Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira ,06 de dezembro de 2019.

Macacos e macaquices



Banco de dados do Espaço Vital

Imagem da Matéria

Em 1988 o chimpanzé (Pan troglodytes) do Zôo do Rio Macaco Tião (* 1963 + 1996) chegou em terceiro lugar, entre 12 candidatos, na eleição para prefeito do Rio de Janeiro. Foram mais de 400 mil votos (inválidos, claro) para o bicho.

Para conseguir produzir algum barulho nas eleições e na falta de ideias melhores, o Partido Humanista da Solidariedade resolveu reviver o célebre animal.

O PHS lançará candidatos a deputado federal em nove Estados com "Macaco Tião" antes do nome do pretendente.

Desses, oito são mulheres. Macaco Tião William, que tentará seduzir o eleitorado mineiro, é o único homem a assumir a identidade eleitoral de Tião.

Como a legislação permite, os TREs e TSE aprovam.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Cassado o mandato do deputado gaúcho Luis Augusto Lara

Ele perde também a presidência da Assembleia Legislativa do RS. A cassação do mandato foi decidida por 4 x 3 votos. Ele estava sendo processado por favorecimento de uso da máquina pública em Bagé, na eleição de 2018.

Sem Senado, só OAB!

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, põe fim à indecisão: desiste de concorrer a senador. “Não tenho como deixar a Ordem neste grave momento nacional” – diz.