Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira, 30 de junho de 2020.

“Quero comer filé”



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Por Carlos Alberto Bencke, advogado (OAB-RS nº 7.968)

O juiz abre a audiência de conciliação – Rudolph de um lado, Meslena de outro – e pergunta: “Vocês mantêm o pedido de divórcio?”

- Eu nem queria, mas ele quer – diz Meslena, apontando para Rudolph. Tudo porque saio às quartas e vou no baile com as amigas e depois durmo na casa delas para não incomodar o sono dele...

Meslena não é nenhum modelo de beleza. Pelo contrário. Cabelos com a raiz esbranquiçada e o resto loiro palha; pernas cambotas; jeito resoluto, apesar da baixa estatura.

Rudolph, bem mais velho, jeito de mecânico, cheirando a graxa patente, óculos de lentes grosas, caladão. E calado fica na audiência.

O juiz anuncia: “Vou decretar o divórcio de vocês!”

Rudolph então surpreende: “Doutor, me desculpe, mas não quero mais me divorciar. Pensei melhor”.

O advogado dele, surpreso, faz a pergunta que não deveria ter feito: “Por que, seu Rudolph?”

O suposto divorciando fala com toda a franqueza:

- Estou velho, não vou conseguir mais uma companheira como ela. Prefiro comer filé com os outros do que carne de pescoço sozinho.

A rádio-corredor forense informou, atualizadamente, na semana passada: “Os dois vivem felizes. Ela continua saindo às quartas, mas volta de madrugada para dormir em casa. E segue servindo filé no almoço e no jantar”...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Notícias Relacionadas

Charge de Gerson Kauer

Goles odoríficos, mas encorajadores

 

Goles odoríficos, mas encorajadores

Na manhã fria, o respeitoso cidadão adentra na sala de audiências, para depor como testemunha. O atilado juiz logo percebe o cheiro específico de recente ingestão de cachaça e, com voz firme, questiona: “O senhor ingeriu bebida alcoólica antes de vir aqui?”

Charge de Gerson Kauer

O juiz não internado

 

O juiz não internado

Na sala de audiências, dia canicular - terno e gravata dispensados - o magistrado confere as decisões que o estagiário e o assessor, também ali presentes, haviam minutado. De repente adentra um estagiário de terno slim, jovial, que vai logo destrinchando prolegômenos, vênias e juridiquês,  etc., como se fosse o advogado da causa...

Charge de Gerson Kauer

Corona no coroa

 

Corona no coroa

A odisseia de quatro pessoas em pequena cidade do interior. A quarentena de um médico alcançado pelo coronavírus. E uma troca de casais como solução, depois da descoberta de um quentíssimo adultério. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.

Charge de Gerson Kauer

Saudosas postagens no Instagram

 

Saudosas postagens no Instagram

Depois de um casamento feliz por oito anos, Renato e Renata se desavieram. E se divorciaram consensualmente. Meses depois um litígio judicial, entre ambos, por causa das fotos dela, que ele postava em seu Instagram. 

Charge de Gerson Kauer

Uma correntista linda, simpática, atraente

 

Uma correntista linda, simpática, atraente

Convocada pelo banco para atualizar seus dados cadastrais, a cliente com 26 de idade comparece prestativa. Formulários preenchidos, tudo ok, despedidas, etc. À noite ela recebe um torpedo no celular: “Lembra que te atendi hoje? Eu te achei linda e simpática, e fiquei interessado em ficar contigo. E, quem sabe, pode até rolar um sexo bom... Há possibilidades? Beijo’’.

Charge de Gerson Kauer

A justificada parcialidade do juiz

 

A justificada parcialidade do juiz

Um pênalti incomum cometido por um zagueiro. Gol da equipe adversária e fim do sonho de estar na elite do futebol gaúcho. Depois da partida, na entrada do vestiário, o goleiro agride seu companheiro de time. No juízo criminal, o magistrado decide com pleno e pessoal conhecimento da causa e absolve o acusado. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.