As viagens do pessoal do Tribunal de Contas do RS - Espaço Vital
Radiocorredor

As viagens do pessoal do Tribunal de Contas do RS

Depositphotos / Edição EV
As viagens do pessoal do Tribunal de Contas do RS


Contas espertas

Diárias de viagem deveriam possuir caráter indenizatório, isto é, no exato valor adequado para cobrir as despesas do viajante. Contudo em certos órgãos do Estado do RS, a cifra fixada permite sobras consideráveis de recursos financeiros - assumindo contornos de caráter remuneratório. O valor desproporcional é um estimulo à participação de agentes públicos, notadamente os das cúpulas diretivas. Estas participam de congressos, seminários, visitas estranhas às suas atividades, eventos de posse em outros Estados e cerimônias dispensáveis.

Uma incursão do Espaço Vital no site (de difícil navegação) do Tribunal de Contas do Estado revelou pérolas financeiras. Conselheiros titulares (e substitutos também) recebem, dentro do Estado, diárias de R$ 761,78; viajando aos demais Estados brasileiros, R$ 1.309,78; fora do país, nas três Américas, US$ 500; em outros continentes, 500 euros.

Constata-se também que o presidente do TCE Alexandre Postal recebeu, de diárias, R$ 53.619,19 por viagens gaúchas, nacionais e internacionais, de agosto/23 até agora. Chama a atenção o pagamento antecipado de R$ 7.203,79 referente a uma viagem a Fortaleza (CE), que será realizada somente a partir de 27 de novembro. Na edição de sexta-feira (24), mais pérolas viajoras.

Veja no final desta página, imagem do site do TCE-RS mostrando gastos com as diárias do presidente, conselheiros e servidores.


Muitos votos e poucos votos

No certame para a inclusão da lista sêxtupla da OAB/RS, na última sexta (17) foram eleitos os advogados Arnaldo Guimarães (62 votos), Fabiana Barth (58), Ricardo Hermany (56), Cristiane da Costa Nery (51), Paulo Roberto Costa Moreira de Oliveira (49) e Gilberto Koenig (30).

Comentários dispensáveis, eis a nominata dos demais 13 concorrentes e a quantidade dos respectivos votos recebidos.

Anair Isabel Schaefer: 16 votos;

Andréa Marta Vasconcellos Ritter: 4 votos;

Carla Letícia Pereira Nunes: 26 votos;

Daniel Dottes de Freitas: não recebeu votos;

Diego Torres Silveira: 10 votos;

Francisco Thomas Telles: 2 votos;

Igor Danilewicz: 18 votos;

Lauren Lize Abelin Fração: 8 votos;

Marco Antonio Karam Silveira: 20 votos;

Marcus Vinicius Boschi: 11 votos;

Marlon Adriano Balbon Taborda: não recebeu votos;

Roberto Suarez Saldanha: 2 votos;

Rosimeri Toso Casara: 1 voto.


Os 24 que foram 21

O TRT da 4ª Região (RS) realizou, na sexta-feira (17), a quinta outorga da “Comenda do Mérito Judiciário”. Entregue a cada dois anos, ela agracia “personalidades que, por sua atuação destacada, se tornaram exemplos para a sociedade” e/ou que “tenham contribuído para o engrandecimento da Justiça do Trabalho”.

Dos 24 convidados três não compareceram: o presidente e o vice do STF, Luís Roberto Barroso e Luiz Edson Fachin; e o ministro Paulo Roberto Severo Pimenta, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Eles também não indicaram representantes.

A radiocorredor advocatícia de Brasília comentou a ausência dos três: “Eles não dão a mínima para a Justiça do Trabalho”.


Presenças de estofo

Mas, entre os 21 agraciados pelo tribunal trabalhista gaúcho estavam Aloysio Corrêa da Veiga e Cláudio Mascarenhas Brandão, ambos ministros do Tribunal Superior do Trabalho.

A mesma radiocorredor brasiliense irradiou um acréscimo: “Bom para o desembargador anfitrião Francisco Rossal de Araújo que está, justamente, em campanha para oportunamente ser... ministro do TST.”


Saudosa Maloca

O governo federal reinaugurou na sexta (17) o cinema privado que fica dentro do Alvorada, a residência da Presidência, em Brasília. Lula e Janja receberam a equipe e o elenco do filme “Saudosa Maloca”, entre eles o ator e músico Paulo Miklos.

A produção, baseada na obra do sambista Adoniran Barbosa, foi exibida. O Cine Alvorada tem novos projetor e sistema de som.

“A gente espera contribuir para ser a casa da divulgação do cinema brasileiro, para voltar a convencer a sociedade brasileira a gostar do cinema”, disse o Presidente da República.


As diárias generosas do TCE-RS

Tabela

Mais artigos do autor

Leia também