Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 17 de maio de 2019.
https://espacovital.com.br/images/jus_azul_caricatura_2.jpg

O ´chapabranquismo´ pode ser fatal!



Arte de Camila Adamoli

Imagem da Matéria

1 - Venho falando e denunciando um vírus que contamina parte da torcida dos grandes times: o ´chapabranquismo´. Constroem uma barreira contra qualquer tipo de crítica ao time, aos dirigentes e ao treinador. É proibido criticar o Grêmio porque, por vacilação e falta de plantel, deixou escapar - entre os pés - três copas-taças em 2018...

Um olhar de alguns minutos em jogos do Brasileirão já mostra como é temerário um time grande que disputa vários campeonatos ao mesmo tempo contar com reservas ruins, comprometedores, como Bressan, Marcelo Oliveira... Há zagueiros e laterais a rodo. Mas por aqui resolvemos arriscar tudo como Bressan e o cara das câimbras, o Paulo Miranda. Também é proibido criticar André...

2 - Enfim, quero dizer que torcer é também exercer uma saudável crítica. Um clube não é como o regime da Coreia do Norte. Tem de ter racionalidade crítica. Por exemplo, tem de ter coragem para criticar o fato de enfrentarmos um jogo decisivo pela Libertadores e ter no banco Douglas e não relacionar Matheus Henrique e Jean Pierre.

3 - Também temos de ter condições de criticar a venda de jogadores que mais farão falta do que resolver problemas de finanças.

Eu não acho um bom negócio o dono do armazém vender a geladeira para pagar as contas. Em um primeiro momento resolve; em um segundo momento, pode ser um desastre.

4 – Também temos de criticar outra coisa que assola o RS: a ideologia do ´SINPOF´ (a sigla foi inventada por Ricardo Wortmann, viu Luiz Carlos Reche? Anota aí e não erra mais). ´SINPOF´ é sindicato do pontinho fora. Acaba com qualquer time.

Mas a imprensa gaúcha adora. Deveria ter aulas de matemática. Três empates dão no mesmo que um vitória e duas derrotas. Quem joga para empatar, perde. Os deuses do futebol assim determinam. O Inter foi vitimado pela IVI, que apostou nisso. Graças ao ´SINPOFISMO´, o Inter tem campanha de rebaixado no segundo turno.

5 – Não creio que a renovação de Jael, Bressan, Marcelo Oliveira seja boa notícia. Duda Kroeff festeja a renovação de Jael. Hum, hum. Pois é.

O Grêmio também necessita de um goleiro reserva melhor que Paulo Victor. E não dá para apostar em Douglas. Michel parece estar fora de ordem. Vive a SAA (Síndrome de Abstinência de Arthur). E se Everton for embora, o Grêmio sofrerá de SAE (Síndrome de Abstinência de Everton). Esperem e verão!

6. Vai chegar o momento em que haverá uma CPI sobre o envolvimento de empresários de jogadores com clubes. Aí tem muita coisa.

7. O PRAVDA da IVI Ipiranga mancheteou na semana passada: “O Inter retornou ao seu lugar”. Uau.

Se o Inter chegar a ser vice nacional, vai ter fechamento da Goethe. E vai ter volta olímpica. Essa IVI não tem jeito. Ah: quando estava vice, a IVI noticiou que o Inter receberia 10 milhões; agora baixou para terceiro e a manchete: Inter perdeu um milhão de dólares. Gostaríamos que a IVI também dissesse que o Grêmio está a três pontos do Inter e a quatro do segundo lugar, portanto, o Grêmio está a três pontos de receber 7 milhões e a 4 de receber 10.

Ou para o Grêmio isso não vale? IVI sendo IVI!

8. E não li nada escrito por Diori (da dupla ludosertaneja Diori-Diogo) e por Leandro B, no Pravda da Ipiranga, sobre o fiasco do Inter em termos de comportamento contra o Botafogo. Jogadores peitaram o arbitro, arriscando mais do que duas expulsões. Mas o árbitro foi temeroso. Do modo como foi xingado, empurrado e peitado, poderia ter expulsado cinco jogadores. O que é esse Rossi? E o juiz D´Alessandro? São os patrões do juiz? Mas, é claro, isso não é pauta para a IVI. Ah: isso de IVI não existe. Nada como ser seletivo na imprensa isenta!

PS - Enfim, a coluna Jus Azul está introspectiva. Preocupada como jogo contra o Flamengo. E com o ano que vem. Apreensivo com Bressan, Jael, Paulo Miranda, M.O., Marinho, André e quejandos.

Mas, calma, calma: sou base aliada! Apenas não sou chapa-branca...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Roberto Naime - Geólogo 21.11.18 | 10:34:30
No caso do renato, vai custar muito para o grêmio voltar a vencer...
Gilberto Cesar Vieira De Rezende - Servidor Federal Aposentado 20.11.18 | 23:07:22
O Jael me serve para grupo, o problema é querer que ele seja 9 titular... Ou mesmo reserva imediato.
A melhor decisão de fim de ano no Grêmio é decidir jogar a temporada 2019 com Luan de falso nove titular e seu reserva imediato seja sempre Tonny Anderson de falso nove reserva.
O Duda Kroeff só me sentir saudade do Odorico Roman, a maldita politicagem do clube também tem parte na frustração deste ano ao se trocar um diretor de futebol sério e dedicado como o Ico Roman pelo Banana Kroeff...
Banner publicitário

Mais artigos do autor

“Só o Grêmio como mandante perdeu” – é a ´flauta” da IVI do centro!

“Diori Vasconcelos é um poço de contradições. No pênalti marcado via VAR no Gre-Nal, ele disse que ´a imagem não pode estar parada, e por isso o VAR errou´. Mas no caso do impedimento do Cortez, domingo, somente se viu um peito projetado (as pernas estavam “legais”) com a imagem...exatamente parada”. 

Para compensar a dor da perda...

“No dia seguinte ao Gre-Nal que consagrou o Grêmio e Paulo Victor, era nítido o azedume dos membros da IVI. Eles criaram, então, a compensação: Nico López teria sido o melhor do campeonato. Essa imprensa isenta é antológica”.

A IVI e o três vezes iluminado! De Bo(n)a!

“Gustavo de Bona, narrador da Gaúcha. Molhou-se todo ao narrar o gol do “iluminado, iluminado, iluminado Guerrero. Não estou dizendo que o peruano é um caco. Estou falando do modo desproporcional com que a IVI trata dos assuntos de Inter e Grêmio”.