Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira, 19 de outubro de 2018.
http://espacovital.com.br/images/mab_123_11.jpg

Em defesa da marca “IVI – Imprensa Vermelha Isenta”



Arte de Camila Adamoli

Imagem da Matéria

A vermelha IVI

Ardoroso torcedor do Grêmio, crítico até mesmo de dirigentes de seu clube e ferino analista de idiossincrasias de jornalistas da crônica esportiva que favorecem o Inter, em detrimento do Grêmio, o engenheiro-civil Ricardo Wortmann notificou, na última segunda-feira (5), por meio do 3º Cartório do Registro Especial, o radialista Pedro Ernesto Denardin, da RBS.

A iniciativa objetiva que o notificado “se abstenha de omitir direitos do notificante no que diz respeito à propriedade da marca ´IVI - Imprensa Vermelha Isenta´, bem com nomear a terceiros a criação da marca referida”.

Criador da sigla “IVI - Imprensa Vermelha Isenta” em 25 de junho de 2012 – e que logo resultou na criação de uma marca com o predomínio da cor colorada - Wortmann já realizou diversas peças e comercialização de produtos estampando a abreviatura IVI mencionada.

Em corredores de veículos de comunicação - embora o blog Corneta do RW também dirija críticas a profissionais da Cia. Jornalística Caldas Júnior e do Grupo Pampa, e do Morro Santa Tereza - a sigla IVI também é parodiada como “Imprensa Vermelha da Ipiranga” – numa provável alfinetada em jornalistas da RBS.

Na notificação entregue a Pedro Ernesto Denardin, o blogueiro Wortmann menciona ter realizado “pedido de registro da marca ´IVI - Imprensa Vermelha Isenta´ no Instituto Nacional de Propriedade Industrial na data de 02/02/2017, protocolo n° 912249854”. O pedido foi publicado na Revista de Propriedade Industrial na data de 21 de fevereiro de 2017 para que eventuais interessados – querendo e podendo – “manifestassem oposição formal ao pedido”.

Após o esgotamento do prazo legal para a oposição mencionada, resta somente a análise material a ser realizada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial para que seja atribuída, de direito, a propriedade da marca.

Wortmann  –  que é servidor da  Procuradoria-Geral do Estado do RS - diz que o “renomado radialista Pedro Ernesto” tem, em programas da Rádio Gaúcha, reiteradas vezes atribuído erradamente a criação da sigla (´IVI´) e da denominação (´Imprensa Vermelha Isenta´), como sendo criações do ex-dirigente do Grêmio Odorico Roman e do historiador – e também notório gremista - Eduardo Bueno (o “Peninha”). Publicamente, os dois já se manifestaram, afirmando não serem os criadores.   

A notificação extrajudicial objetiva que Pedro Ernesto “se abstenha de omitir direitos do notificante no que diz respeito à propriedade da marca ´IVI - Imprensa Vermelha Isenta´, bem com nomear a terceiros a criação da marca referida, sob pena de, não atendida esta notificação, justificar a tomada de medidas judiciais”.

A notificação ressalva que “não constitui qualquer limitação ao direito de liberdade de expressão e tampouco censura ao veículo de comunicação”. O engenheiro e blogueiro Wortmann admite que Pedro Ernesto e a empresa na qual emprega sua força de trabalho são comprometidos com a verdade dos fatos e responsáveis pela apuração das informações que veiculam.

E, assim, arremata que a notificação “contribui para a divulgação correta de fato equivocadamente informado pelo notificado durante o programa de maior audiência do rádio gaúcho”.

 Contraponto

Nesta quinta-feira (8), o Espaço Vital pretendeu ter o contraponto do radialista. A solicitação que lhe foi enviada não foi respondida.

 Carnaval gordo

O séquito de Temer, Marcela e o filho do casal, durante o Carnaval no Rio, terá 40 pessoas – a maioria delas já está viajando para lá nesta sexta-feira, em avião da FAB.

São seguranças, cozinheiro, copeira, faxineira, babá, assessores e outros de funções assemelhadas, para todo o apoio durante os quatro dias de descanso na Restinga da Marambaia. Só a primeira dama pediu uma equipe de 20 servidores.

