pacote PJ Master’’, que não foi contratado.

O acórdão manteve o valor da indenização (R$ 10 mil), mas agregou um novo fundamento: a violação do direito potestativo, que assegura ao consumidor não ser contestado em sua decisão de romper um contrato.

Vale a pena ler o acórdão. Clique aqui. (Proc. nº 70075575084).

• Inviolabilidade do advogado

A 10ª Câmara Cível do TJRS reformou sentença oriunda da comarca de Passo Fundo (RS) e julgou improcedente ação de reparação por dano moral ajuizada pela juíza Dione Dorneles da Silva, da Justiça Militar, contra o advogado Silvio Eduardo Martins Pinto.

O julgado de procedência, proferido em primeiro grau pelo juiz Diego Diel Barth, acolheu a pretensão da magistrada autora. Esta se disse ofendida “pois a petição de um recurso feriu-lhe os direitos de personalidade, assegurados no artigo 5ª da Constituição”. A indenização deferida fora de R$ 15 mil.

Ao reformar o julgado, o acórdão destaca que “o artigo 133 da Constituição e o artigo 7º, parágrafo 2º, do Estatuto da Advocacia (Lei nº 8.906/94) garantem a inviolabilidade do advogado por seus atos e manifestações, desde que no exercício profissional, ressalvadas as hipóteses de excesso injustificado” – este não encontrado no caso presente. (Proc. nº 70075508275).


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

 Maior jornal da Inglaterra diz que “Sérgio Moro é “o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil”.

 Governo acaba de criar mais um elefante branco: o SUSP, irmão do SUS.

•  STF vota na quinta-feira (24) proposta de nova súmula vinculante.

 Quando a “utilidade política” prevalece sobre a utilidade pública...

 Embaixadas para Temer, Moreira e Padilha – se Alkmin for Presidente da República. Mas ele nega.

• População com 60 de idade, ou mais, estará superando os moços de 16 a 24 anos, nas eleições de outubro.

 Impasse no TST para tentar orientar decisões uniformes em ações trabalhistas.

 Prorrogação do benefício de salário-maternidade, em decorrência de parto prematuro.

Novo slogan de Temer vira piada nas redes sociais

• A importância da vírgula: o presidente diz que “o Brasil voltou, 20 anos em dois”.

• Mas há quem ironize: “o Brasil voltou 20 anos em dois”.

 Uma busca e apreensão – por engano – na casa do secretário adjunto do CF-OAB.

 A prescrição que agrada banqueiros.

 Gilmar Mendes prevê uma avalanche processual nos foros e tribunais, Brasil afora.

 Quanto é dois mais dois?

• Uma análise de Joaquim Barbosa sobre o sistema político brasileiro.

Potins desta sexta-feira

• Presença estranha deixa magistradas assustadas em importante reunião na Universidade de Harvard.

•  Governo brasileiro exclui entidades da lista de convidados para a reunião anual da Organização Internacional do Trabalho.

•  Temer torce pela vitória de Henrique Meirelles: quer ser ministro da Justiça a partir de 2 de janeiro.

•  Empresas envolvidas em desastres ambientais só pagaram 3,4% das multas ambientais, que totalizam R$ 785 milhões.

•  Quem são os políticos, empresários e magistrados alfinetados nos voos comerciais brasileiros.

• O largo par de headphones que faz Luiz Fux não ser incomodado quando voa de Brasília ao Rio, e vice-versa.

Potins desta terça-feira

• Nova súmula do STJ publicada: prazo para seguro de vida cobrir suicídio

 Decisão da 2ª Seção do tribunal também cancelou a Súmula nº 61

 O aumento do tesão financeiro dos donos de motéis.

 Filha de Eduardo Cunha concorrerá a deputada federal como herdeira política do pai.

 A queda da arrecadação das maiores centrais sindicais do país.

 Impasse entre herdeiros da travesti Rogéria, falecida em 2017.

Potins desta terça-feira

 Advogado revela novo ponto de domínio dos flanelinhas em Porto Alegre.

• Eleições para a OAB-RS serão na última semana de novembro, no Gigantinho.

 Novas banheiras de hidromassagem para deputados federais.

 Fale com “Mister Bud”: ele anuncia os benefícios e malefícios da maconha.

• Mais da metade dos 640 mil orelhões espalhados pelo Brasil não são utilizados um minuto sequer.

• Qual o ministro preferido de Temer? Dou-lhe um, dou-lhe dois, dou-lhe três...

 Cinco procedimentos no CNJ contra desembargadora que ofendeu a falecida vereadora Marielle e pessoas com síndrome de Down.

Potins desta terça-feira

• FAB confirma ocorrência de diálogos ofensivos a Lula, durante voo de Congonhas a Curitiba.

• Advogado do ex-presidente pede apuração do “atentado”.

• Jorge Luis Dall´Agnol será o próximo presidente do TRE-RS.

• O enterro legislativo da Medida Provisória nº 808.

• Interessante decisão do TST em ação envolvendo demissão durante a vigência de contrato temporário.