Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira,
03 de abril de 2020.
https://espacovital.com.br/images/on_off_2.jpg

Home office mode ON!



Visual Hunt

Imagem da Matéria

Em tempos de Coronavírus - e sendo imperioso lembrar a todos para FICAR EM CASA! - surge a tecnologia como aliada a outras regras de gestão para que possamos aproveitar ao máximo esta estadia dentro dos nossos lares, com produtividade inclusive, com sanidade mental também!

Colaciono algumas dicas práticas e úteis no dia a dia com ferramentas de tecnologia para que possam refletir e aplicar no seu Home Office:

1. Troque de roupa

A tentação de ficar em casa de pijama é grande; entretanto, para a sua mente se transformar é essencial trocar de roupa e vestir-se de forma mais adequada/formal (não precisa colocar o terno, ou o vestido elegante...)

2. Busque local mais isolado e em silêncio

Mesmo sendo difícil quando se tem filhos e/ou locais menores, para trabalhar procure estar num cômodo diferente do seu quarto ou sala, visando que - após terminar o seu ofício - possa sair deste local e transformar de novo em casa (como se aquele local significasse o lugar de trabalho).

3. Estabeleça horários

Só porque está em casa não significa que pode trabalhar apenas uma hora por dia. Não estamos de férias!

Estamos aprendendo a lidar com outra forma de trabalho que não a forma tradicional. Então, estabelecendo horários teremos uma realidade de não virar a nossa vida em apenas trabalho ou menos trabalho do que deveríamos, pois nos sentirmos úteis é importante para nosso desenvolvimento pessoal, inclusive.

4. Tenha internet, backups e aplicativos à disposição

Se a sua organização colocou você a trabalho em home office, provavelmente você já está usando as ferramentas que a empresa tem, mas, muitos são autônomos, as vezes singulares e estão perdidos em como se comunicar com clientes, parceiros e outros. Algumas dicas práticas para reuniões on line:

- Zoom.us - Ferramenta on line ou aplicativo para reuniões.

- Google Meet - Integrado à agenda do Google, antigamente se chama de Hangouts.

- Whereby - Salas virtuais para até quatro pessoas.

Lembre-se de ter seus arquivos na nuvem (Dropbox, Google Drive/File Stream, OneDrive, etc) e salvá-los adequadamente.

Use o seu software para lançar as informações, atendimentos, registros. Depois da quarentena, você precisará de tudo facilmente localizado. E sem sistema ou armazenamento, quando os prazos voltarem e a vida retornar ao normal, você estará ainda num caos.

Além disto, é essencial antes de começar a trabalhar, ter ao seu alcance água, blocos de anotações, arquivos de modelos, enfim todo material para trabalhar, além daquele café ou chá amigo para aguçar a nossa reflexão!

5. Evite distrações

As maiores tentações e os problemas de se trabalhar em casa são as distrações.

E neste momento, em que toda a família está dentro de casa, as distrações são maiores ainda!

6. Organização horária

Estabeleça um horário de trabalho e cumpra. Mais do que isto, comece uma tarefa e termine a mesma para depois pensar num descanso.

Utilize técnicas como a pomodoro, onde se trabalha por 25 minutos e descanse alguns instantes e siga novamente… Entretanto, se não finalizou dentro dos 25 minutos, termine a tarefa primeiro.

Enfim, chegou o momento de ser disruptivo no trabalho: quebrar os paradigmas do tradicional e se reinventar.

Depois de tudo isto, teremos muito trabalho para reconstruir o mercado, economia e nossas vidas. Entretanto, se pudermos sair disto com vida, organizados e com mais aprendizado, terá sido de alguma valia todo o confinamento.

FIQUE EM CASA!

USE A TECNOLOGIA!

TENHA EMPATIA!

#FicaaDica

>>>>>>>>>>

Coloco o meu endereço de e-mail à disposição dos leitores. Comentários, sugestões etc. serão bem-vindos: gustavo@gustavorocha.com


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Camera Press

Direito ao esquecimento

 

Direito ao esquecimento

“O WhatsApp lançou recentemente fora do Brasil (breve deve chegar por aqui) uma atualização que dará ao usuário a possibilidade de escolher se a mensagem recebida ou enviada permanece no aparelho, backups, etc. por 1 dia, 1 mês ou 1 ano, ou indefinidamente”.