Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, 20.2.2020.
Próxima edição na quinta-feira 27
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Não diga mais Holanda para se referir à nação. Fale Países Baixos, ou The Netherlands



Visual Hunt

Imagem da Matéria

Durante dezenas de anos, o governo holandês usou as denominações Holanda (Holland) e Países Baixos (the Netherlands), indiferentemente para designar o país conhecido por seus campos de tulipas e moinhos de vento. Mas desde 1º de janeiro, todas as comunicações oficiais do governo e o material promocional passaram a usar Países Baixos (The Netherlands) como nome do país.

O governo dali trabalhou um ano e meio em uma campanha para a mudança do nome destinada a melhorar a imagem do país diante da crescente competição internacional. O Ministério do Exterior realizou uma grande pesquisa que concluiu que “a nossa imagem internacional esbarra em algumas dificuldades”. Entre as constatações a de que um grande número de pessoas, no mundo todo, não sabiam que The Netherlands e Holanda eram a mesma nação.

Definitivamente agora chamada de The Netherlands (Países Baixos), a nação consiste de 12 províncias, duas das quais - Noord (Norte) Holland e Zuid (Sul) Holland - constituem a Holanda.

Amsterdã, que é visitada por cerca de 19 milhões de viajantes anualmente, e Keukenhof, um dos maiores viveiros de flores do mundo, uma atração popular, se localizam na região da Holanda.

Os Países Baixos são uma monarquia constitucional parlamentar democrática banhada pelo mar do Norte a norte e a oeste, que faz fronteira com a Bélgica a sul, e com a Alemanha a leste. A capital é Amsterdã (português brasileiro) e a sede do governo é a cidade da Haia.

Geograficamente, os Países Baixos são um país de baixa altitude, com cerca de 27% de sua área e 60% de sua população situados abaixo do nível do mar.

Os Países Baixos são um país densamente povoado que é conhecido por seus moinhos de vento, tulipas, tamancos, cerâmica, queijo gouda, artistas visuais, bicicletas e pela tolerância social do povo. Esta se tornou conhecida por sua política liberal em relação às drogas, prostituição, eutanásia e aborto.

É um dos países com melhor qualidade de vida do mundo, fator pelo qual possui um dos melhores Índices de desenvolvimento humano da Europa e do mundo, segmentado em sua forte política de assistência social e direitos essenciais, como educação, saúde e segurança de qualidade, garantidos em nível máximo a seus habitantes.

O país possui uma das economias capitalistas mais livres do mundo — 13ª posição entre 180 países de acordo com o Índice de Liberdade Econômica em 2019.

A primeira evidência do uso de rodas no mundo aponta para o país, na era antes de Cristo.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação, clicando aqui.

Comentários

Banner publicitário

Mais artigos do autor

´Os Poderes precisam ter uma pauta única´- afirma o novo presidente do TJRS

Em entrevista a Fernanda Crancio, do Jornal do Comércio, o desembargador Voltaire de Lima Moraes pontua que “os Três Poderes devem verificar, em conjunto, o que cada um pode fazer para melhorar”. E também comenta sobre pesquisa divulgada em janeiro que mostrou o declínio da imagem do Judiciário entre a população.

Camera Press

“A vida da mulher vale nada”

 

“A vida da mulher vale nada”

• Aos 57 de idade, Luiza Brunet conta sobre assédios sofridos: “No Brasil, o agressor só é preso se comete feminicídio”.

•  Rejeitada a denúncia contra a mulher de um detento que tentara ingressar no presídio com um celular no interior da cavidade vaginal.

•  Condenação de rede de lojas: gerente costumava abraçar, beijar e beliscar as funcionárias.

•  Geddel cumpriu 29 meses de prisão e já vai para o semiaberto. A pena é de 10 anos e 4 meses...

Metropoles.com

Fernando Haddad e o PT condenados a indenizar a cantora Paula Toller

 

Fernando Haddad e o PT condenados a indenizar a cantora Paula Toller

· Na campanha às eleições de outubro de 2018, o uso indevido da imagem dela e de versos da música “Pintura Íntima”.
· “Por que no te callas? ” do rei Juan Carlos, da Espanha. O que tem a ver com a fala de Toffoli de que a Lava-Jato quebrou muitas empresas.
· STF suspende a proibição ao livro sobre a vida de Suzana von Richtofen.
· Governo quer criar imposto sobre transações financeiras digitais.

Versos de José Augusto e Paulo Sérgio Valle – Arte de Camila Adamoli – Foto de Visual Hunt

Evidências em Brasília: o romance entre ministra de tribunal superior e ex-deputado

 

Evidências em Brasília: o romance entre ministra de tribunal superior e ex-deputado

•  Uma “rádio-corredor” chegou a repercutir versos contidos num cartão que acompanhou flores: “Eu tenho medo de te dar meu coração / E confessar que eu estou em tuas mãos / Mas não posso imaginar o que vai ser de mim / Se eu te perder um dia”.

•  Advogado é cassado por envolvimento com a corrupção. Mas foi no Rio de Janeiro...

•  A sorte de Eike Batista numa ação contra ele nos EUA. Juiz de Miami decidiu que a demanda só pode prosperar no Brasil.