Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira, 20 de outubro de 2020.
https://espacovital.com.br/images/sala_audiencias.jpg

A confissão futebolística que fez cair o céu



Imagens: Freepik - Montagem: Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Um renomado jogador de um grande clube apresentava sérios problemas comportamentais. Estes incomodavam muito mais à sua esposa do que ao clube. Evangélica, ela acreditava que se conseguisse convertê-lo resolveria os problemas conjugais, afastando-o das suas supostas investidas às “outras”.

Em plena crise conjugal e diante da iminente separação, ele atendeu aos apelos da mulher e decidiu tornar-se crente. Nada de mais, pois seria apenas mais um dentre vários outros atletas. Tudo acertado, o casal foi ao encontro do pastor, um homem convincente não só pelas palavras como também pelos ternos bem cortados e pelo cabelo meticulosamente bem aparados e penteados.

Bíblia na mão, o pastor começa a preleção: “Até hoje foram casados, todavia sem a verdadeira benção do Senhor. É hora de recomeçar, de ressuscitar a união como Cristo que renasceu para nos salvar”

Compungidos, atingidos pelas palavras pronunciadas com voz baixa e serenidade, seguiram ouvindo: “Até hoje o casamento de vocês era  edificado na mentira e o primeiro passo para resgatá-lo é professar a verdade. É momento de dizerem um ao outro a verdade, pois apenas ela constrói o verdadeiro amor”.

O pastor coloca as mãos do casal sobre a bíblia  - um belo exemplar de capa preta com as letras gravadas em ouro -  eles entrelaçam os dedos, baixam as cabeças, atendendo a  contrita esposa ao convite para  revelar as mentiras perpetradas ao longo dos anos de casada: “Amor, quando te pedi dinheiro para pagar o dentista,  comprei um  caríssimo par de sapatos; quando dizia que ia à academia, visitava a Joaquina, aquela separada cuja amizade consideravas inadequada; a minha família sempre ligava a cobrar...”

E seguiu revelando um ingênuo rol de pecadilhos.

O marido, envolvido  pela  emocionante  sinceridade e instado pelo comandante da cerimônia, passou a desfiar o rosário: “Querida, a Salete aquela vizinha que detestavas, durante meses foi meu caso; a tua prima de São Paulo quando vinha para a nossa casa era por mim visitada na madrugada; a tua personal, aquela saradona, saia da academia do prédio e me esperava no posto da esquina; a loira, mãe da coleguinha da Lúcia, se hospedava no mesmo hotel da pré-temporada do time...”

Percebendo que a esperançosa esposa, estava empalidecida, sofrendo os efeitos do bombardeio de verdades, o pastor interrompeu: “Basta, já é o suficiente para um reinício verdadeiro e tenhamos fé na intervenção de Jesus.”

Deixando de lado o pastor, a jovem senhora partiu em busca de uma outra intervenção. Aceitou a indicação da Joaquina e procurou o Dr. Laerte que ingressou com o pedido de separação litigiosa.

O pastor, após um providencial sumiço dos cultos, compareceu à  Justiça repetindo tudo o que escutara do renomado craque e de sua, então, esposa.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem Visual Hunt meramente ilustrativa

O juiz chamado à colação

 

O juiz chamado à colação

Na ação de separação conjugal, realiza-se a audiência de tentativa de reconciliação do casal. O juiz pondera acerca da importância da família para a formação dos filhos. Com a face vermelha e trêmula, a mulher não esconde sua inconformidade: “Este homem é um tarado”.

Imagem: Freepik - Edição EV

As divindades

 

As divindades

A fala do psiquiatra: “Aqui comparece um representante da segunda divindade em importância, a dos médicos, perante os representantes da primeira divindade, a dos juízes”.

Imagem: Freepik - Edição EV

O talk show do juiz

 

O talk show do juiz

O magistrado cumpria obstinadamente os horários previstos para as audiências pautadas. Mas gostava de adentrar em intimidades perigosas das partes e dos advogados, promovendo enquetes e até colhendo opiniões sobre adultérios.