Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira,
03 de abril de 2020.
https://espacovital.com.br/images/jusazul.jpg

A vida difícil dos jovens no Grêmio



Arte EV sobre foto de Lucas Uebel

Imagem da Matéria

Dois assuntos hoje. O primeiro é a morte de Espinosa. Grande perda. Nosso técnico campeão do Mundo, título que a IVI – imprensa vermelha isenta – insiste em não reconhecer.

Pois a FIFA lamenta a morte de Espinosa, o grande técnico campeão do Mundo pelo Grêmio. Mas para a IVI, isso não é bem assim... A IVI sabe muito....

Mas isso de IVI não ec-xiste. Até os chapas brancas do Grêmio acham que “isso de IVI é uma bobagem”. Pois é. Basta ver a extrema excitação para com a Pré-Libertadores, que já era Libertadores sem o Pré. A IVI sempre dá um jeito. Cada partida do Inter é “do século”, “do ano”, “tudo ou nada”.

E, segundo a IVI, o primeiro Gre-Nal da Libertadores só se realizará graças à classificação do Inter. Ah, bom. O fato de o Grêmio já estar aí, esperando, não merece registro.

O segundo assunto é a vida difícil dos jovens no Grêmio. A titularidade do Pepê, por exemplo. Parece um favor quando colocam o menino. Para quem lembra do Arthur, nada surpreende. Ronaldinho Gaúcho foi banco. Anderson também.

O Grêmio tem uma política de adoração pelos (mais) velhos e reconhecimento tardio dos jovens.

Por exemplo, o caso Ferreirinha: o Grêmio não tem pudor em pagar 900 mil para um ex-jogador como Tardelli e faz pouco caso e se nega a pagar – não sei quanto, mas não deve ser tanto assim – ao Ferreirinha.

O menino está errado? Pode ser que sim. Alguém já mostrou que o Marcelo Hermes errou feio se comportando desse modo. Mas, por favor, deixar Ferreirinha ir embora, assim?

Para anotar: Vinicius Jr foi vendido, pelo Flamengo, para a Europa com 17 anos. O Grêmio não consegue vender Everton porque já está “velho”. Que tal? Vida difícil dos jovens no Grêmio.

A política de bruxismo sempre é deletéria. Vai e vem, acaba estourando, porque os mais velhos cansam mais, machucam-se mais facilmente. E os garotos acabam entrando na exceção. Enfim, apenas registro temores e anseios de parcela de torcedores.

Por fim, um terceiro assunto, “meio ad hoc”: pode ficar perigosa a situação da dupla na Copa Libertadores... se os dois jogarem à moda Texas, retrancados e empatarem os dois jogos. Podem dar sopa para o azar. Só para registrar.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Arte EV sobre foto Visual Hunt

Faltou vontade ao Grêmio

 

Faltou vontade ao Grêmio

“Jogar no time gremista é - ou parece ser - algo como uma colônia de férias. Aqui mesmo no Jus Azul já pedi ao Papai Noel que proibisse Renato de fazer ´rachão´ e que pusesse a rapaziada a treinar. Como o Jesus faz no Rio de Janeiro”.