Ir para o conteúdo principal

Edição sexta-feira , 20 de julho de 2018.
http://espacovital.com.br/images/mab_123_13.jpg

As curvas – cheias de juridiquês – que notabilizaram Rosa Weber



Arte EV sobre foto Google Imagens

Imagem da Matéria

As curvas de Rosa Weber

Foi tanto ´vai pra lá, vai pra cá´, que o voto – cheio de curvas - de Rosa Weber pode até virar série da Netflix. É que a poderosa empresa estadunidense tem público (106 milhões de assinantes) milhares de vezes maior do que aqueles que se dispõem, três ou quatro vezes por ano, a assistir verborrágicos e rebuscados julgamentos no STF.

A propósito: quem tiver oportunidade de rever o vídeo da sessão de anteontem do STF não deve perder, pelo menos, o momento em que - depois de longo palavrório prévio de 22 minutos - pela primeira vez Rosa Weber engatilha no sentido de que negaria o habeas a Lula.

Então, a um tempo só, Marco Aurélio e Lewandowski deixam transparecer, nas faces, suas decepções. Em seguida, os dois pedem apartes e assestam ferinas construções doutrinárias – que deram em nada.

E logo Cármen Lúcia ensaiou um tímido, mas feliz, sorriso.

 Placar dos 18

Um advogado gaúcho – que é também notório bacharel em Ciências Contábeis – disparou ontem na “rádio-corredor” da OAB-RS, o que ele chamou de “o placar do Lula”.

Textualmente e entre aspas: “1 x 0 do Moro; 3 x 0 no TRF-4; 5 x 0 no STJ; 3 x 0 no TRF-4 de novo; e finalmente 6 x 5 no STF”.

Goleada somada: 18 x 5.

Pode até haver divergência jurisprudencial. Mas não há qualquer controvérsia aritmética.

 O gol de Gilmar

De volta a Portugal – de novo! - mal comparando-se a Cristiano Ronaldo, o ministro Gilmar Mendes tentou valorizar seu voto a favor de Lula, nos 6 x 5 que o ex-presidente sofreu no STF: “Meu gol foi também de bicicleta!

A história e a frase de pilhéria foram ouvidas ontem (5) ao meio-dia, em Lisboa, na Ordem dos Advogados Portugueses. O ministro brasileiro, claro, não estava presente.

Política futebolística

Talvez não sirva como consolo patriótico, mas 6 x 5 é muito melhor do que 7 x 1”.

(De um ex-dirigente do Grêmio, ontem, nas redes sociais, festejando dois placares: os 4 x 0 da Libertadores e os 6 x 5 da Rosa e da Cármen).


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Armário da comarca: sete anos e meio de lentidão processual em ação penal que tem 25 denunciados por fraude contra o Banrisul.

 Armário da corte: o triste atropelamento de 17 ciclistas e uma ação penal que teima em não terminar.

 Sinal vermelho da Environment Justice Atlas sobre Porto Alegre: precariedade da mobilidade urbana e demora na solução judicial.

 Corregedor nacional da justiça apõe intrigante segredo de justiça no pedido de providências sobre o plantão do TRF-4 que quase soltou Lula.

STF suspende cobrança abusiva de 40% pelos planos de saúde

· Na decisão, Cármen Lúcia afirma que “saúde não é mercadoria, vida não é negócio, e dignidade não é lucro”.

· Auxílio-maternidade a uma mulher que adotou menina de 12 anos.

· Franklin Martins, envolvido no sequestro do embaixador Charles Burke Elbrick, poderá estar na equipe de Dias Tóffoli na presidência do STF.

· Custódia do notebook apreendido na residência do empresário Henrique Constantino, um dos fundadores da Gol.

Reflexos e rescaldos de um plantão controvertido

• AJUFE não defenderá Favreto se ele for denunciado por prevaricação. Na eventual ação penal cabem transação penal e suspensão condicional da pena.

 Das redes sociais: “Outrora atribuída a advogados desqualificados, nosso país acaba de criar a figura do desembargador de porta de cadeia”.

 O “tríplice milagre” realizado por Lula.

•  “Rádio-corredor” forense anuncia candidato de oposição às eleições da OAB-RS. Mas o objetivo é 2021.

O polêmico desempenho do desembargador Favreto, no controvertido plantão do TRF-4

• O Espaço Vital pediu a opinião de 20 advogados sobre a confusão jurídica do domingo. Entre as respostas, veio à baila o ensaio da Grécia antiga: “Ne sutor ultra crepidam”.

 Google vence Xuxa definitivamente. Insucesso da ação que buscava a remoção de imagens e links a quem digitasse, no mecanismo de buscas, o nome da apresentadora e “pedófila”.

 Clamor feminista pretende que a OAB passe a chamar-se Ordem da Advocacia do Brasil. Sonho que fica para 2019 ou 2020.

• Só uma seccional estadual da OAB tem, atualmente, mais advogadas do que advogados.

 Mas as estagiárias já são maioria, na estatística nacional.

Salvo surpresas, Gilmar Mendes fica no STF até 30.12.2030

 Facchin indefere o pedido para que o Senado analise o impeachment do ministro colega. E a PGR não vai recorrer.

 Novo round no julgamento do caso que gerou a acusação de suposta corrupção no TJ de Santa Catarina: ontem, o voto- vista do vogal.

 Advogado gaúcho analisa supremas incoerências recentes do STF

Indenização para Luciano Huck por uso indevido de seu nome em lançamento imobiliário

 Decisão do STJ confirma a condenação da Cipesa, construtora de luxuoso empreendimento residencial em São Paulo, mas isenta a imobiliária que fez a comercialização.

 Conselho Seccional da OAB-RS exclui mais três advogados.

 A internacional Environment Justice Atlas aponta conflitos socioambientais em três casos no RS: um deles é a demora da Justiça gaúcha em decidir o caso do atropelamento coletivo de 17 ciclistas.

 Os gols financeiros que os planos de saúde festejam durante a Copa do Mundo.