Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
https://espacovital.com.br/images/routine_italiana.jpg

Os efeitos colaterais do coronavírus



Euronews PT/ Imagens

Imagem da Matéria

O Papa Francisco celebrou, na sexta-feira (27), a bênção extraordinária Urbi et Orbi na Praça de São Pedro, vazia.

A Itália continua sendo o país com o maior número de mortos por coronavírus: 10.779. Neste último final de semana, superamos o triste número de 900 mortes em apenas um dia. Mas o coronavírus, além dos óbitos, está provocando outros efeitos colaterais: o país está parado há mais de um mês.

São escolas fechadas, empresas, pequenos negócios familiares, muitos trabalhadores autônomos, artesãos, empregadas domésticas, sem a possibilidade de trabalhar. A camada mais vulnerável da população começa a sofrer os efeitos econômicos da quarentena.

Outros efeitos sociais começam a surgir. Em Palermo um supermercado foi invadido por um grupo de pessoas que tentou fugir com os alimentos. Desde então, segundo o jornal “La Repubblica”, os hipermercados da cidade estão sendo vigiados por policiais e militares.

O Papa Francisco, um dia depois da missa realizada na Piazza San Pietro, deserta, durante a missa do último sábado, na Capela Santa Maria, voltou a falar da pandemia: “Uma das consequências é a fome. Começamos a ver pessoas famintas, porque não podem trabalhar; (...) é o que ocorrerá depois da pandemia, mas já está começando agora”.

O jornal “Il Corriere della Sera” trouxe alguns dados a esse respeito: eram 2,7 milhões de pessoas na Itália, que já recebiam ajuda para comprar alimentos, antes mesmo da pandemia; utilizando restaurantes populares, onde refeições são servidas gratuitamente ou recebendo alimentos para sua subsistência.

Com a pandemia, essa situação está se agravando, pois além desses 2,7 milhões, muitos outros trabalhadores, necessitarão de auxílio econômico, para poder se alimentar.

Enfim, depois de um fim-de-semana triste, entramos numa semana triste. Na próxima sexta-feira (3), aqui no Espaço Vital, vou falar sobre o novo “Decreto Legge Cura Italia”, com as medidas de auxílio de caráter econômico para as famílias com dificuldades.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Visual Hunt

Coronavírus – Por que tantos casos na Itália?

 

Coronavírus – Por que tantos casos na Itália?

As teorias do porquê o país está liderando o triste recorde: alguns dizem que é porque se trata de uma nação com muitos idosos; outros afirmam que os jovens ficam morando com os pais anciãos até muito tarde e trazendo o contágio das ruas para casa; outros dizem ainda que é porque as regiões mais atingidas são zonas industriais, onde o nível de poluição é muito alto”.