Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS),sexta-feira, 29 de maio de 2020.
https://espacovital.com.br/images/mab_123_17.jpg

A sátira a um sepultamento: um acontecimento divino, ou profano?



YouTube / reprodução

Imagem da Matéria

O vídeo de um funeral africano inspirou insólita comemoração em um restaurante gaúcho

 Divino ou profano?

O notório restaurante Divino - situado no ponto comercial mais valorizado de Gramado (RS) - foi palco no sábado passado (9) de um acontecimento ímpar e triste. Um bem postado cliente, devidamente combinado com três garçons e com o DJ da casa, adentrou bailando, frenético, entre as mesas, sob o fundo musical de uma alta música eletrônica que lembrava um solene sepultamento. Foi uma adaptação infeliz do vídeo de um funeral africano que virou meme durante a pandemia do coronavírus.

Os serviçais acompanharam o ritmo, empunhando champanhas colocadas em recipientes apropriados para gelar as garrafas.

Alguns outros clientes olharam-se estupefatos. Feições revelaram desconforto. Salvante os festeiros, o mal-estar foi geral. O proprietário da casa ainda não havia chegado e o gerente tinha saído para comprar produtos que estavam em falta...

Entre as centenas de frases que pimpongaram nas redes sociais, o internauta Mauro Borba - que é operador jurídico - alfinetou curto e com propriedade:

“Aconteceu sábado em Gramado, principal cidade turística gaúcha. Entrementes, mais de 10 mil mortes no país por coronavírus. A humanidade realmente não deu certo!”

Em tempo: nesta mesma edição do Espaço Vital, o colega Roberto Siegmann criou uma diferenciada Jus Vermelha Fúnebre. No texto, ele considera “inacreditável uma alienação de tamanha expressão, justamente quando o Brasil atingia a marca de dez mil mortes pela Covid-19”.

Veja as imagens e depois envie sua opinião para 123@espacovital.com.br .

· O vídeo do restaurante de Gramado.

· O vídeo sobre as encenações nos funerais em Gana.

 De olho nos argentários

Fortes petardos - seguramente temidos pelo sistema bancário nacional - estão por sair das gavetas de Davi Alcolumbre.

O Senado pretende votar ainda em maio projetos que miram nos lucros dos bancos.

Um deles proíbe temporariamente a inscrição de inadimplentes na Serasa e no SPC; outro tabelará juros de cartões de crédito e cheque especial. E o terceiro suspenderá temporariamente pagamentos de empréstimos consignados.

  Santos e Rato

Com a pandemia em curva descendente, a notória Andrade Gutierrez assegurou a contratação que a fará responsável pela expansão do metrô de... Lisboa. É que Portugal, que esta semana registrou sua mais baixa taxa de crescimento de casos de Covid-19, vai aos poucos retomando a economia.

O contrato assinado pela empreiteira é de 48,6 milhões de euros para a execução das obras de expansão. Os nomes das estações que serão incrementadas são - vejam só - Santos e Rato.

Mais o percurso entre elas.

 Não cheguem perto!

O Senado abriu licitação e vai contratar uma empresa de segurança para proteger as suas dependências e o entorno dos apartamentos funcionais das excelências políticas. O edital prevê gastos de até R$ 26,3 milhões por ano. Vejam bem: são R$ 71 mil diários.

A empresa vencedora fornecerá 296 homens, que se revezarão durante as 24 horas por dia. Ou seja, até quando os discípulos de Alcolumbre estiverem dormindo, eles estarão vigiados.

Ligue-se! O prezado leitor está ajudando a pagar a conta.

  Dispensa “a pedido”

A advogada Rosangela Moro - esposa do ex-ministro da Justiça foi dispensada, “a pedido”, da função de integrante do Conselho Nacional de Incentivo ao Voluntariado. Ela estava ali na condição de “representante da sociedade civil”, sem qualquer vantagem financeira.

O conselho do programa, instituído em 2019, é presidido por Michelle Bolsonaro.

 Futebol jurídico

Nesta mesma edição do Espaço Vital, interessante artigo do advogado Rafael Silveira Paim, sobre o novo nicho aberto para a advocacia trabalhista e para argentários jogadores de futebol. Já são três os casos de ações de atletas que cobram adicional noturno e acréscimo pelo trabalho futebolístico nos domingos e feriados.

Um novo detalhe: o treinador de goleiros Rogério Augusto Godoy da Silva, que trabalhou muitos anos no Grêmio - sendo demitido em janeiro deste ano - entrou com ação contra o clube tricolor. Entre 16 itens, cobra adicional noturno, adicional de viagens, trabalhos em domingos e feriados.

Trata-se de um “protesto judicial interruptivo da prescrição”, apresentado pela advogada do reclamante face à dificuldade (ante a Covid) de se reunir com o cliente e acessar a documentação funcional.

