Desempenho-pastelão durante arguição pública na OAB-SC


Durante quase 12 horas de sessão, o Conselho Pleno da OAB/SC realizou, no último sábado (29), a arguição pública com os 22 candidatos ao cargo de desembargador do TJ de Santa Catarina, para o futuro preenchimento de uma vaga pelo quinto constitucional da advocacia.

Na abertura da sessão - que foi transmitida ao vivo pelo Youtube - o presidente da OAB/SC, Rafael Horn, afirmou que a iniciativa democratiza o processo de escolha da vaga, com ampla publicidade, liberdade e transparência. “Hoje damos continuidade ao processo de escolha do quinto constitucional que contará com a primeira eleição direta da OAB Santa Catarina, um marco histórico para a nossa seccional”, ressaltou.

O inesperado ficou por conta do desempenho, na tribuna, do advogado Russel Peixer (OAB-SC nº 16.491), com escritório em Blumenau.

Quase ao final de sua arguição e sustentação oral (que durou 15 minutos e 20 segundos), Peixer foi interrogado sobre – se nomeado desembargador – como seriam suas atividades no TJ-SC, ele respondeu: “Eu não sei o que se faz lá. Se eu fosse desembargador e chegasse um processo daqueles, e eu tivesse que fazer um acórdão daqueles, eu sairia correndo”.

Após alguns segundos de silêncio, alguém puxa palmas na plateia e o presidente da sessão concede mais 10 segundos para a conclusão. O advogado então desabafa: “Eu tenho que falar a verdade, aqui. Eu não posso mentir, mas tudo se aprende”.

O som então é cortado e o inusitado termina.

O que diz a OAB-SC   

Em notícia publicada no portal da entidade, o presidente da Comissão Eleitoral, conselheiro federal  Fábio Jeremias, destacou o trabalho dos membros da Comissão, que mantém a lisura e transparência no processo. “Trabalhamos para que tudo ocorresse da melhor maneira, garantindo a maior transparência no processo, tanto para a advocacia quanto para candidatos à vaga de desembargador pelo Quinto Constitucional”, reiterou.

Os trabalhos começaram com a apresentação dos candidatos, conforme ordem de sorteio definida na sexta-feira (28). Cada candidato teve cinco minutos para se apresentar, bem como discorrer sobre o tema sorteado, por 15 minutos, respondendo às perguntas formuladas pelos conselheiros estaduais.

As perguntas foram previamente elaboradas  pela Comissão Eleitoral do Processo de Inscrição da Lista Sêxtupla, presidida pelo conselheiro federal, Fábio Jeremias de Souza. O conteúdo das perguntas versava sobre garantias constitucionais, segurança jurídica, independência dos Poderes, aperfeiçoamento das instituições, honorários advocatícios, prerrogativas, entre outros. Após a arguição, iniciou-se o processo de votação, da qual participaram os conselheiros estaduais e membros natos. O escrutínio foi realizado de forma on-line.

O candidato Russel Peixer teve nenhum voto.

Seguirão para a próxima etapa do pleito, que é a votação pela advocacia para definição da lista sêxtupla os seguintes candidatos:

01 - DIOGO NICOLAU PITSICA – OABSC 13950 - CAPITAL

02 - CARLOS WERNER SALVALAGGIO – OABSC 9007 – CRICIÚMA

03 - WILSON PEREIRA JUNIOR – OABSC 15947 – JOINVILLE

04- PATRICIA ULIANO EFFTING – OABSC 13344 – TUBARÃO

05- TAMMY FORTUNATO – OABSC 17987 – SÃO JOSÉ

06- JANDREI ALDEBRAND – OABSC 14980 – CHAPECÓ

07- ROMUALDO PAULO MARCHINHACKI – OABSC 9430 – BLUMENAU

08- ANGELITO JOSÉ BARBIERI – OABSC 4026 – BLUMENAU

09- MARIVALDO BITTENCOURT PIRES JÚNIOR – OABSC 18096 – TUBARÃO

10- VINICIUS MARCELO BORGES – OABSC 11722 – CAPITAL

11- EDUARDO CAVALCA ANDRADE – OAB 12714 – LAGES

12- CLEIDE REGINA FURLANI POMPERMAIER – OABSC 15743 – BLUMENAU.

Escolha on-line

Tisnada pelo inusitado desempenho do advogado Peixer – que viralizou nas redes sociais - a elogiada escolha on-line inédita pela advocacia catarinense prossegue. O certame avança e a votação final será realizada no  dia 21 de junho.

VEJA AS IMAGENS E ESCUTE O SOM

VEJA A GRAVAÇÃO COMPLETA DISPONÍVEL NO YOUTUBE DA OAB-SC