Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira, 19 de outubro de 2018.

Novo desembargador do TRF-4 é formado também em Engenharia Elétrica



TRF-4/Divulgação

Imagem da Matéria

O Plenário do TRF da 4ª Região elegeu ontem (26), por unanimidade, o juiz federal Osni Cardoso Filho para assumir a vaga do desembargador federal Amaury Chaves de Athayde, que morreu em 28 de fevereiro deste ano, aos 72 de idade.

A escolha foi pelo critério de antiguidade.

Cardoso Filho nasceu em São Paulo e tem 56 anos. É formado em Engenharia Elétrica e Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Aprovado no concurso do Ministério Público do Estado de Santa Catarina e no concurso para juiz federal da Justiça Federal da 4ª Região, em 1993, optou pela magistratura. Assumiu o cargo de juiz federal substituto na 2ª Vara Federal de Criciúma em setembro de 1993.

Promovido a juiz federal em 1994, permaneceu em Criciúma até junho de 1996, quando foi removido para a 3ª Vara Federal de Florianópolis, onde é juiz titular.

Foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral, da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais e da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais, em Brasília. Exerceu o cargo de vice-diretor do Foro da Sessão Judiciária de Santa Catarina em 2012.


Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Liminares para soltar criminosos custavam de R$ 70 mil a R$ 500 mil

Acórdão do CNJ revela os anúncios e as negociações, nas redes sociais, para soltar criminosos.  O desembargador Carlos Feitosa, do TJ do Ceará, concedeu 20 liminares em habeas corpus em dois plantões. Após, o filho do magistrado festejou: “O carcereiro está trazendo as chaves, bem como o fim dos trabalhos, com 100% de êxito, estando feliz por ter ajudado os amigos”.