Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 11 de dezembro de 2018.
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Antes que o governo Temer acabe, o gaúcho Carlos Marun vai fazer uma “inspeção” no Líbano



Chargista Nani – NaniHumor.com

Imagem da Matéria

 Antes que acabe (1)

Com o perdão do circunlóquio, há vários meses o governo Temer está começando a acabar. Mas antes do “The End” definitivo, o porto-alegrense Carlos Marun, 58 de idade – notório líder da “tropa de choque” de Eduardo Cunha e Michel Temer (os três do MDB) – ainda vai tirar sua casquinha.

Marun está indo, na próxima semana, ao Líbano, em missão oficial, para - acreditem - inspecionar a força-tarefa marítima brasileira que, em missão de paz, está estacionada em Beirute.

A 20 dias do final do atual governo ainda dá tempo de desfrutar de primeira classe nos melhores aviões e receber interessantes diárias em dólares.

Mãe União promete ser generosa até o dia 31.

 Antes que acabe (2)

Na mesma linha da nota aí de cima, o Ministério dos Direitos Humanos do governo Temer está com os dias contados. Mas a ouvidora nacional de Direitos Humanos, Larissa Oliveira Rêgo, e a coordenadora-geral de Gestão do Disque Direitos Humanos, Laura Guedes de Souza, estão noutra.

Desde sábado (1º) realizam uma prosaica “visita técnica de prospecção” a órgãos europeus que executam serviços correlatos aos que exercem em Brasília.

Até o dia 9, a dupla estará em Lisboa e Viena. Naturalmente, com ônus aos cofres públicos.

E não se fala em economia da nação.

 Da filhinha para o papai

A deputada federal Clarissa Garotinho (PROS/RJ) apresentou um projeto de lei estabelecendo que aqueles que tiverem condenação criminal transitada em julgado - em que as penas forem substituídas por medidas restritivas de direitos, como a prestação de serviços comunitários - não perderão seus direitos políticos.

Mera, mas sutil, coincidência: o projeto foi apresentado logo que papai Anthony Garotinho, ex-governador carioca, começou a prestar serviços comunitários no Instituto de Psiquiatria da UFRJ, após ser condenado por calúnia contra o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares.(Proc. nº 0502038-31.2015.4.02.5101).

 Ressaca do mensalão

A defesa do publicitário Marcos Valério, apontado como operador do mensalão (aquele primeiro, do qual Lula “não sabia”) deu nova cartada no STF.

Um extrato da execução da pena, emitido pela Vara de Execuções Criminais de Contagem (MG), busca dar suporte à tese de que “o único envolvido no esquema ainda preso já deveria ter ido para o regime semiaberto”.

Em novembro, advogados do empresário fizeram pleito parecido – e não acolhido pelo ministro Luís Roberto Barroso - relator do caso.

 Vox populi

Magno Malta vai passar o Natal naquela Belém (não é a capital do Pará) onde nasceu Jesus. Na Palestina, Magno tentará assumir uma vaga de figurante no presépio original”.

O zagueiro Bressan, que está indo jogar futebol em Miami, recusou-se a receber da torcida gremista uma homenagem. Seria uma estátua a ser erigida junto aos escombros do Estádio Olímpico. Para a execução, Bressan teria que engolir três quilos de cimento”. (Das redes sociais)

 Justiça celestial

Morreu anteontem (5) o ex-executivo da Petrobras Paulo Roberto Buarque Carneiro, que era réu num esquema de propinas envolvendo a holandesa SBM e a estatal brasileira.

Buarque foi condenado pela Justiça Federal, em primeiro grau, a 24 anos, 10 meses e 20 dias de prisão, além de multa de 506 salários mínimos e a devolução de US$ 8.498.603,73.


Envie seu Comentário

Comentário
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Espaço Vital.

Se for advogado(a) ou estagiário (a), informe qual a sua Seccional da OAB e o número de sua inscrição.




Mensagem (Máximo 500 caracteres)
Não devem ser usadas palavras inteiras em maiúsculas

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Uma maneira expedita de responder as apelações: carimbar, carimbar...

 Ministro Carlos Marun vai passar o Dia do Marinheiro no Líbano...

 Michel Temer também vai viajar.

 Seu notebook pifou? Faça como a global Andréa Beltrão!

 Senado aprova o projeto que garante, aos advogados, o acesso a atos e documentos de processos judiciais eletrônicos, mesmo sem procuração específica.

 Chega ao STJ a primeira das ações cíveis que trata da queda do avião em que morreu Eduardo Campos.

 A OAS vai ser despejada em São Paulo.

Adivinhem a causa do fechamento de duas lojas de trajes finos masculinos

 Caiu o faturamento delas, porque 92% de seus clientes estão enrolados na Laja Jato.

 O borracheiro baiano que criou uma holding de R$ 580 milhões em sociedade com uma advogada

• Das redes sociais para o Brasil inteiro: “Sérgio Moro não saiu da justiça para fazer política; mas entrou na política para fazer justiça”.

• Os novos tempos de Toffoli no Encontro Nacional do Poder Judiciário: as cataratas de Foz do Iguaçu como panorama de fundo.

 O outono europeu é lindo: antes que Bolsonaro liquide com o Ministério dos Direitos Humanos, emissárias de Temer fazem “visitas técnicas de prospecção” em Lisboa e Viena.

 Um potim do livro “Jardim das Aflições”.

Pinto pequeno (o outro...) como tema central de uma condenação judicial da Oi Telefonia

  Imagine o leitor ser acordado por um telefonema na madrugada: “Sei que seu pinto é pequeno, e que você tem ejaculação precoce...

  Lula está sentindo falta das visitas íntimas.

 Ex-governador Anthony Garotinho trabalha na arrumação da biblioteca de um hospital psiquiátrico.

 Dia 1º de janeiro entra em vigor a norma ´RuaNeles´, que será a nova versão da Lei Rouanet.

  Dilma explica os descontos do Black Friday: “É 30% de 25%, ou 30% de 30%”...

  Conselheiro da OAB-RS decifra as promoções da Sexta-Feira Preta: “Com raríssimas exceções, é tudo pela metade do dobro do preço”.

  As regalias de alguns servidores do Congresso.

A cadeira “permanente” que era apenas temporária

 TJRS dá ganho de causa ao Grêmio, à OAS e à Karagounis Participações, em ação movida por um torcedor que era titular de uma cadeira no Estádio Olímpico.

• 503 ações para brecar divulgações políticas na internet.

 Indulto do colarinho de 2017 será julgado pelo STF na próxima semana.

 Advogada acha que o STF é “fofo”.

Menino de 8 anos filma o bullying que sofreu da professora

 Fatos ocorreram numa tradicional escola (católica) do Rio de Janeiro e serviram de prova para a procedência de ação por dano moral. Tribunal reconhece que, ao gravar, o infante estava pedindo socorro.

 As diferenças entre a “bíblia” de Lula e a de José Dirceu.

 Utilidades e inutilidades do presidente do Senado.

 Rei do ônibus gasta R$ 1 milhão na festa de 15 anos da neta.

 Os diferentes tipos de brasileiros que perderam o emprego.

 O impacto da diferença salarial entre homens e mulheres no Brasil. Elas tiveram 49 dias de trabalho não remunerado.

E Lula caiu como patinho...

  Quando a culpa é do estagiário...

  ´Quiz´ jurisdicional: “Quem proferiu a frase “Se continuar nesse tom, vamos ter problemas” ?

  PT lançará, nesta sexta, a campanha #voltaMoro #elaNão.

 Morar com criança antes da adoção não afasta direito à licença-paternidade.