Em novo lance processual foram apresentados mais documentos pelo ex-profissional do Grêmio, indicando que haverá um pedido de nulidade da demissão e/ou indenização por acidente de trabalho. Foram juntados laudos médicos indicando lesão. A ação está na 15ª Vara do Trabalho de Porto Alegre. (Proc. nº 0020316-55.2020.5.04.0015).


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem SGP - Edição EV

Prestação de contas para fiscalizar os gastos da pensão paga a filho menor

 

Prestação de contas para fiscalizar os gastos da pensão paga a filho menor

•   Divergências entre o pai alimentante (advogado) e a mãe (advogada), em caso gaúcho, recebe mudança na jurisprudência do STJ.

•   O tribunal superior, por maioria (3x2), reforma sentença da comarca de Gramado (RS) e acórdão da 7ª Câmara do TJRS.

•   Prevalência da tese de que o devedor da obrigação tem o direito de acompanhar o dispêndio da pensão de 30 salários mínimos mensais.

Arte ev sobre foto meramente ilustrativa (camera press)

Racismo em escola pública em município gaúcho de 17 mil habitantes

 

Racismo em escola pública em município gaúcho de 17 mil habitantes

•   Fato ocorrido há seis anos (maio de 2014) gerou ação por dano moral ajuizada cinco meses depois. Sentença de improcedência demorou cinco anos. E rápida decisão do TJRS, condenando os pais da adolescente ofensora, foi em abril deste ano.

•   Acórdão deplora a conduta discriminatória no ambiente escolar: “Num país de mestiços, é fato grave, que atinge e envergonha a nossa comunidade”.

•   Casal gaúcho retido desde 6 de abril na Austrália volta ao Brasil 47 dias depois.

•   Indenização moral de R$ 60 mil para Dilma Rousseff: uso desautorizado da imagem da ex-presidente, associando-a à oferta com técnicas para “deixar de ser burro e vencer as dificuldades nos estudos”.

Arte EV sobre

Justiça gaúcha intima ex-deputado Jean Wyllys por edital

 

Justiça gaúcha intima ex-deputado Jean Wyllys por edital

•  Ele é acionado por uma empresa de Porto Alegre (RS) que obteve decisão judicial que obriga o ex-político a publicar retratação.

•  Marco Aurélio decide que ação contra Onyx Lorenzoni deve continuar no TRE-RS.

• Quinze clubes - incluindo a dupla Gre-Nal - realizaram 1.000 testes para saber se atletas e comissões técnicas estão infectados pela Covid-19. Resultado: 76 testes positivos.

• Acordo no dissídio da Casa da Moeda garante: não faltarão cédulas.

Visual Hunt - Imagem meramente ilustrativa

A controvérsia dos anúncios discriminatórios oferecendo emprego e estágio

 

A controvérsia dos anúncios discriminatórios oferecendo emprego e estágio

• Ação que tramitou na Justiça do Trabalho desde fevereiro de 2007 vai agora - 13 anos depois - para uma vara cível.

 Provimento do TST ao recurso da Folha de S. Paulo que tinha sido condenada a pagar R$ 1,5 milhão.

 De quem é a marca iPhone? A briga judicial entre Gradiente e Apple chega ao STF.

Difini: o desembargador gaúcho que alertou sobre o “uso indiscriminado dos depósitos judiciais desde 2005”.

Seat Maestro

Antecipação de tutela obriga Latam a repatriar idosos gaúchos retidos na Austrália

 

Antecipação de tutela obriga Latam a repatriar idosos gaúchos retidos na Austrália

• Claudio e Cleonice Weiand estão confinados em Perth, na Austrália, desde 8 de abril.

 A prevalência de interesses superiores: Rodrigo Maia não fala mais na votação da PEC da prisão em segunda instância.

• STF julga na sexta-feira (15) mandado de segurança envolvendo uma obra de Monteiro Lobato: “Referências ao negro com estereótipos fortemente carregados de elementos racistas”.

• Condenação penal de promotor gaúcho que adquiriu bens de massa falida em ação falimentar em que atuou.

Imagem Visual Hunt - Edição: EV

A crescente lentidão processual, porque só 23% dos processos são eletrônicos

 

A crescente lentidão processual, porque só 23% dos processos são eletrônicos

 Numa corrida entre uma tartaruga, um caramujo e uma lesma - quem chegaria em primeiro e quem seria o último?

 Na jurisdição penal no RS, a prevalência do papel sobre o digital.

 José Sarney sobre Bolsonaro: “Ele deveria entender que o cargo de presidente pressupõe engolir todo dia uma rã pequena e, de vez em quando, um sapo mesmo”.

 O ladrão de celular que pretextou estar apaixonado pela vítima.

•  Cármen Lúcia nega seguimento a HC interposto por advogado em favor de Bolsonaro