Gafe na piscina


O advogado e a promotora de justiça – ambos radicados em comarcas diferentes no Sul, mas próximas - constituíam um jovem casal que, poucos dias antes, convolara núpcias. Eles partiram à Jamaica, para lua-de-mel.

Cedo, na manhã seguinte após a noite de chegada, eles foram mergulhar na grande piscina de água tépida. A jovem esposa estreava um novo biquíni. Nadando, ela percebeu que as duas peças eram muito grandes; por isso, as partes de cima e debaixo “saiam” frequentemente...

Como os dois eram os únicos na piscina, ela e o marido riam descontraidamente, enquanto mergulhavam para recuperar o sutiã e a calcinha.

Na mesma noite, o advogado e a promotora se vestiram socialmente para o jantar sofisticado no elegante restaurante do hotel. Sentaram-se defronte a uma grande vidraça de um enorme aquário. Este, curiosamente, estava desprovido de qualquer vida marinha ou aquática.

Quando a jovem esposa perguntou ao garçom por que o aquário não tinha peixes, ele sorriu protocolarmente e respondeu reticente:

- Isto não é um aquário ... esta é a piscina do hotel – que imagino que o casal já tenha conhecido ao longo do dia...