Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), sexta-feira, 23 de outubro de 2020.
https://espacovital.com.br/images/metaforense_4.jpg

Operação buraco de ozônio



Charge: NaniHumor.com - Edição: Equipe EV

Imagem da Matéria

No momento em que o prefeito de Itajaí (SC) publicou o vídeo que viralizou nas redes sociais, em que conclama os cidadãos daquela cidade a se protegerem da Covid-19 através de dez aplicações de ozônio no ânus, a polícia local encontrava-se reunida.

O competente chefe de polícia local era apaixonado por sua profissão, assim como por romances, séries e filmes sobre investigações, conspirações e crimes brilhantes sendo desvendados, tendo maratonado todas as séries policiais possíveis, nessa quarentena.

Na delegacia, a exibição do vídeo sobre o tratamento anal causou embaraço e muitas risadas. Mas em meio a toda essa comoção, o chefe policial parece preocupado:

- Isso é surreal demais para ser verdade, vocês não percebem? Tem algo por detrás disso e não cheira bem!

O riso de alguns dos presentes faz a autoridade perceber que precisa cuidar com o uso de expressões de duplo sentido. Em consenso, os policiais concluem que alguém deve estar coagindo o prefeito a fazer esse pronunciamento!

O chefe, então, prossegue:

- Todos a postos! Pessoal da equipe técnica, analisem o vídeo de cabo a rabo. Pode ser que haja mensagens em código. Quero que esse assunto seja examinado bem a fundo.

Neste ponto, o policial percebe ser impossível escapar das frases ambíguas.

Logo é criada a Operação Buraco de Ozônio. Cogita-se que inimigos políticos possam ter feito a família do prefeito refém, obrigando-o a fazer esse pronunciamento para enfraquecê-lo politicamente, em ano eleitoral.

Todas as viaturas são mobilizadas e se dirigem à casa da família do político. Equipes de tevê acompanham a operação.

Chegando ao destino, o chefe é o primeiro a desembarcar. Excitado por vivenciar uma estória digna de um seriado policial, ele até esquece de cuidar com a linguagem:

- Senhores agentes, não é hora para dar furo! Esse cerco precisa ser bem apertado! Nada pode entrar ou sair, entendido?

O chefe prossegue, sem nem perceber que todos ali presentes estão se segurando para não rir:

- Quero dois homens para o arrombamento e outros dois na minha cola. Você, penetre por ali e encontre um lugar para se enfiar, não podemos deixar a retaguarda exposta, ou o buraco será mais embaixo!

E, então, todos os policiais, repórteres e até curiosos que assistiam, explodem em uma grande gargalhada. O chefe ainda tentava entender o que acontecia, quando a porta da casa se abre e o prefeito sai, querendo entender o que se passava.

A situação é toda explicada e o prefeito - que falava sério sobre a ozonioterapia - fica indignado. Tanto que providencia junto ao governador para que o chefe de polícia seja removido daquela localidade.

Na delegacia, enquanto arrumava suas coisas para partir, o ex-chefe desabafa:

- O prefeito propõe que todos recebam aplicações de ozônio pelo reto e eu é que sou motivo de chacota? Pois que vão todos tomar... ozônio!...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagens: Freepik - Montagem: Gerson Kauer

O advogado irmão de Steve Jobs

 

O advogado irmão de Steve Jobs

A imaginária presença - na cantina de um fórum brasileiro - de Thomas Jobs, o criador do plano UNIADEVAS, do cartão de pontos LAWYER´S CLUB e dos aplicativos 99 CAUSAS GET LAWYERS. E as tentativas inexitosas de mudar as políticas da OAB, tornando-se presidente nacional da entidade...

Imagem: Freepik - Edição EV

Diário de um home-office

 

Diário de um home-office

O retorno do Judiciário aos trabalhos, o surgimento de uma decisão que precisa ser atacada por recurso. A esposa sai para o trabalho presencial. O pai às voltas com todas as rotinas da casa e com as lives escolares dos dois filhos. A elaboração do recurso vai ficando para depois. Fim de tarde, a esposa chega reclamando: “A casa virou uma bagunça”...

Imagem: Freepik - Edição EV

O fim do velho normal

 

O fim do velho normal

A notícia da reabertura do fórum foi música para os ouvidos do Dr. Platão Socrático. Para o primeiro dia, ele caprichou no visual; embonecou-se todo; perfumou-se, e lá se foi, ávido por encontrar as velhas amizades.

Foto: Dom Total - Arte EV

O Advogado 4.0

 

O Advogado 4.0

Um escritório de advocacia que está entre os mais admirados abre as portas para que estudantes conheçam as rotinas do advogado titular. O primeiro visitante impressiona-se com a decoração do lugar e com a equipe. Tudo lá projeta uma imagem de sucesso.

Imagens: Freepik - Montagem: Gerson Kauer

A máscara do desembargador

 

A máscara do desembargador

Fica uma lição depois da “carteirada” na beira-mar de Santos (SP). O magistrado terá parado para pensar quem o rodeia, ultimamente? Como ele trata familiares e vizinhos? Seus amigos o têm procurado? Talvez o douto já estivesse em isolamento social muito antes da pandemia.