Ir para o conteúdo principal

Edição Extra, interrompendo, em 11.1.2020, as férias da Equipe Espaço Vital
https://espacovital.com.br/images/201811081626490.jpg

Um caminho de pedras



Nesta semana, na quinta e sexta-feira (26 e 27) os conselheiros do Internacional definirão os dois candidatos a presidente que, com as respectivas chapas, irão para o pátio. A escolha determinará o quanto teremos que esperar para a retomada das vitórias.

Dois dos quatro candidatos estiveram à frente do que ocorreu nos últimos seis anos. O MIG – Movimento Inter Grande, cujo candidato é Guinther Spode, dirige o clube há 20 anos. Quando havia unidade foi um dos responsáveis por importantes conquistas. Depois, com a desagregação dos seus membros, passou a ser o protagonista de uma decadência assustadora, até chegarmos à triste realidade de hoje.

O Alessandro Barcellos, vice de futebol de 2020, também colocado como alternativa, foi o responsável pela sequência de insucessos em Gre-Nais, por mais uma derrota no Gauchão e pelo desastroso rol de contratações fracassadas. Não bastasse isso, levou para o vestiário a politicagem eleitoreira e esteve administrando a formação de uma dívida de aproximadamente R$ 400 milhões a curto prazo. Ao lado de outros que estavam no Conselho de Gestão do Medeiros, apresenta-se com mago do planejamento. Em síntese, tudo o que fez... planeja não fazer mais.

O Pila, candidato do Povo do Clube, não possui experiência e conhecimento amplo do Internacional.

Eu apoio o Aquino, conselheiro há quase 30 anos e que esteve presente em todos os episódios importantes da história recente do clube. Possui qualidades inegáveis, mas a sua força é o resultado do seu coloradismo obsessivamente intransigente e da sua experiência administrativa, pois não é pouco presidir o Tribunal de Justiça do RS e ter assumido interinamente o Governo do Estado.

Com o Aquino, tenho a certeza que - longe de uma aventura - nós, colorados, estaremos pavimentando o caminho do resgate de nossa história vitoriosa.

É preciso dar o primeiro passo para que, depois, um após o outro possamos soterrar esses momentos que nos envergonham.

Tenho a certeza que feita a escolha pelo Conselho Deliberativo, com a escolha do Aquino como um dos que serão submetidos ao voto dos associados, chegaremos lá. No futuro de glórias!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem: YouTube

É hoje o dia!

 

É hoje o dia!

“Mais uma aventura nos levará a uma realidade ainda mais amarga, equiparando-nos com aqueles que patinam em seus próprios problemas”.

Edição EV sobre foto Camera Press

Um mar de lama

 

Um mar de lama

“A incipiente participação - menos de seis anos - de alguns candidatos na vida colorada permite prever que, dependendo do resultado da eleição, será iniciada uma aventura devastadora para o futuro do Inter.

Montagem EV sobre foto SCI (Divulgação)

Adiós, Coudet!

 

Adiós, Coudet!

“Ele conviveu com dirigentes de futebol fracos. O último acumulou derrotas em Gre-Nais sempre com a cabeça fixada em seu projeto pessoal de presidir o clube, mesmo sem contar com o apoio do presidente. Parece que o maior carrasco do Inter, no momento é o próprio Internacional”.

Foto: TJRS (E); Divulgação: Palácio Piratini (D)

A bola de toga

 

A bola de toga

“Os desembargadores Guinther Spode (E) e José Aquino (D) poderão ser os dois candidatos à presidência do Inter que serão submetidos aos votos dos associados. Para presidir um clube de futebol, com orçamento milionário, é preciso ser clara a atividade profissional do principal mandatário e dos seus pares”.