Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira ,06 de dezembro de 2019.

De grosso calibre



Gerson Kauer

Imagem da Matéria

No prédio com vista para o Guaíba, as pessoas que ali trabalham são lidadoras do direito. Novembro de 2018, uma funcionária compra, pela internet, um vibrador para presentear uma amiga – colega de atividades – aniversariante nos próximos dias. Opta pela entrega do consistente mimo no próprio endereço de trabalho da homenageada – mas esquece que todo pacote que chega naquele prédio passa por raio-X.

Logo depois de a transportadora entregar o colorido pacote, o chefe da segurança é chamado pela encarregada das revisões de rotina:

- Chegou uma coisa estranha para a Doutora Fulana...

A caixa e seu conteúdo de grosso calibre viram assunto de troca de e-mails internos. A direção geral da casa convoca várias pessoas para uma reunião.

Em meio ao palpitômetro, um (a) dos (as) presentes – pretendendo revelar-se bem informado (a) - lembra ter lido que, no ano anterior, uma funcionária dos serviços gerais da TV Globo achara um vibrador num dos banheiros femininos da emissora, no Jardim Botânico, no Rio. E que, na semana seguinte, a serviçal dissera à coluna do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, que “já havia encontrado até camisinha nas faxinas, mas um... bilau de brinquedo fora a primeira vez”.

É dada, então, no prédio porto-alegrense, a palavra ao decano geral para opinar com base em sua respeitada trajetória de vida.

Formal, ele pondera que “a saliência anda em alta no país, tanto que o Sexy Hot registrou um crescimento de mais de 1.000% nas visualizações nos primeiros dez meses do ano, com quatro milhões de acessos e 174 mil horas assistidas na tevê a cabo”.

Quinze minutos depois a reunião termina, com uma conclusão quase filosófica do decano:

- Sempre temos que rever os nossos conceitos...

No dia seguinte, justo a data natalícia da homenageada, a encomenda chega intacta às mãos da destinatária.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Charge de Gerson Kauer

Generosidade de mãe

 

Generosidade de mãe

O advogado gaúcho jubilado, já setentão, e sua esposa, pouco mais de 60 de idade, viajam ao Rio de Janeiro para visitar o filho (que se prepara a concurso para ingresso no MP), a nora e o neto. E na confusa capital carioca passam três noites no apertado apartamento.

Charge de Gerson Kauer

O amor é cego?

 

O amor é cego?

A primeira audiência você nunca esquece! A surpresa do novel juiz, na tarde inaugural de suas audiências na comarca. Por que, afinal, o homem de 45 de idade, trocou a esposa de 43 por uma idosa muito feia, 17 anos a mais de idade. A escrivã contou o importante detalhe que não estava nos autos.

Charge de Gerson Kauer

O inédito e imparcial sorteio

 

O inédito e imparcial sorteio

Como houve um impasse – aparentemente insolúvel - entre os irmãos Mário e Maria, o juiz decidiu que a solução seria um sorteio. Os interessados concordaram. A escrivã trouxe uma caixa e colocou os papeluchos. Coube ao estagiário, de olhos fechados, meter a mão e... 

Charge de Gerson Kauer

Serviços (in) eficientes de cama

 

Serviços (in) eficientes de cama

Depois do ajuste verbal, a extensão do programa sexual combinado não atende à expectativa do fazendeiro. Ele resolve então sustar o cheque que, antecipadamente, fora entregue à percanta. A questão foi parar no Juizado Especial Cível. Acompanhe a evolução e conheça o desfecho.

Charge de Gerson Kauer

A piscada do juiz

 

A piscada do juiz

A surpresa durante a audiência de uma ação de usucapião. Ao final do depoimento pessoal do réu, o magistrado piscou-lhe o olho e disse: “O senhor pode sair”. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.