Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 25 de maio de 2018.
http://espacovital.com.br/images/mab_123_13.jpg

Juíza considera que “bicho” para jogadores e treinadores de futebol é salário



´Bicho´ é salário

Conhecida como "bicho", a remuneração paga “por fora” ao jogadores e treinadores de futebol - caso o clube vença determinado(s) jogo(s) - integra o salário. A decisão é da juíza Maria Fernanda Zipinotti Duarte, da 30ª Vara do Trabalho de São Paulo (SP), ao julgar ação trabalhista do auxiliar técnico Milton Cruz contra o São Paulo Futebol Clube.

Ele passou duas vezes pelo clube, onde acumulou 20 anos de trabalho.  Segundo a sentença, o “bicho” integra o salário, mesmo sendo uma verba de valor variável. Assim, o clube terá que considerar a quantia para compor 13º salário, férias e FGTS. Não há trânsito em julgado.

Se a sentença for confirmada, oportunamente, pelo TRT-SP e pelo TST, seus efeitos vão se estender pelo futebol profissional de todo o Brasil (Proc. nº 1002202-02.2016.5.02.0030).

A origem do ´bicho´


Reconhecido como “o comentarista esportivo da palavra fácil”, o gaúcho Luiz Mendes (1929/2011), de Palmeira das Missões (RS) - que fez quase toda sua carreira na Rádio Globo, do Rio - deixou entre suas crônicas uma que explicou a origem do “bicho” futebolístico.

Era 1923, quando o Vasco da Gama subiu à primeira divisão carioca. Então, um rico cerealista da Rua do Acre, no Rio, vascaíno apaixonado, resolveu premiar com dinheiro os jogadores. Mas isso era proibido, em plena vigência do amadorismo.

Então, antes dos jogos, o cerealista ia ao vestiário para dizer aos jogadores o que eles ganhariam, se vencessem o jogo. Nesse tempo, as notas de dinheiro tinham uma espécie de determinação zoológica: 5 mil-réis representavam um cachorro; 10 um coelho; 20 um peru; 50 um galo; 100 uma vaca e 400 uma vaca de quatro pernas.

Os jogadores perguntavam:

- Qual o “bicho de hoje”?

E o cerealista respondia:

- Um coelho – era a oferta habitual.

Mas, dependendo da partida, valia um galo e até uma vaca simples.
 
Após uma decisão vitoriosa entrava, no bolso de cada jogador campeão, uma vaca de quatro pernas…

Se ficar, o bicho pega


Pelo quarto ano seguido, os planos de saúde estão sendo reajustados na faixa dos 13%. O percentual é extraordinariamente superior à inflação e seguramente maior ainda do que os reajustes dos salários dos segurados.

Dilma e Temer, nos seus três anos e meio de desastrada gestão compartilhada, conseguiram empurrar milhões de brasileiros para a ladeira do “Se correr, o SUS te pega; se ficares, o plano te come”.

O dia de Claudia


A 8ª Turma do TRF-4 vai julgar, na quarta-feira 2 de maio, o recurso do Ministério Público Federal contra a absolvição de Claudia Cruz, dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

A tese recursal do Ministério Público é que as assinaturas da mulher de Eduardo Cunha estão comprovadamente lançadas nas contas na Suíça, onde o maridão depositou dinheiro de origem suspeita.

A defesa da ex-primeira-dama da Câmara dos Deputados leva na devida avaliação que, nos cinco julgamentos de casos semelhantes ao dela, analisados até hoje pelo tribunal, as absolvições concedidas pelo Juiz Sergio Moro viraram condenações.

A propósito, conta o jornalista Ricardo Boechat que “pessoas próximas a Claudia Cruz revelam sua disposição em voltar ao batente, profissão que exercia antes de se casar com o ex-deputado”. As sondagens feitas no mercado até agora não surtiram efeitos.

O Espaço Vital complementa: Cláudia, 50 de idade atual, fez sucesso nos anos 90 na Rede Globo, onde foi âncora do Fantástico e do Jornal Hoje. Saiu brigada com a emissora, vencendo-a definitivamente em outubro de 2008, em uma ação trabalhista milionária, obtendo direito a várias parcelas pelo vínculo trabalhista pessoal.

Na prática, Claudia Cruz tinha sido contratada como pessoa jurídica para burlar a legislação trabalhista. (Proc. nº AIRR 1.313 /2001-051-01-40.6).


Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

“É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um corrupto serial rico ser mantido preso por alguns ministros do STF”

 Flechadas verbais de Luís Roberto Barroso a colegas do Supremo, durante o Fórum Transparência e Competitividade, organizado pela Federação das Indústrias do Paraná.

• Gilmar Mendes fica ministro até 30 de dezembro de 2030 ?

 Sistema semipresidencialista a partir de 2023 no Brasil.

• STJ anuncia nova súmula sobre seguros.

OAB-RS exclui mais dois advogados

 Estão defenestrados do exercício profissional 32 homens e 17 mulheres. Sociólogos talvez possam explicar porque os profissionais do gênero masculino são os mais punidos.

 Indulto para Lula, se Ciro Gomes for eleito presidente?

 Maior jornal de Londres elogia Sérgio Moro como “o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil”.

OAB-RS suspende advogado por 180 dias

Ex-dono do Grupo Educacional Facinepe, Faustino da Rosa Júnior (OAB-RS nº 65.305) tem seu nome envolvido em irregularidades na oferta de cursos de pós-graduação. Ele (E) chegou a distribuir títulos de “Doutor Honoris Causas” a pessoas famosas como Silvio Santos

Jeitinho brasileiro para agradar magistrados e promotores

•  O auxílio-moradia – sem lei, mas com acordo a ser homologado no STF – vai ficar valendo para sempre. Fora do teto constitucional e sem pagar imposto de renda. Saiba como!

•  A Advocacia-Geral da União teria mudado de opinião. “Rádio-corredor” do CF-OAB diz que é a “moda Gilmar”.

• Suzana Richtofen matou os pais em 2002. Mesmo sem ter filhos, vai curtir uma “saidinha” pelo Dia das Mães, durante seis dias...

•  Juíza acolhe reclamação de advogado porto-alegrense: “o promotor tá loco”.

“Quem Ensinou Fui Eu”: cantoras mato-grossenses para descontrair evento nacional da magistratura

•  O encontro jurídico tem patrocínio de empresas e de associação que congrega 13 mil cartórios. Políticos também estarão presentes.

•  A ação penal decana – contra senador - que está no Supremo desde 1998.

•  A advertência de Roberto Barroso sobre o sistema penal brasileiro: “Ele é feito para recolher um menino pobre e não consegue prender essas pessoas que desviam por corrupção”.