Ir para o conteúdo principal

Edição de terça-feira , 21 de maio de 2019.
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Não desista de fazer sua sustentação oral !



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

  Sustentação oral convincente

Durante uma das fugidas para o cafezinho, em meio à verborrágica reunião do Conselho Pleno da OAB-RS, sexta-feira passada, um ativo advogado mereceu especial atenção dos colegas. Ele contava em detalhes que, “pela proficiência da minha sustentação oral, consegui reverter um resultado que se previa desfavorável ao meu cliente”.

Passo seguinte, narrou que “os três desembargadores prestaram especial atenção a tudo o que eu dizia”.

Informou que, parodiando os melhores tempos do ex-presidente Lula, o presidente do colegiado chegara a evocar que “nunca antes na história desta câmara aqui se ouviu sustentação tão convincente”.

Acrescentou que até o relator se levantara “para me estender a mão em cumprimentos pelas minhas esclarecedoras palavras”. E estimulou os colegas de profissão a que “nunca deixem de fazer uso da prerrogativa de sustentar oralmente”.

Logo surgiram indagações.

“Quem foram os doutos magistrados capazes de tamanhas demonstrações de consideração com a advocacia”? – perguntou um dos mais antigos conselheiros da Casa.

O advogado falastrão puxou fôlego, fez uma pausa absorta de cinco segundos e afinal concluiu:

- Não sei de nada mais, pois era um sonho meu... e logo acabou.

A roda terminou com fragorosos sorrisos. Desfez-se logo a utópica sensação de que estava nascendo uma eventual mudança de comportamento jurisdicional.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

Lula está apaixonado e planeja casar

•  Revelação foi feita por Luiz Carlos Bresser Pereira, ex-ministro de FHC. A eleita é uma paulista, 40 de idade.

•  Gilmar garante a executivo da Vale direito ao silêncio em CPI sobre Brumadinho.

•  Promotores rebatem estudo da OAB contra prisão em segunda instância.

•  TJ de Pernambuco anuncia o “divórcio impositivo”.

Um novo round no enfrentamento entre OAB-RS e o juiz Guilherme da Rocha Zambrano

• Sentença proferida pela juíza federal Paula Beck Bohn condena a Ordem gaúcha a pagar R$ 10 mil ao magistrado.

 Decisão anterior do juiz federal Francisco Donizete Gomes atribuiu segredo de justiça ao feito.

 Editora Abril condenada por veiculação de anúncio sobre “sexo selvagem”.

 Certezas e dúvidas de Dilma Rousseff sobre jogos da Libertadores da América.

 Gata pode ficar em apartamento residencial, se não incomodar os vizinhos do prédio.

As contagens de Sérgio Moro: o tempo até chegar ao STF e a expansão dos seus cabelos brancos

 O ex-juiz federal está a 17 meses e meio de distância temporal da Suprema Corte. Enquanto isso, seus cabelos brancos já estão chegando.

 As quatro justificativas para que a lagosta passe a ser o novo símbolo do STF.

 Michel Temer compara a sua cela paulistana com o cárcere de Lula, em Curitiba.

 O primeiro emprego formal para o jovem brasileiro só chega, em média, aos 28 anos e seis meses de idade.

• Romero Jucá não para: ele se prepara para prestar consultoria à Confederação Nacional de Comércio.

• Ameaças de morte na Faculdade de Direito de Brasília.

 Azul faz nova oferta pela Avianca (que tem R$ 3 bilhões de dívidas).

Os 25 livros lidos por Lula que podem ajudar na progressão da pena

   São: “Grande Sertão: Veredas”, de João Guimarães Rosa; “A Virtude da Raiva”, de Arun Gandhi; “O Alufá Rufino”, de João José Rei.

E mais outros 22.

   Mas a “rádio-corredor” da OAB do Paraná sugere que o ex-presidente seja submetido a uma prova objetiva com 100 perguntas, nos mesmos moldes do Exame de Ordem.

A surpresa no cardápio da gastronomia oficial do STF

As críticas das redes populares sobre as mesas fartas de comes e bebes pretendidas pela presidência do Supremo.

 Decisão judicial apelidada de “moqueca jurídica salgada” suspende a “farra das lagostas”.

• A maldição da camiseta 22 no Grêmio.

 De novo, a American Airlines espezinha clientes brasileiros.

 Nos Correios, um chefe para cada dois servidores.

Sucatas aéreas nos céus brasileiros – como já disse o ex-prefeito José Fortunati

 Antes do voo direto do Rio para os EUA, um ´chá-de-banco´ que durou compulsórias 14 horas. Com um prêmio de consolação: um voucher de 12 dólares para que os passageiros que perderam as conexões pudessem pagar o jantar e o café da manhã...

  A grande empresa estadunidense que tem a maior frota do mundo (1.579 aeronaves), trata passageiros brasileiros como se fossem índios tupiniquins.

  Entrementes, o STF abre a licitação para a farra das lagostas.