Coisas de um dos mais impopulares presidentes que o Brasil já teve.

 Narcisismo

O ministro Carlos Marun – aquele que, com ares de pitbull, sempre defende Temer nas idas, vindas, curvas, corredores e segredos – saiu-se anteontem com uma nova autoimagem, tipo Lulinha paz e amor.

São de Marun duas egocêntricas frases: “Sou apaixonado por mim como político. Eu sempre votarei em mim mesmo”...


Comentários

André Schleich - Advogado 09.02.18 | 06:29:13
Isso é ridículo.
Jose Velasques - Servidor Publico 08.02.18 | 19:14:38

Gosto dos textos do Marco Antonio Birnfeld. Sou fã do Rogerio Mendelski.

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Publicidade também dos processos judiciais criminais

 Promotor de justiça pede ao TJRS que implemente, com urgência, a pesquisa por nome nas ações penais.

 CNJ pede a desembargador do TRT-RS que explique manifestação política em favor de um dos candidatos à Presidência da República.

 Carnaval político: em 2019 no sambódromo carioca, uma homenagem a Lula ou a um bode do Ceará?

 Pela primeira vez na História, o Brasil melhora no ranking da corrupção da Transparência Internacional.

O jeitinho aritmético ensinado por juiz para ganhar e manter gratificação

  Em vídeo postado no fim-de-semana nas redes sociais, o ex-presidente da AJUFE da 2ª Região orienta como assegurar mais um penduricalho.

  Tartarugas em ação: o tempo médio de duração dos processos, no Brasil, passou de 26 meses para 33 meses.

  Afinal, o lançamento ontem (15) da candidatura de Ricardo Breier à reeleição na OAB-RS.

Legitimidade da esposa para queixa-crime contra autor de postagem que sugere relação extraconjugal homossexual do marido dela

  Caso decidido pelo STF virou tititi em Brasília, pois envolve revelação feita por um senador sobre supostas relações homossexuais entre dois políticos.

  Decisão do STJ considera o proveito econômico para balizar os honorários de sucumbência.

  CNJ afasta juiz por “desvio de conduta”.

 Correção monetária para o ressarcimento de tributos só após o 360º dia.

Simulação de casamento: o caso do sobrinho (19 de idade) que formalmente casou com uma tia-avó (84 de idade) para, quando ela falecesse, embolsar uma pensão de R$ 6.584 mensais

 Advogada porto-alegrense será indenizada pela American Airlines, após furto do conteúdo de mala, em voo internacional.

 Emoções jurídicas: discussão sobre direitos autorais, em shows de Roberto Carlos durante cruzeiros marítimos.

 A cara Justiça brasileira: em 2017, gastou R$ 90,8 bilhões em 31 milhões de processos.

A impossível convocação de uma Assembleia Constituinte desejada por Haddad

 Em qualquer democracia que mereça o nome, a Constituição só pode ser alterada por emendas submetidas a dois turnos de votação na Câmara e no Senado e aprovada por quórum especial (60%) de três quintos.

 Nas cláusulas pétreas não se mexe. Elas estão no artigo 60 da Carta Magna.

 O futuro Presidente da República e os 3% que ele poderá dispor no orçamento.

 A arrecadação do Brasil, do ano que vem, foi estimada em R$ 3,26 trilhões. Do total, R$ 1 trilhão e 560 milhões serão usados para pagar juros, amortizações e refinanciamento da dívida.

A aritmética da oposição às eleições da OAB-RS: chapa com 71 homens e 71 mulheres

 A campanha que tem como um de seus motes “Mulher não vota em quem veta” está sendo cuidada pelo publicitário Alfredo Fedrizzi.

 Em busca da reeleição, Ricardo Breier terá uma mulher como companheira de chapa.

  Empresário Abílio Diniz, o 14º brasileiro mais rico, aproxima-se de Fernando Haddad.

  Henrique Meirelles já gastou R$ 45 milhões em sua campanha, mas tem apenas 2% das intenções de voto.