Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 20 de agosto de 2019.

“O seu nome é Fátima, doutor?”



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Onze horas da manhã. O advogado sessentão, defensor da empresa ré, entra na sala de audiências, diz “bom dia” à jovem juíza, a quem estende a mão. Secamente ela retribui gesto e palavras, mas segue sentada.

Em seguida, a magistrada, com os autos em mãos - sabe-se lá com que propósito - pergunta:

- O seu nome é Fátima, doutor?

Há alguns nomes próprios que se prestam a tais confusões, como Darcy, Abigail e Nadir, por exemplo. Entretanto, não se conhece nenhum registro de homem chamado Fátima.

Surpreso com a inesperada indagação, o advogado divaga:

- Se eu fosse Fátima, talvez não estivesse aqui neste foro surpreendente, mas conversando amenidades com os convidados da programação matutina da Rede Globo – a senhora deve conhecer ´O Encontro com Fátima Bernardes´, não é doutora?...

E não fica por aí. Ele mira nos olhos da novel juíza, e produzindo um amigável sorriso, complementa:

- E se eu me chamasse Fátima seria mais bonito! Sou apenas o Carlos, um dos advogados que constam aí na procuração, juntamente a Doutora Fátima, que é minha filha!...

A magistrada fica sem graça, mas não perde a pose e ainda tenta justificar:

- É que quem assinou a contestação foi Fátima...

O advogado arremata com decisiva pitada de ironia:

- A advocacia é assim. Se aceitamos a provocação, nossa atividade fica mais difícil. A nossa paciência se esgota. E a vida perde alguns minutos. Tenho dito!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Charge de Gerson Kauer

Páginas da vida com segredo de justiça

 

Páginas da vida com segredo de justiça

O réu de uma ação penal por assalto é universitário, com matrícula trancada por falta de dinheiro para as mensalidades. Chegara a trabalhar como auxiliar contábil. Mas desempregou-se em decorrência do fechamento de uma indústria. A “primeira vez” dele como assaltante terminou sendo a redenção para que, dando a volta por cima, voltasse à faculdade e concluísse o curso de Direito.

Charge de Gerson Kauer

Para medir o tamanho ´daquilo´...

 

Para medir o tamanho ´daquilo´...

Treze de agosto de 2018, hoje está fazendo um ano. A frustração do consumidor que - após encomendar na internet, e pagar por um aparelho que o tornaria “um amante imbatível” - recebeu uma enorme e maldosa lupa. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke. 

Charge de Gerson Kauer

“Quero comer filé”

 

“Quero comer filé”

Na audiência de uma ação de divórcio, a surpreendente mudança de decisão do homem: “Estou velho, não vou conseguir mais uma companheira como ela. Prefiro comer filé com os outros do que carne de pescoço sozinho”. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.

Charge de Gerson Kauer

A sátira embutida

 

A sátira embutida

Na oitava folha da apelação de 12 laudas, o advogado - inconformado com a superficialidade da prestação jurisdicional – digitou um recado: “Como somos tratados como pamonhas, é pertinente informar que uma gostosa receita da famosa iguaria oriunda do milho verde está disponível na internet”.

Charge de Gerson Kauer

Vá ler o CPC, doutora!

 

Vá ler o CPC, doutora!

“Após extravasamento verbal, o juiz jogou à mesa um exemplar do ´CPC Comentado´, com uma sugestão em altos decibéis: ´Leia o Código, Doutora´. Em gesto igual, devolvi-lhe o livro e retruquei no mesmo alto tom de voz: “Leia você o CPC e a CLT, pois quando você entrou na faculdade, eu já andava por aqui, há anos”. O texto é da advogada Bernadete Kurtz (OAB-RS nº 6.937).