Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira, 26 de maio de 2020.
https://espacovital.com.br/images/fechamento.jpg

Assédio sexual contínuo no Fórum de Soledade contra estagiária de 16 anos



Foto Freeepik - imagem meramente ilustrativa

Imagem da Matéria

A foto de uma ocorrência policial (registrada sob nº 793, às 16h11 do dia 27 de fevereiro deste ano) e diversos comentários ligados à imagem estão circulando por dezenas de grupos de WhatsApp do município de Soledade (RS), esta semana. No registro, um servidor municipal, maior de idade, é referido como assediador de uma adolescente de 16 anos, durante as jornadas de trabalho de ambos no fórum da comarca.

O acusado estava com cessão temporária ao Poder Judiciário local.

No documento de registro policial efetuado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Soledade, os pais da adolescente relataram os fatos e as coações que ela teria sofrido. O saite da Rádio Cristal, local, informou que - conforme a ocorrência policial - a jovem “estaria sendo assediada sexualmente pelo servidor praticamente todos os dias, desde seu ingresso no fórum no final de 2019”. Mesmo com as reações dela, as ofensivas teriam continuado.

Como atitudes de assédio registradas estão “a colocação de mão na adolescente, em sua cintura, nas nádegas, encostando-a no balcão - ´coxando-a´- além de algumas vezes cheirar o pescoço dela”.

O histórico do registro afirma que a jovem teria sido advertida pelo assediador a não denunciar, pois “ninguém iria acreditar na palavra de uma estagiária”.

Outros detalhes

  Repórteres da Rádio Cristal entraram em contato com o prefeito de Soledade, Paulo Cattaneo, que afirmou que o servidor em questão, que estava cedido ao Poder Judiciário, foi devolvido, mas que “não há ligação com o registro desta ocorrência”.

 O prefeito afirmou que apenas recebeu um documento de devolução do servidor, assinado pelo do juiz diretor do Fórum de Soledade, José Pedro Guimarães, sem outros detalhes.

 A emissora tentou contato com o magistrado Guimarães. Foram feitas seis tentativas , sem sucesso, nem retorno.

 O caso ainda está sendo investigado na fase policial e por se tratar de envolvimento de menor de idade, a Polícia Civil não deverá se manifestar no momento. O Ministério Público local acompanha.

Leia a íntegra da notícia diretamente no saite da Rádio Cristal


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

A CEF executa a OAS por dívida de R$ 44 milhões relativa à Arena do Grêmio

• O embrulho terá um componente extra: a empreiteira ao receber o financiamento deu em garantia a praça de esportes, o que estava vedado no contrato firmado com o clube gaúcho.

• STF arquiva notícia-crime formulada por seis partidos contra Bolsonaro.

• Juizado do Torcedor fulmina ação que pretendia interferência no V A R.

• Inconstitucionalidade declarada pelo STF de leis gaúchas sobre os depósitos judiciais.

Revogada liminar que soltaria todos os presos idosos no Rio

• Decisão agora cassada tinha sido proferida por desembargador plantonista do TJ-RJ.

• STF reconhece direito de Estados sobre política de isolamento

• Negado pedido do MPF para Bolsonaro defendesse o isolamento no Twitter