Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS),sexta-feira, 29 de maio de 2020.
https://espacovital.com.br/images/123ver.jpg

Charge de jornal dinamarquês sobre coronavírus irrita a China



Reprodução do Twitter

Imagem da Matéria

Sátira, ira, desculpa, etc.

O jornal dinamarquês "Jyllands Posten" se negou a pedir desculpas à China pela publicação de uma charge do coronavírus, o que provocou a ira da embaixada da China em Copenhague, capital da Dinamarca.

Publicada pelo jornal escandinavo numa das páginas sobre a pandemia, a charge assinada por Niels Bo Bojesen mostra uma bandeira chinesa e, no lugar das tradicionais estrelas amarelas na parte superior esquerda, há desenhos do novo coronavírus.

Em sua página on-line, a embaixada da China na Dinamarca classificou a charge de "insulto à China, que fere o povo chinês".

Segundo as autoridades chinesas em Copenhague, o desenho superou o "limite ético da liberdade de expressão". A embaixada exigiu do jornal e de seu cartunista "uma desculpa pública ao povo chinês".

"Não podemos nos desculpar por algo que achamos não estar errado. Não temos a intenção de humilhar, nem de brincar, e não acreditamos que o desenho tenha", declarou o editor do jornal, Jacob Nybroe,

Esta não foi a primeira polêmica do Jylland Posten. Em 2005, o jornal deflagrou uma onda de protestos violentos no mundo árabe, após a publicação de charges sobre Maomé.

Para acessar o jornal dinamarquês, clique aqui.

Sensatamente

Reclamar do jornal da Dinamarca, porque teria publicado que o coronavírus é um bicho chinês é idiotice. A charge não afirmou isso.

A charge é uma moda na imprensa moderna. É um desenho caricatural com ou sem legenda, publicado em jornal, revista ou afim, - e que também alegra e/ou critica nas páginas do Espaço Vital. Habitualmente se refere a fatos atuais ou a personalidades públicas (geralmente ligadas à política) e os satiriza ou critica ironicamente.

No Espaço Vital usa-se muito a tartaruga como figura típica à lentidão da justiça. Mas pode também ser uma cena de alcova virtual, como sintetizam os traços e as cores de Gerson Kauer, no Romance Forense de hoje.

É verdade que o vírus surgiu primeiro na China, em Wuhan, no final de dezembro - mas a responsabilidade, certamente, não é só daquela nação. Com sua rota de causar mal, estresse, torpor, fechamentos, desemprego, crise etc., o vírus é o resultado dos nossos maus tratos à Natureza (entendendo essa palavra como tudo aquilo que, no planeta Terra, não seja humano.

Como apropriadamente escreveu ontem (30), em O Globo, o colunista Cacá Diegues...

...”É preciso descobrir em que estamos errando tanto em nossas relações com a Natureza. Precisamos ouvir ecologistas, filósofos, cientistas em geral, para evitar nossos assaltos à natureza da Natureza, que acabam por fazer dela uma inimiga feroz. Não se pode tratar esse assunto com palpites e mentiras, como fazem alguns de nossos líderes. A ciência anda sendo menosprezada no mundo e, sobretudo no Brasil, temos preferido lances e toques, criacionismos e terraplanismos, ideias de políticos que só pensam na ilusão dos outros e no sossego deles”.

O crime compensa!...

Entendidos em formalização de delação premiada detalham que, pelo acordo que Eike Batista fechou com a Procuradoria-Geral da República, o recolhimento, à nova moradia, do “ex-mais rico empresário do Brasil”, só terá “efeitos residenciais” em 2021.

O endereço será o mesmo de Sérgio Cabral: Bangu 8. Com prazo definido: exatamente um ano.

Depois Eike permancerá em prisão domiciliar por 12 meses. E, ao fim, cumprirá dois anos em regime semiaberto.

O crime compensa!

