Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 13 de agosto de 2019.
https://espacovital.com.br/images/jus_azul_caricatura_2.jpg

A IVI e o três vezes iluminado! De Bo(n)a!



Arte de Camila Adamoli sobre caricatura de ATV Peru

Imagem da Matéria

Um sujeito ganha de presente um parafuso e um pedal de bicicleta; o outro ganha uma linda bicicleta. O primeiro é um colorado; o segundo, um gremista. Como a IVI – Imprensa Vermelha Isentíssima – narraria o episódio? Em especial, como De Bona narraria?

Ele diria: “O colorado é iluminado, iluminado, iluminado; nenhuma corrida de bicicleta daqui para a frente será páreo para ele”.

E, olhando para a flamante bicicleta Tri-Libertadores, o cara, de bo(n)a, como membro da IVI, narraria: “Pobre, pobre, pobre do gremista. Quebrará as pernas, as pernas, as pernas e os dentes, e os dentes, e os dentes... na primeira curva. Que infelicidade ganhar essa bicicleta”...

Não estou dizendo que Guerrero é um caco. Estou falando do modo desproporcional com que a IVI trata dos assuntos de Inter e Grêmio. A caricatura acima sobre a narração é para mostrar a relação da IVI com o Grêmio. Sempre, a todo momento, cria crises para o Grêmio. Os piores jogadores do Grêmio são elogiados pela IVI.

Tanto é que já um standard de prova que inventei e que está sendo usado: se o jogador do Grêmio foi incensado pela IVI, vende. Dá de graça. Vai dar errado. Se a IVI cair de pau, escala. Vai dar certo.

E Pedro Ernesto se superou. Disse que o presidente do Inter arriscou perder R$ 20 milhões na negociação de Paolo Guerrero. E agora iluminou todo o Beira-Rio. Ué? Mas não disseram que o negócio era “de grátis”, de ocasião? Cartas para a Jus Azul.

Mas, de boa, a gauchada do ano é de Gustavo de Bona, narrador da Gaúcha. Molhou-se todo ao narrar o gol do “iluminado, iluminado, iluminado Guerrero”. Poxa. Parecia final de Copa. Marcelo: De bo(n)a, aqui entre nós, não exagera tanto assim. Olha que a rapaziada está dizendo que a IVI está saindo dos limites.

Minha pergunta, de boa, ao De Bona: Como você narrará um eventual gol do Luminura3 em uma eventual final? Não gaste sua paixão assim, em um golzinho comum e contra o Caxias.

Lembro de uma historinha de Santa Cruz do Sul. O jovem narrador da rádio veio entregar a pauta do programa para o diretor da Rádio Gazeta. O jogo era Trombudo x Formosa, da liga municipal. E ele colocou na manchete: “Trombudo e Formosa, domingo, à tarde, 16h., no Estádio dos Cinamomos: agora é tudo ou nada!

E o diretor, experiente, lhe disse: “Menos, Marcelinho. O que você colocará como manchete quando Grêmio ou Inter jogarem contra a dupla Ave-Cruz?”.

Pois é assim. De bo(n)a.

Iluminado. Iluminado. Iluminado. A conta da luz pode ficar alta, pois não?

POST SCRIPTUM

Depois dizem que “isso de IVI não existe”. Basta ver Leonardo Papoula falando do River que empatou com o Inter. Disse que por detrás daquela camisa esquisita, estava o gigante que demoliu (sic) o Boca em Madrid.

Advertido provavelmente por algum colega, Papoula reescreveu: “É bem verdade que havia só cinco remanescentes daquele time do dia 9 de dezembro”. Mas a manchete estava dada. Permito-me imitar o De Bona: IVI, IVI, IVI!

_________________________________________________________________________________________________________________________
Siga o Espaço Vital no Facebook !

Estamos com perfil novo no Facebook, mais atuante e sempre levando as notícias do meio jurídico, humor e crítica. Aquele anterior perfil a que o leitor se acostumou até 2018, não mais está ativo. Interaja conosco no novo local certo. Siga-nos!

Este é o novo perfil do Espaço Vital nos Facebook: clique aqui


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor