Ir para o conteúdo principal

Edição terça-feira , 14 de agosto de 2018.
http://espacovital.com.br/images/mab_123_13.jpg

Trabalho demais e... trabalho de menos



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

  Vespeiro de processos

A “rádio-corredor” da OAB-RS transmitiu ontem (23) à tarde a informação sobre a tramitação de um expediente no TJRS que trata da distorção – e possíveis correções - de distribuição de recursos a serem julgados por câmaras cíveis do TJRS. Em síntese, o volume de trabalho seria menor – nesta ordem – em quatro câmaras: 23ª, 24ª, 13ª e 14ª Câmaras Cíveis.

Um documento interno propõe ao Órgão Especial a alteração nos critérios de distribuição, ao apontar casos de desembargadores que recebem, em média, 125 processos mensais para julgamento. Simultaneamente, a outros magistrados são atribuídos 240 recursos mensais – chegando, em alguns casos, a até 400.

Simultaneamente, a “rádio-corredor” do TJRS admitiu, também ontem, que em câmaras cíveis para as quais a distribuição é menor, alguns assessores estão fazendo “rodízio de comparecimento”, por falta de terem o que fazer.

Um advogado militante – que comparece ao TJRS a trabalho em média três vezes por semana – confirmou ao Espaço Vital que “há uma ilha de desembargadores e assessores que menos produzem, enquanto a grande maioria está sobrecarregada de processos – tudo em função de distorções no sistema de distribuição”.

Do mesmo advogado, um arremate: “Mesmo sabendo disso, ninguém quer mexer de verdade, porque é um vespeiro – quem reage pode, de repente, estar sendo atacado por ferroadas”.

 Inflação de 1 milhão

Até o fim deste ano, a inflação na Venezuela deve chegar a 1.000.000% - segundo previsão do Fundo Monetário Internacional.

O estudo compara a situação do país venezuelano à da Alemanha em 1923 e à do Zimbábue, no fim dos anos 2000.

 Capacitação médica

Assim como há o Exame de Ordem, em relação aos bacharéis em Direito, Michel Temer pode criar por decreto o exame obrigatório para habilitar formandos em Medicina ao exercício profissional. Proposto pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo, o projeto, que sugere provas para alunos do 4º e 6º anos, está se arrastando na Câmara dos Deputados desde o início de 2017.

A lentidão abriu espaço para a simpatia presidencial de fim de mandato.

Ainda mais depois do surgimento, na semana passada, de todas as verdades sobre o infame “Doutor Bumbum”.

 

 Brasil brasileiro

Tim Maia (1942/1998) dizia que “o Brasil é o único país do mundo onde prostituta tem orgasmo, cafetão sente ciúmes e traficante é viciado”.

Vinte anos depois da morte do artista, vale um acréscimo: “O Brasil é o único país do mundo que tem também tem agência reguladora – no caso a ANS – que trabalha contra os usuários de planos de saúde, a quem deveria proteger”.

A propósito, Rodrigo Aguiar, diretor de desenvolvimento setorial da ANS, saiu-se com uma pérola, ao comentar a decisão da ministra Cármen Lúcia de deferir medida cautelar na ação ajuizada pela OAB nacional. Disse o falastrão: “A gente não é um órgão de defesa do consumidor”.

Afinal, a ANS defende o quê?

Entrementes, levantamento publicado pelo jornal O Globo, no domingo, mostrou que em oito das onze agências reguladoras federais, dos 40 cargos executivos, 32 são ocupados por pessoas indicadas por políticos. Três vagas abertas serão preenchidas pelo mesmo critério. Assim, serão no total apenas cinco técnicos em ação.

O campeão das indicações é o presidente do Senado, Eunício Oliveira, que emplacou seis – incluindo um genro, na ANAC.

Também na Agência Nacional de Aviação Civil - aquela que abençoou a cobrança da tarifa de despacho das malas, a pretexto de redução dos preços das passagens – uma curiosidade.

O presidente da ANAC é José Ricardo Botelho Queiroz, policial federal de carreira e que já fez parte da equipe de segurança de Dilma Rousseff.

Este é o Brasil que vai.


Comentários

Anderson Ferraz - Analista Juridico 26.07.18 | 10:20:56
Sobre o exame para a Capacitação médica, demorou em muito colocar em pratica, pois as ocorrencias de medicos despreparados para tal função são frequentes. Um absurdo ainda não ter colocado em pratica este exame.
Banner publicitário

Mais artigos do autor

Biotônico Fontoura para a presidente do STF melhorar o apetite

 Cármen Lúcia (que está pesando 40 quilos) avalia que há 13 milhões de desempregados indignados com a expectativa de aumento nos salários da magistratura e...os efeitos-cascata.

 Do que Dias Tóffoli não lembrou, ao explicar o mimo financeiro para os ministros...

 A estranha placa que apareceu no cemitério público de Santa Cruz do Sul.

 O colorado D´Alessandro vence o Município de Porto Alegre, em embargos do devedor contra executivo fiscal. (Leia a sentença).

A possibilidade da visita íntima de Adriana Ancelmo ao ex-governador Sérgio Cabral

 Onde, quando e com que duração seria(m) o(s) encontro(s)? Ele já tem condenações superiores a 100 anos. E ela está em prisão domiciliar concedida por Gilmar Mendes.

  TRT-RS invalida banco de horas da General Motors em Gravataí.

  Gaúcho Francisco Rossal de Araújo convocado para atuar como ministro do TST.

Gilmar Mendes devolve ao TJRS ação de desembargador gaúcho contra vereador porto-alegrense

 Ex-presidente da corte do RS busca indenização. Ministro do STF determina que o tribunal estadual selecione dois ou mais recursos representativos da controvérsia, para fins de afetação.

 Defesa de Lula desiste, no STF, do pedido de liberdade de Lula.

 Elogio e consideração às maravilhosas mulheres brasileiras.

 Nosso país envelhecendo: 531 dos 5.570 dos municípios brasileiros já têm mais moradores acima de 60 anos do que menores de 15 anos.

Oposição define candidatos às eleições de novembro na OAB-RS

 O Espaço Vital antecipa os nomes da advogada Luciane Toss (vice) e Paulo Roberto Petri da Silva (presidente). Ela é advogada trabalhista e professora. Ele tem Tarso Genro como companheiro de banca advocatícia.

 Outra carga pesada suportada pelos brasileiros: bancar 5.570 vice-prefeitos e 27 vice-governadores.

 Com aumento, ou não, do número de membros da Suprema Corte, novo Presidente da República fará pelo menos duas nomeações: os substitutos de Celso de Mello (2020) e Marco Aurélio (2021).

O demorado gol trabalhista de Adriano Gabiru

 Quase 12 anos depois da grande conquista no Mundial do Japão, o reserva de Fernandão fecha acordo com o Internacional e será indenizado, parceladamente, ao longo de 60 meses.

Como foram as artimanhas do futebol jurídico: “O Inter separou as parcelas relativas a direito de imagem como forma de mascarar o salário real do ex-jogador, com o objetivo de diminuir encargos trabalhistas”.

 OAB-RS exclui uma advogada.

• Grupo de 150 advogados faz jantar de lançamento da oposição às eleições da OAB-RS.