Além disso, Eike pagará multa penal de R$ 800 milhões. Nos próximos dias já vai desembolsar R$ 116 milhões. Os restantes R$ 684 mil serão parcelados.

Imaginem qual terá sido o gigantismo da cifra “não declarada”... Palpites para 123@espacovital.com.br .

Faltou papel h

Na cidade de Redding, 92 mil habitantes, no Estado da Califórnia (EUA), a prefeitura local se viu enrolada com um problema atípico, nestes dias de coronavírus e de isolamento: o aumento da carga dos esgotos domésticos e até entupimento, causado pelo fluxo de pequenas peças de roupa e até...camisetas.

Solução emergencial: em pontos estratégicos da cidade foram colocados enormes outdoors. A mensagem foi direta: “At your home, just flush toilet paper. Or it will stink!”.

Em tradução literal: “Em sua casa, dê descarga somente a papel higiênico. Ou vai feder”.

Faz sentido e evita cheiro.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Getty Images G

Na Justiça do RS a primeira ação vultosa por morte pelo coronavírus

 

Na Justiça do RS a primeira ação vultosa por morte pelo coronavírus

  Está na 30ª Vara do Trabalho de Porto Alegre a ação do espólio de uma auxiliar de enfermagem do Hospital Conceição. A pedida é de R$ 2,8 milhões.

  Projeto de lei institui pensão complementar aos dependentes de profissionais de saúde que, no exercício de suas atividades, falecerem vítimas do Covid-19.

  “A Estrela Roubada”: o advogado Roberto Siegmann dá os retoques finais no livro que vai esquadrinhar uma milionária operação de marketing envolvendo Corinthians, Rede Globo, CBF e STJD.

  Em tempos de isolamento, o velho e bom quebra-cabeça, os jogos de tabuleiro e as cartas eletrônicas do “Paciência” voltam à moda e batem recordes.

Arte EV sobre foto Visual Hunt

Excentricidades judiciais durante a pandemia

 

Excentricidades judiciais durante a pandemia

• Estresse durante a quarentena: um tapete úmido que se transformou em instrumento de agressão contra uma vizinha.

• Uma ação cível - ajuizada por uma estudante de Direito e com a participação de três advogados - em nome de 23 gatos, contra duas construtoras em Salvador (BA).

• O ataque dos ratos à vizinhança, depois que os felídeos foram levados embora.

• A sentença que extinguiu a ação: “Não se poderá admitir que tais animais ostentem capacidade processual”.

Ramiro Furquim / Visual Hunt / Edição EV / Imagem meramente ilustrativa

Negado habeas corpus para que advogado-surfista tenha passe livre para as ondas

 

Negado habeas corpus para que advogado-surfista tenha passe livre para as ondas

• Praticante de surfboard queria autorização para acesso às águas do mar catarinense entre 5h50 e 9h.

• Celso de Mello volta à atividade jurisdicional do STF. Mas só à distância.

• Negada liberdade provisória para detento condenado a 1.128 anos de prisão. Foram 61 crimes.

• Competência da Justiça do Trabalho para julgar eventual vínculo de ensino à distância.

Arte EV sobre imagem do Google

   Juiz extingue ação ajuizada por advogado para obrigar a Azul a reiniciar operações em Chapecó (SC)

 

Juiz extingue ação ajuizada por advogado para obrigar a Azul a reiniciar operações em Chapecó (SC)

 A empresa cancelou todos os seus voos ali, alegando ser decorrência da pandemia.

 Cuidado com golpes sobre precatórios que o TRT-4 estaria antecipando.

 Vinte dias depois de chegar ao Instagram, Sérgio Moro já tem 1 milhão de seguidores.

• Vem aí, em português, o livro sobre a Grande Gripe.

 Você sabia que o Brasil já teve um Presidente da República eleito que não assumiu (em 1919) porque foi vitimado pela gripe espanhola?

 2020 em casa: aumentam as buscas por chinelos e pijamas.