Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 16 de abril de 2019.

Estátua francesa de semideus grego ganha pênis removível após reiterado vandalismo



Reprodução/Facebook/Andy Blee

Imagem da Matéria

Devido ao vandalismo e à sistemática amputação de seu pênis de pedra, a estátua de Hércules, existente no município de Arcachon (sudoeste da França), estreará um membro desmontável que será inserido na efígie de 3m10 de altura a cada cerimônia pública. As informações prestadas pelo prefeito local Yves Foulon repercutiram em toda a França.

O político complementou “não desejar isso a ninguém, nem sequer a meus piores opositores, mas o que ocorre de lesão a esta estátua é lamentavelmente sistemático".

A representação do semideus grego é uma obra criada por Claude Bouscau e inaugurada em 22 de agosto de 1948, como símbolo da resistência contra os nazistas. O próprio escultor teve que refazer várias vezes o pênis da escultura porque desde sua inauguração foi várias vezes mutilado.

"É a melhor solução. Não fosse essa ideia seria preciso vigiar muito de perto a anatomia de Hércules", resumiu Martine Phelippot, encarregada pela Prefeitura ao trabalho de preservar a estátua para que ela se apresente intacta durante as cerimônias.

Hércules é o nome em latim dado pelos antigos romanos ao herói da mitologia grega Héracles, filho de Zeus (Júpiter para os romanos) e da mortal Alcmena. As antigas fontes romanas indicam que o herói grego substituiu um antigo pastor mitológico chamado pelos povos da Itália de Recaranus, ou Garanus, e que é famoso por sua força.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Terminou mesmo em pizza...

Cliente teve uma surpresa ao comprar uma caixa de frango empanado. Ele encontrou US$ 1.300, (cerca de R$ 5.200), no embrulho onde deveria estar apenas o alimento.