Ir para o conteúdo principal

Edição antecipada 21-22 de junho de 2018.

Potins desta terça-feira



• Das redes sociais

• “Guilherme de Pádua agora é pastor. Só falta a Richtofen abrir um asilo e os Nardoni instalarem uma creche. Em seguida o Lula assumirá a Polícia Federal”.

•  “Resumo da semana passada no Supremo: se você for heterossexual, tiver sido registrado com o nome de Mitocôndrio e quiser passar a chamar-se João, precisará fazer uma ação e pedir ao juiz. Mas quem for homossexual – com o nome de André, por hipótese e quiser se chamar de Daiane - bastará preencher um formulário no cartório”.

Olho vivo

Mais um abacaxi paralelo à Lava Jato. Com o timbre de “reservado” tramita na Polícia Federal do Rio um expediente sobre as ameaças feitas ao juiz Marcelo Bretas e familiares.

A investigação apurou haver envolvimento de policiais civis nas intimidações.

“Veja com quem fala!”...

Barraco, uma manhã dessas, no voo nº 2064 da Gol, do Rio a Brasília, quando a presidente do PT, Gleisi Hoffman (PR), irritou-se com o comentário vindo de um passageiro sentado logo atrás: “Se eu soubesse que a senadora estaria a bordo não teria embarcado”.

Veja com quem fala!” - reagiu brava a senadora. De troco, ela escutou nova alfinetada: “E ainda reclama, viajando com o dinheiro do povo”.

Os novos desdobramentos foram após o pouso. A senadora exigia levar o suposto ofensor a depor, na hora, no posto da  Polícia Federal do aeroporto. Um subprocurador da República e um médico, que estavam a bordo, se ofereceram como testemunhas do homem.

Na sede da Superintendência da PF, após minutos de altercações verbais, todos foram dispensados. O cidadão e a provecta senadora foram aconselhados a procurarem seus direitos na Justiça comum.

Só usam o SUS...

Será que alguma epidemia está assolando o Senado brasileiro? A “rádio-corredor” do Conselho Federal da OAB irradiou na sexta-feira que os gastos da Casa com assistência à saúde dos senadores, ex-senadores e seus parentes aumentaram 40% em 2017. Mais preocupante ainda porque os políticos dizem defensivamente que, “aqui todos usamos o SUS”.

Logo se descobriu que a abreviatura SUS seria uma corruptela de uma antagônica verdade relacionada com o mais famoso hospital brasileiro: “SUS - Só Uso o Sírio”.

Para quem pode

A apresentadora Luciana Gimenez quer mudar de ares. O tríplex de 1,9 mil m2 onde ela mora com o dono da Rede Tv! Marcelo de Carvalho foi colocado à venda por R$ 80 milhões.

Espaço vital não falta – e até sobra. Apesar de serem apenas quatro moradores (Luciana; o marido; o filho do casal, Lorenzo, de 7 anos; e Lucas, 18, filho dela com Mick Jagger), a mansão suspensa tem sete suítes, adega, estúdio de música e uma gigantesca sala de cinema.

O deputado voador

Temendo ser vaiado em aviões de carreira, o presidente da Câmara Rodrigo Maia viajou 250 vezes em aeronaves da FAB em 2017, o que dá quase um voo por dia. Ou, sob outra visão, apenas 115 dias em 2017 sem voar nas asas do governo.

O ano de 2018 de Rodrigo começou no mesmo ritmo. Já fechada a estatística de janeiro, tabulou 20 voos. O caro leitor foi um dos que ajudou a pagar a conta.

Deus nos proteja!

A propósito, Rodrigo Maia, está – com assessores e marqueteiros – retocando o discurso que vai vociferar na próxima quinta-feira, na convenção do DEM. É que ele decidiu que será, mesmo, candidato à Presidência da República.

Deus nos proteja de todas as suas viagens.


