Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira, 19 de outubro de 2018.
http://espacovital.com.br/images/jus_azul_foto1.jpg

O Pravda agora é pitonisa! E o sacrifício do Guerrinha!



Arte de Camila Adamoli

Imagem da Matéria

São tantos assuntos e tantas emoções. A ZH, o PRAVDA do esporte gaúcho e órgão oficial da IVI, agora já não se contenta em abafar o passado e obliterar o presente. Agora quer influenciar o futuro, com adivinhações. Viraram pitonisas.

Vejam a ilustração acima!
..................

Walter Mercado, um antigo guru (lembram do “ligue djá”?) não faria melhor. Oráculo dos pampas. Quebraram a cara aos 48 minutos no jogo contra o Fluminense. Tsk, tsk, tsk (trata-se de uma onomatopeia, quando se quer demonstrar decepção com relação a alguém).

Outro ponto e na mesma linha: O Ricardo Wortmann fez um apelo público em defesa de Guerrinha, conhecido no blog Corneta do RW como “Justo Guerra”. RW pede que o PRAVDA (na espécie rádio) não mais coloque Justo para comentar jogos do Grêmio.

Vão matar o comentarista! Ele passa 93 minutos falando mal do time do Grêmio e esculachando Renato. Não é justo isso, Justo Guerra.

Realmente, é doloroso uma rádio sacrificar um comentarista assim. O que ele fez para a coordenação de esportes para que, por castigo, seja escalado para comentar os jogos do tricolor? Xingou o diretor? Colocou chiclete da cadeira de Pedro Ernesto?

Portanto, engrosso, aqui, o coro. Não violem mais os direitos fundamentais (sou constitucionalista e entendo disso!) de um ser humano. Eu sei como é difícil secar. A diferença entre eu e Guerrinha é que eu não sou comentarista. Não preciso me esforçar para parecer isento! Bingo!

GARFADA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quanto ao jogo do Inter e a garfada no Vitória, não encontrei comentário do comissário Diori no Pravda. Mas tem defesa de Zini Glu Glu, mostrando erros contra o Inter. Diz ele, como Mauricio Saraiva ´et caeterva: a banca paga e a banca recebe. O adágio pode ser verdadeiro, mas esquecem que essa banca do Inter cobra juros de cartão de crédito... Binguíssimo.

Eis a tabela de juros (erros e pontos ganhos pelo Inter com os erros):

 Gre-Nal – 3 pênaltis – 1 ponto;

 Vitoria – 1 pênalti, 2 pontos;

 Santos – 1 pênalti, 2 pontos;

 CAP – gol de mão, 2 pontos;

 Bahia – 2 pênaltis, 2 pontos;

 Cruzeiro – gol anulado, 1 ponto;

 Corinthians – gol impedido – 1 ponto;

 Vitória (de novo) – 1 pênalti fora da área – 2 pontos.

Total: 14 pontos.

Descontando o Palmeiras, ainda sobram 12. Sem o apito amigo, o Inter estaria, hoje, em sétimo lugar. Isso sem aplicar spreads nessas commodities.

Ter apito amigo: isso não tem preço. Ou tem?

Explico: Noveleto foi para CBF; Noveleto conselheiro do Inter. O juiz do Gre-Nal dos três pênaltis é irmão – sim, é mano - do assoprador de apito que deu um pênalti contra o Vitória sem ver (literalmente). O problema não é o VAR. O problema é o não VER. Marcou na “convicção”.

Mas, como diz a IVI, foi polêmica a arbitragem. Novilíngua. Ludocleptismo virou polemismo. Ah, as palavras...

E esta coluna Jus Azul é patrocinada pelo Credicard. Certas coisas não têm preço. Só apreço!


Comentários

Renato Dal Zot - Advogado 04.10.18 | 18:44:33
É. A todo torcedor muito dói ver o rival melhor.
Nio Roberto Gonçalves Ferreira - Advogado 02.10.18 | 15:05:07

Visivelmente, este articulista só fala das coisas do Inter. É ideia fixa. O nome do espaço não é "Jus Azul"? Tal qual sua tão atacada e propalada "IVI", parece que ele só tem olhos para o lado vermelho. Quem sabe o Dr. Lênio tenta escrever algo sobre seu clube de coração (se é que já não o está fazendo). Deve existir vida inteligente fora do Inter e da IVI, ao menos é o que se espera.

Roberto Moreira Nunes - Advogado 02.10.18 | 09:51:42

Grande texto! Parabéns! O time mais texano do universo está próximo da taça graças ao apito amigo...e a IVI preocupada que o VAR "ajuda" (?) o Grêmio nos jogos da Libertadores. Novelhaco dirige a FGF desde 1900...e a IVI sempre bradando contra o continuísmo na CBF! Piada. Eles realmente são invencíveis. Dá-lhe Grêmio!

Banner publicitário

Mais artigos do autor

A IVI e as irregularidades nas eleições

“Calma! Como sabemos, a CIA – COMENTARISTAS ISENTOS DE ARBITRAGEM é uma sucursal da IVI-PRAVDA. No decorrer da coluna conto o segredo. Envolve alto cachê. Portanto, mãos à obra.  Preparem-se para a leitura e descubram!”

A IVI é o PRAVDA gaúcho

“Parte da torcida do Grêmio foi sendo emprenhada de ouvido. O PRAVDA, veículo oficial do regime soviético, fazia o mesmo. Criava realidades. Se um atleta da URSS chegava em segundo, a manchete era: ´Corredor russo deixou 15 adversários para trás´. Mas não falava de quem ganhou, mormente se fosse norte-americano”.

Reação ao bullying praticado pela IVI!

“Talvez por sermos maioria no Estado, devêssemos boicotar os produtos anunciados pelos membros da Imprensa Vermelha Isenta”. (...) E também “algumas considerações sobre o vício redibitório do André”.