Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 10 de julho de 2020.
https://espacovital.com.br/images/romance_forense.jpg

A justificada parcialidade do juiz



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Por Carlos Alberto Bencke, advogado (OAB-RS nº 7.968)

A saudade do futebol ao vivo nestes tempos de pandemia faz com que eu me transponha aos anos 60/70 e recorde do Grêmio Santo-Angelense. O time começava pelo Turco, um enorme goleiro; passava pelos laterais Sabonete e Pedro Carroça e pelos zagueiros "chegadores" Cebola e Papa-Fila.

A propósito, papa-filas era um grande veículo puxado por um cavalo mecânico que servia como eficiente transporte público, na época, em Porto Alegre. Daí o apelido do zagueirão que, na época, iniciava vitoriosa carreira pelo futebol do interior, sempre marcada pelas "chegadas" nos atacantes rivais. Ele era tal qual uma inexpugnável ponte de concreto.

Jogo do Santo-Angelense contra o Nacional de Cruz Alta, para decidir quem disputaria uma vaga no torneio que indicaria o candidato à Primeira Divisão do futebol gaúcho, ao lado da dupla Gre-Nal. Ao Grêmio Santo-Angelense, favorito, bastava o empate. Jogo em casa.

Um a um até quase o finalzinho. Defesa inexpugnável. Turco, Cebola e Papa-Fila, três gigantes no jogo aéreo. Todos comemorando a classificação iminente. Falta na intermediária da defesa do Grêmio. Bola alta na área. Papa-Fila sobe, bola certinha na sua cabeça. Inesperadamente, ele dá um soco na bola.

Pênalti. Goooooool. Fim do sonho de estar na elite do futebol gaúcho.

Terminado o jogo, o goleiro Turco espera Papa-Fila na entrada do vestiário e acerta-lhe um poderoso soco que o leva a nocaute. Vem a turma do "deixa disso" e todos vão para a delegacia. Lavrada a ocorrência, inquérito, denúncia e audiência, no fórum menos de dez dias depois. Tempos de pronta prestação jurisdicional.

O rosto de Papa-Fila ainda exibe os violáceos resultados do soco. O juiz - quase vestindo a camiseta verde e branca do clube interiorano - coloca os dois atletas na sala e dita ao escrivão a sentença absolutória do acusado.

Um trecho: "A indignação pelo ato futebolístico da pretensa vítima, no jogo, atingiu toda cidade. Este magistrado, inclusive, estava lá. O réu foi apenas o portador da revolta geral. E se a vítima permanecer na cidade ninguém poderá garantir-lhe a integridade física. Tenho dito".

A sentença transita em julga. O magistrado aposenta-se uns dez anos depois. E o Papa-Fila foi jogar futebol profissional em outras bandas.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Charge de Gerson Kauer

O dramático depoimento da vítima de estupro

 

O dramático depoimento da vítima de estupro

Na audiência de ação penal em que é buscada a persecução de um homem acusado de estupro, a defesa do réu lança uma indagação desrespeitosa e inoportuna: “Gostaria que fosse perguntado à ofendida se ela sentiu prazer e alcançou o orgasmo no momento do fato”.

Charge de Gerson Kauer

Goles odoríficos, mas encorajadores

 

Goles odoríficos, mas encorajadores

Na manhã fria, o respeitoso cidadão adentra na sala de audiências, para depor como testemunha. O atilado juiz logo percebe o cheiro específico de recente ingestão de cachaça e, com voz firme, questiona: “O senhor ingeriu bebida alcoólica antes de vir aqui?”

Charge de Gerson Kauer

O juiz não internado

 

O juiz não internado

Na sala de audiências, dia canicular - terno e gravata dispensados - o magistrado confere as decisões que o estagiário e o assessor, também ali presentes, haviam minutado. De repente adentra um estagiário de terno slim, jovial, que vai logo destrinchando prolegômenos, vênias e juridiquês,  etc., como se fosse o advogado da causa...

Charge de Gerson Kauer

Corona no coroa

 

Corona no coroa

A odisseia de quatro pessoas em pequena cidade do interior. A quarentena de um médico alcançado pelo coronavírus. E uma troca de casais como solução, depois da descoberta de um quentíssimo adultério. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.

Charge de Gerson Kauer

Saudosas postagens no Instagram

 

Saudosas postagens no Instagram

Depois de um casamento feliz por oito anos, Renato e Renata se desavieram. E se divorciaram consensualmente. Meses depois um litígio judicial, entre ambos, por causa das fotos dela, que ele postava em seu Instagram. 

Charge de Gerson Kauer

Uma correntista linda, simpática, atraente

 

Uma correntista linda, simpática, atraente

Convocada pelo banco para atualizar seus dados cadastrais, a cliente com 26 de idade comparece prestativa. Formulários preenchidos, tudo ok, despedidas, etc. À noite ela recebe um torpedo no celular: “Lembra que te atendi hoje? Eu te achei linda e simpática, e fiquei interessado em ficar contigo. E, quem sabe, pode até rolar um sexo bom... Há possibilidades? Beijo’’.