Comentários

Adriano Salviano - Engenheiro 07.03.18 | 08:35:29
Do jeito que vem aumentando a quantidade de carrapatos no "boi brasileiro", logo ele cai doente! Não tem como estas situações de máxima exploração se sustentar.
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Potins desta terça-feira

 O futuro presidente Toffoli já começa a pensar no aumento para o Judiciário.

• Rodrigo Janot vem ao RS para falar sobre eleições e corrupção.

 Foi em Santiago (RS), a audiência criminal em que o réu não aceitava uma mulher juíza!

 O ano de 2014 que ainda não acabou em Porto Alegre.

 Desaprovação ao governo brasileiro só não é pior do que a de Bósnia-Herzegovina.

 O jeitinho para evitar o avanço no combate da corrupção no Brasil.

• Discriminação nos EUA contra mulheres grávidas empregadas.

 Colega de Rosa Weber no STF avalia que ela é a “ministra pêndulo”.

• Os 60 dias pedidos pela PGR que vão ajudar Michel Temer.

Potins desta terça-feira

 Gleisi Hoffmann quer que o Judiciário se sensibilize com o caos social e libere Lula.

• Na política brasileira, outubro chegou em junho.

 STJ decide se cidadã pode deixar de se chamar Tatiana, para ser Tatiane.

 Ainda sem título definitivo, vem aí as “memórias do cárcere de Lula”.

• As buscas no apartamento de Augusto Nardes: nada ostensivo...

 Brasileiros acreditam pouco na seriedade das eleições.

•  Benesses para os planos de saúde: 107% de aumento em sete anos.

Potins desta terça-feira

 Maior jornal da Inglaterra diz que “Sérgio Moro é “o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil”.

 Governo acaba de criar mais um elefante branco: o SUSP, irmão do SUS.

•  STF vota na quinta-feira (24) proposta de nova súmula vinculante.

 Quando a “utilidade política” prevalece sobre a utilidade pública...

 Embaixadas para Temer, Moreira e Padilha – se Alkmin for Presidente da República. Mas ele nega.

• População com 60 de idade, ou mais, estará superando os moços de 16 a 24 anos, nas eleições de outubro.

 Impasse no TST para tentar orientar decisões uniformes em ações trabalhistas.

 Prorrogação do benefício de salário-maternidade, em decorrência de parto prematuro.

Novo slogan de Temer vira piada nas redes sociais

• A importância da vírgula: o presidente diz que “o Brasil voltou, 20 anos em dois”.

• Mas há quem ironize: “o Brasil voltou 20 anos em dois”.

 Uma busca e apreensão – por engano – na casa do secretário adjunto do CF-OAB.

 A prescrição que agrada banqueiros.

 Gilmar Mendes prevê uma avalanche processual nos foros e tribunais, Brasil afora.

 Quanto é dois mais dois?

• Uma análise de Joaquim Barbosa sobre o sistema político brasileiro.

Potins desta sexta-feira

• Presença estranha deixa magistradas assustadas em importante reunião na Universidade de Harvard.

•  Governo brasileiro exclui entidades da lista de convidados para a reunião anual da Organização Internacional do Trabalho.

•  Temer torce pela vitória de Henrique Meirelles: quer ser ministro da Justiça a partir de 2 de janeiro.

•  Empresas envolvidas em desastres ambientais só pagaram 3,4% das multas ambientais, que totalizam R$ 785 milhões.

•  Quem são os políticos, empresários e magistrados alfinetados nos voos comerciais brasileiros.

• O largo par de headphones que faz Luiz Fux não ser incomodado quando voa de Brasília ao Rio, e vice-versa.

Potins desta terça-feira

• Nova súmula do STJ publicada: prazo para seguro de vida cobrir suicídio

 Decisão da 2ª Seção do tribunal também cancelou a Súmula nº 61

 O aumento do tesão financeiro dos donos de motéis.

 Filha de Eduardo Cunha concorrerá a deputada federal como herdeira política do pai.

 A queda da arrecadação das maiores centrais sindicais do país.

 Impasse entre herdeiros da travesti Rogéria, falecida em 2017.